Incesto Real (Primeira Parte)

23-06-18 Por 7 ★ 4.41

…Antes de iniciar nossa realidade como casal,informo que tudo o que escrevo aqui é real;nomes,idades,são reais.só não informei aqui o nome do nosso Estado por pedidos de todas as partes que não divulgasse.Me chamo Walter,38 anos,pequeno comerciante na área de material de construções,10 anos de casado com Laura,35 anos,e tivemos uma filha que hoje está com 11 anos(Júlia).Temos uma família numerosa e moram em vários lugares do Nordeste;no nosso casamento,não vieram todos e alguns nunca mais vimos;quase sempre nunca temos contato pois cada um tem sua família pra cuidar.Vamos à nossa experiência que continua até hoje.
Há uns 3 anos vendi um carro a um conhecido meu do interior de um lugar do Nordeste,e ele me liga pedindo que fosse até o lugar que ele morava para assinar uns papéis pois tinha dado problemas no Detran.Saí do meu Estado cedo,fui até ele,resolvemos tudo da documentação e era umas 16 horas de uma segunda-feira,quando pensei em retornar.Umas 17:30 me deu fome e parei num posto de combustível,que tinha uma churrascaria e um pequeno hotel ao lado.Entrei,pedi uma carne e uma cerveja;de repente,entra um senhor de bigode,óculos de grau,meio-careca,um pouco forte com barriga e sentou na mesa em frente a minha.Não sei porquê mas achava que conhecia aquele homem não lembrava de onde,foi quando ele olhou pra mim,se levantou da mesa e perguntou: “Você se chama Wálter?”Respondi que sim e ele me fala que eu não estava lembrando dele,e que ele era Romildo,marido de uma tia minha,foi quando falei que estava lembrando e o convidei pra minha mesa.Conversamos sobre tudo,negócios,meu casamento que ele não foi,em fim,estávamos em família.Perguntei da família dele e me falou estar tudo bem.Ele estava bem vida,dono de uma concessionária de caminhões e estava ali voltando de uma assistência que foi dar a um amigo quanto ao seguro de um dos caminhões que vendeu a esse amigo.Ele me falou que ia pernoitar no hotel vizinho ao posto e me perguntou se eu ia seguir viagem,respondi que sim;ele achou um tanto perigoso e me convenceu a pernoitar também.
Na portaria do hotel,o recepcionista nos informa que só tem um quarto com duas camas e um banheiro.Resolvemos aceitar.Quando entramos no quarto,ele ligou pro recepcionista e pede 6 latinhas de cervejas e uns salgadinhos.Ele me pede que receba as cervas e salgadinhos,e diz que vai tomar um banho e vai se despindo,fica totalmente pelado(e vejo que ter pau grande é de família),pega uma toalha e entra no chuveiro.Recebo as cervas e salgados e depois vou tirando a roupa,e coloco uma toalha na cintura,nesse momento ele sai do banheiro se enxugando e entro pra meu banho.Quando retorno ao quarto,ele tá na cama dele só de cueca .tomando uma cerva.Por respeito,começo a chamá-lo de Tio Romildo e digo que preciso dizer algo,e falo que eu e minha esposa somos nudistas e que,em casa,sempre ficamos pelados e nunca dormimos de roupas;ele acha normal e me mandou ficar a vontade.Nossa família (todos os homens)são bem dotados(19cm) e pernas e bundas grandes,por isso nunca tive problemas em ficar pelado em qualquer lugar.Conversamos sobre tudo,até que me questionou sobre filhos e porque não tínhamos,falei que não tinha chegado a hora,e que não tínhamos problemas de saúde.Ele falou: “Na hora certa Deus manda”.Concordei.Dormimos e acordamos umas 5 da manhã.Trocamos whatssap e falei que ele tinha que conhecer minha casa e minha esposa e rever a família.Ele falou que não ia faltar oportunidade.Parti pra um lado e ele pro outro.
Chegando em casa falei pra Laura,mas ela não se importou mesmo porque não o conhecia por ele não ter ido a nosso casamento.Disse a ela que não se importasse,que eu tinha dito a ele de nossa cultura de viver pelado em casa e que ele não se importava.Dois dias depois,recebo um chamado no zap dele,ele abriu a câmera e me mostrou minha tia,apresentei Laura a eles só o rosto,quando minha tias saiu ele me perguntou se poderia tirar uma curiosidade,se nós estávamos pelados.Respondi afirmativamente ele falou que não saberia se comportar num ambiente assim.Respondi que ele só saberia se tentasse.Nisso ele chama minha tia e a convido pra virem nos ver e ela diz que não gosta de viajar mesmo de carro,que se ele quisesse poderia ir só.Ele foi direto e marcou que no final de semana próximo estaria em nossa casa.Demos o “ok” e desligamos.Laura ficou apreensiva por não conhecê-lo,mas concordou.Compramos bebidas,muita comida e arrumamos um quarto de hóspede para ele.
A semana passou correndo e Laura estava ansiosa pois nunca recebemos visitas sem ser nudistas e muito menos da família,ou alguém saber que somos nudistas.Quando meu tio Romildo chegou na cidade me ligou e o orientei até nosso apto.Quando ele chegou,Laura não estava na sala e sim na cozinha,depois entrou na sala(estava com um robby transparente com um laço na frente,fiz as apresentações e meu tio foi muito educado e não ficou vidrado na minha esposa apesar de Laura ter 1,65m,56kg,cabelos lisos,seios pequenos,coxas roliças e uma bela bunda.Eu estava de cueca e ele não questionou isso também.Ele se mostrou cansado da viagem e ofereci um banho,que aceitou imediatamente.Foi para o quarto de hóspedes e depois do banho me chamou no quarto e perguntou como deveria se apresentar na sala diante de Laura,falei que ficasse como ele achasse melhor;ele optou por apenas uma toalha na cintura e veio pra sala.Ele pediu pra ver fotos de nosso casamento e elogiou a beleza de Laura no vestido de noiva e falou que só faltava um filho para completar a beleza do casal.Depois foi até o quarto e voltou com um cheque com um valor alto dizendo ser nosso presente de casamento dele e de minha tia;Laura ficou contente e eu também.Ficamos na sala e sugeri vermos um DVD de campos naturistas.Durante o documentário,silêncio total na sala,até que Laura falou que estava vendo muita gente pelada e estava incomodada com aquele robby transparente.Falei pra ela ficar a vontade pois tio Romildo já sabia de nossa condição de nudistas.Foi só dizer isto para minha esposa tirar o robby e se mostrar totalmente pelada diante do meu tio.Notei que ficou admirado com o corpo bem torneado de Laura mas sem ficar tarando.Quando Laura foi até a cozinha,ele me confidenciou que estava constrangido por que sendo homem poderia ter uma ereção dentro da toalha,mandei ele se tranquilizar.Quando Laura voltou,nos perguntou porque não estávamos a vontade também,e tirei minha cueca;e falei pra ela que meu tio estava com receio de ter ereção;ela falou que era normal e que depois ele acostuma.E meu tio Romildo tirou a toalha,mostrando um corpo de um homem maduro,com uma barriga de chopp,peludo,poucos pentelhos no púbis e um pênis mole que deveria ter uns 16cm e grosso caindo sobre um saco de bolas grandes e peludas.Ele estava tão tenso,que a ereção dele ficou apenas meia bomba;Laura não se importou e ficamos falando amenidades da família.Coloquei um Dvd de naturismo num campo naturista para família e ele se impressionou com a naturalidade das pessoas e logo ficou mais relaxado e vi que seu pênis tinha voltado ao normal,ou seja,16cm mole.Laura já se encontrava um pouco alta e alegre e falou que ia tomar uma ducha e nos deixou a sós.Meu tio elogiou a beleza de Laura e diz que estava sendo difícil ver minha mulher nua e não ter uma reação,pois era um Homem muito viril e louco por mulher,ele falou.Fui direto e disse a ele,que somos naturistas e nudistas,mas nunca tentamos uma relação aberta,mas se ele quisesse tentar com Laura tinha meu apoio e consentimento.Ele tinha receio que ela o recusasse e falei que não custava nada tentar e sugeri que a chamasse pra dançar de rosto colado.Ele agradeceu e sorriu.Neste momento,Laura entra na sala,cabelos molhados e cheirosa,pede mais um copo de cerveja e começa a dançar sozinha no meio da sala,olho pro meu tio e pisco pra ele mandando ele se aproximar dela;ele vai até o meio da sala e começa a dançar meio sem jeito e abraça;Laura olha pra mim e faço sinal de “ok” pra ela.Ela a abraça da maneira que os seios dela se encostam aos dele e ficam juntos assim dançando sem sair do lugar,e me vejo sentindo meu pau acordar.Estava excitado ao ver minha esposa nos braços de outro homem e um homem sedento por ela.De repente,ele pára de dançar e diz: “ Infelizmente não dá mais pra aguentar,Walter,sou um Homem maduro e aceito a vida de nudistas de vocês mas como sou iniciante preciso matar esse tesão….vou ao banheiro” Fui direto e falei:” Fique a vontade,Tio,Laura aceitou nosso contato.Ele já de pau duro,se encostou em Laura,tirou o copo da mão dela e alisou o seio direito dela a fazendo suspirar,depois o outro… e os beijou; encontrou a boca dela e deu um beijo forte e demorado e vi minha esposa se entregando aos carinhos daquele homem maduro e louco por ela;depois a pegou nos braços e a deitou no sofá e a chupou toda e quando viu a buceta dela toda raspadinha ,caiu de boca e a fez ter um orgasmo que ele lambeu todo o líquido dela e a beijou de novo;naquele momento senti que Laura estava entregue aquele macho;ele não pediu que ela o chupasse,pois estava querendo logo a buceta dela e foi assim que fez,vi seu pau maior e mais grosso(devia estar com uns 18cm,grosso) e sem preservativo;voltou a chupar a buceta dela,a deixou molhada e a penetrou e quando Laura sentiu que estava tocando em seu útero,gemeu e o beijou apaixonadamente;meu tio Romildo bombava na buceta da minha esposa parecendo que queria ficar ali pra sempre e Laura correspondia a seus desejos de macho sedento;ele dizia que ela era gostosa,linda e que queria ela pra ele,que eu ia ter ele como macho dela e não parava de meter na buceta dela até que avisou que ia gozar e disse vou gozarrrr,vou gozzarr dentro…. e gozou dentro da buceta de minha esposa a deixando saciada;quando ele saiu de dentro dela,ficou ao lado dela e ainda ficaram se beijando,me aproximei e vi quanto esperma tava saindo da buceta dela,escorria pelas coxas dela,tive vontade de chupar e cai de língua naquela buceta cheia do esperma de meu tio.Depois a beijei e a penetrei com ele olhando ao lado,meti,a beijei com o gosto da porra dele e gozei dentro também.Acabamos essa parte na sala e fomos pra o chuveiro os três.No banheiro,durante o banho,iniciamos um sexo a 3,ela nos chupou,a chupamos juntos,cada um chupou um seio dela,ele a fez gozar com os dedos,ela quase desfalece.Depois,questionou se praticávamos sexo anal,falei que Laura nunca pediu e nem eu nunca tentei,ele perguntou se ela aceitaria ele tentar comer o cú dela;ela falou que deixaria mas se doesse ele tinha que tirar e não tentar mais;ele concordou,peguei um gel e ele passou no cú dela;ela de frente pra mim,me beijando e ele atrás;ele fez uma pressão para penetrar e ela me abraçou forte gemendo,ele parou e ela mandou continuar…ela disse entrou tudo,ele começou devagar um vai e vem com ela me beijando e gemendo gostoso,depois disse que queria comer o cú dela de frente,a pegou nos braços e deitou no balcão da pia,e colocou de novo no cú de Laura já lasceado,ele queria ver o rosto dela com ele dentro do seu cú,ele a beijou forte e vi que aquele macho tinha se apaixonado por minha esposa.Depois,sem gozar no cú dela,tirou,se lavou e colocou na buceta dela dizendo que ia gozar e gozou de novo dentro da buceta dela e nessa hora quando ela sentiu seu esperma quente invadindo seu útero,teve um orgasmo intenso;me aproximei e a beijei.Depois disso,fomos pra sala,bebemos mais e fomos os 3 pra cama;tio Romildo dormiu abraçado a Laura;no meio da noite acordei e não os vi na sala e escutei um barulho vindo do banheiro e quando me aproximei da porta,os vi se beijando e ele dentro dela acusando que tava gozando e encheu de novo com seu esperma grosso e quente.Já era quase 5 da manhã e meu tio Romildo falou que teria que retornar pois tinha umas coisas pra resolver na concessionária mas que daria notícias e que,a partir de agora,ele seria nosso companheiro permanente e que nada ia nos faltar.Continua….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,41 de 29 votos)

Por

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Aa

    E cade sua filha

  2. Tony Bahia

    Maravilha de conto. Já tentei de tudo para minha mulher foder com outro na minha frente, mas ela não aceita. Eu queria assistir, ajudar e depois limpar a bucetinha dela cheinha de porra. [email protected]

  3. Tiozao

    Muito bom mesmo,tesão de conto, tbm sou naturista e nudista.

  4. Pachecao

    Que Delícia…

  5. Pachecao

    de conto não demore à continuação pois está muito excitante e eu estou de Pau hiper duro vou tocar uma Gostosa Punheta pensando nesta Excitante Putaria e me imaginando estar fudendo com vocês treis…

    • Anônimo

      https://www.contoerotico.com/carloscosta

  6. Anônimo

    Tem mais algum conto entre familia?