Incesto real (Segunda Parte)

Autor

Este conto é um acontecimento verdadeiro,e que continua até hoje.Para entender leia primeira parte(Incesto Real Primeira Parte).
Depois daquele dia de nossa primeira experiência nudista e incestuosa com meu Tio Romildo,eu e Laura,repensamos nosso relacionamento e como ficaria daqui por diante.Resolvemos assumir meu Tio como um novo membro em nosso casamento.Era um mês de outubro,quando ia ter um feriadão e recebemos um telefonema dele nos informando que viria nos ver ,mas viria com minha tia que queria fazer umas compras aqui em nossa cidade.
Era uma sexta-feira,quando eles chegaram,minha tia toda animada,gostou de Laura,fomos formais diante dela.Logo Laura saiu com minha tia para as compras e meu tio falou que queria falar comigo.Neste dia não ficamos nus pelo fato de minha tia estar na cidade.Ele foi direto ao assunto,ia instalar uma filial da concessionária aqui na minha cidade e queria que eu gerenciasse e tomasse conta dos negócios,e queria ter um lugar especial em nossa vida,minha e de Laura,porque desde o dia que a fodeu não conseguia esquecer da gente,de nossa vida liberal e queria participar dessa experiência de forma plena.Falou que ia alugar uma casa maior com um pouco de luxo para nós,que eu procurasse um imóvel com piscina,muros altos e em condomínio fechado,o resto ele providenciaria;falou que pensou em me colocar uma filial da concessionária aqui para ter um motivo de vir nos ver e foder Laura sempre.Neste final de semana,nada aconteceu em termos de sexo porque minha tia estava presente,só meu tio Romildo não aguentou rever Laura,e enquanto minha tia tirava um cochilo na sala,fomos pra cozinha e,enquanto eu vigiava,ele agarrou Laura e ficaram se beijando,ele ainda chupos os seios dela,meteu a mão dentro da calcinha dela,viu que estav molhada e passou os dedos na minha boca e disse baixo:”Ela está molhada….”Vocês são meus a partir de hoje”…Agora vamos embora,vou acordar sua tia.Deram mais um beijo apaixonado e partiram,nos deixando a sós.Contei tudo à Laura sobre os planos dele e ela concordou…Ficamos ansiosos.
Passamos quase dois meses sem ver meu tio Romildo,Laura queria saber o tempo todo.Ele só falava que estava resolvendo tudo.Encontrei a casa num condomínio fechado com tudo bem montado,enviei fotos e ele gostou mandando eu providenciar o aluguel.Tudo certo e nos mudamos pra nova casa com muito luxo.Na inauguração,mais uma vez minha tia veio e não teve nada entre nosso novo membro,mas ele mandou minha tia de volta e ficou alegando ter que me orientar na concessionária.Minha tia partiu no mesmo dia da inauguração e meu tio se instalou em nossa,ou seja,sua nova casa.Depois da inauguração e deixarmos minha tia no aeroporto,partimos pra nossa casa.Quando entramos na sala,já fomos tirando nossas roupas,tio Romildo já agarrou Laura e a beijou com muita vontade,ela veio e me deu um beijo na minha boca e senti o gosto da saliva de meu tio ainda em sua boca,nus partimos para a piscina enquanto Laura pegava uns petiscos e cervejas para nós.Bebemos,e tomamos muito banho de piscina,mas ele não parava de beijar e lamber o corpo de Laura e ela se entregava às carícias do meu tio,eu me excitava e estava de pau duro o tempo inteiro.Fui pegar mais cervejas no freezer e quando voltei,Laura estava deitada na cadeira da piscina e meu tio chupava a buceta dela com tanta vontade que fazia barulho e Laura soltava gemidos e tremia,me aproximei e a beijei,e ela pediu a ele que a penetrasse logo,pois queria sentir ele dentro,olhou pra mim e disse que me amava,e que também estava amando meu tio.E deixou a buceta dela molhada,posicionou o pau na entrada e foi metendo e ela gemia,ele se aproximou e da boca dela e a beijava enquanto metia,ele dizia que Laura era dele,que não a deixaria mais e aquilo não me deixava com ciúmes,mas sim com tesão;ver Laura feliz com outro me dava tesão,e meu tio Romildo a estava amando como ela merecia,ele a fodia às vezes lentamente,e outras vezes forte mas não parava de beijá-la e isso me deixava louco de tesão,depois ele a sentou sobre seu caralho e deixou pra mim exposta a buceta dela e seu grelo totalmente duro e comecei a chupar sua buceta com o pau dele dentro dela e senti o gosto dos líquidos dos dois e o cheiro me deixava louco e por um momento,o pau dele escapou da buceta dela e parei e Laura me pediu pra eu colocar o pau dele de volta na buceta dela e fiz isso com receio,mas ela fechou os olhos e fiz,vi que o pau dele estava molhado da buceta dela e foi fácil colocá-lo de volta e Laura voltou a gemer dizendo que ia gozar e molhou mais ainda o pau dele;ele também avisou que ia gozar e quando ela forçou mais sentando no pau dele fundo,ele urrou de gozo e encheu minha esposa de esperma,que escorreu da buceta dela indo parar sobre as coxas cheias de pelos dele,ficaram parados esperando passar o transe do gozo e fiquei vendo aquele esperma escorrer…Laura se levantou do pau dele e foi ao banheiro,meu tio ficou deitado na cadeira e o pau pingando amolecendo e eu disse: “Tio,Laura não está tomando anticocepcional e estamos gozando dentro dela,temos que ver isso” Ele:”Não se preocupe,tenho planos…” e foi se juntar à Laura no banho.Ela estava na banheira e ele sentou junto com ela,fiquei no chuveiro vendo os dois,ele a beijou de novo e perguntou se ela estava se prevenindo tomando comprimido,ela falou que sempre esquecia e ele disse para ela não tomar,que era para nós dois gozarmos juntos dentro dela.Ao ouvir aquilo,me excitei e ele saiu da banheira e mandou eu a foder,me aproximei dela e a beijei e fui penetrando naquela buceta que eu tanto conhecia e meti muito até gozar e Laura não parava de gemer…tirei meu pau melado e ela ficou descansando na banheira e fui me encontrar com meu tio Romildo na sala,pelado vendo TV e com uma cerveja na mão.Mandou eu sentar e falou:” A partir de hoje somos 3 e casados e tudo o que acontece aqui dentro ficará entre nós 3,vamos ser uma família e breve resolverei com sua tia;a deixarei bem de vida,não temos filhos;penso em me mudar pra cá…”Neste dia,dormimos os três juntos na mesma cama…meu tio retornaria à sua cidade pela manhã nos deixando com saudade e Laura já sentindo falta.Na despedida,se beijaram na minha frente,ele a colocou no sofá e de calças,abriu a braguilha,tirou o pau já duro,afastou a calcinha dela e a penetrou,meteu forte,apressado e dizendo que a amava,gozou melando a buceta dela toda e quando ele foi ao banheiro se limpar,Laura me pediu para limpá-la e a lambi toda e senti,mais uma vez o gosto do esperma do meu tio,que quando olhei estava encostado na porta vendo eu saciado e falou: “Vamos me deixar no aeroporto,pois já estou com saudade de vocês”. Continua…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,73 de 11 votos)
Loading...