Eu grávida deu para o filho da vizinha

Autor

No outro dia depois do incesto que eu tive com meu filho eu imaginei que o clima entre eu e meu filho estaria diferente mas não estava, eu e meu filho ficarmos mas íntimos, comecei a andar pelada em casa agora e ele também, e ficarmos íntimos falando dos nossos relacionamentos e beija a boca dele, fiquei animada pois nada tinha mudado, eu não parava de pensar e falei pra ele:
– filho quero transar de novo.
Meu filho ficou supreso e disse:
– mãe agora não, a senhora sabe que tenho que sair pois tenho um trabalho a fazer, pode ser a noite?
Fiquei triste pois eu queria mas uma vez pois tinha gostado da experiência mas aceitei pois ele é o rapaz muito responsável, então meu filho se arrumou, tomou seu café e saiu e eu fiquei sozinha em casa.
Horas se passaram e eu estava fazendo meu trabalho leve e ouvir a campainha toca fui até a porta e era o Marcelo.
DESCRIÇÃO DO MARCELO:
Marcelo tem 15 anos, ele é moreninho dos olhos castanhos, usar óculos e tem um tipo ned de ser, adora computador, estatura mediana, magro, ele é o filho mas novo da minha vizinha a Marli.

Marcelo veio e disse:
– a minha mãe falou se a senhora não precisa de ajudar.
Eu e Marli temos uma relação bem legal me dou super bem com ela é com todos na vizinhança, então eu aceitei a ajudar dele, perdi para ele entra e pedir para ele varre a minha garagem e ele o fez, enquanto isso fui ate o quintal e gritei em direção a casa da marli:
-Marli obrigado por mandar o Marcelo para mim ajudar.
Ela do outro lado do murro grita:
– de nada, ele adora ajudar e tenho certeza que ela vai te ajudar vizinha.
– vou Te recompensa marli.
– não precisa amiga, sei como é esta grávida.
Nós duas começarmos a ri e entrei para dentro de casa ( olhar gente por isso que é bom ser educada com as pessoas e ajudar sempre, pois você nunca se sabe quando você vai precisa de alguém, é como tem um ditado UMA MÃO LAVAR A OUTRA).
Eu fiquei fazendo o serviço mas leve, horas foram passando e a hora do almoço chegou servir o almoço para o Marcelo e ficarmos conversando percebe que Marcelo estava tímido, conversa vai e conversa vem e Marcelo dormiu um pouco no sofá coitado foi tanto esforço que ele acabou dormindo, fui até a cozinha e deixei que o Marcelo descanse-se um pouco e lavei a louça, e nisso fiquei imaginando a transar que tive com meu filho que foi maravilhoso nunca imaginei que o verdadeiro homem que ia sastifazer toda a minha necessidade seria o meu próprio filho, o homenzinho que eu gerei, nesse momento sentir uma vontade louca de transar mas meu filho não estava, terminei de lavar a louça e fui para a sala e vir o Marcelo dormindo com o sono profundo, daí veio pensamentos maliciosos que pairou na minha mente de eu transar com o Marcelo, fiquei inquieta naquele momento brigando comigo mesma dizendo que não estava certa, que aquilo seria errado, mas o tesão falou mas alto e decidi que tinha que sastifazer a minha necessidade então vamos la pois sei que com o Marcelo tudo ficará entre nós.
Tirei meu vestido longo ficando toda nua, e fui em direção ao Marcelo, comecei a chega bem perto e chamei ele com uma voz sexy:
– Marcelo acorda e olha pra mim.
Quando ele acordou e vou que eu estava toda nua mostrando a minha buceta pra ele, a reação dele foi de espanto, olhos arregalados não acreditando no que via, então eu perguntei:
– e ai como eu estou?
Marcelo com uma voz trêmula respondeu:
– mas porquê a senhora ta nua?
-estou assim para que você mim veja de como eu estou garoto.
Dei uma voltinha para mostra a minha bunda e a reação do Marcelo foi de espanto, então perguei na mão dele e coloquei bem na minha buceta, vir que ele estava usando frio então pra acalma disse para ele:
– relaxa garoto, meu marido não vai sabe e nem o meu filho e eu garanto que sua mãe também não.
Eu sentei no sofá e perdi para que ele chupa-se a minha buceta, nessa o Marcelo fez uma revelação.
– eu ainda sou virgem dona Juliana.
Galera a minha reação sabe como foi, é de felicidade pois nunca tinha tirado uma virgindade antes, então para aquele garoto eu serei uma referência dele para sempre ( meu filho não era virgem pois mim contou que ele perdeu com uma amiguinha na escola, a minha reação foi de raiva mas já passou), por isso que Marcelo estava frio e suando, mas uma vez acalmei ele para que tudo saia do jeito que eu quero.
– calma Marcelo vou instruir você em tudo.
Puxei a mão dele e direcionei para o chão, e falei para ele chupa a minha buceta enfiando a boca nela, Marcelo o fez e falei para lamber ele todinho e assim o fez, comecei a gemer eu estava delirando com a boquinha dele e perdi para ele tira a bermunda e a cueca então ele começou a tira tudo deixando a amostra a rola dele, eu não estava gostando pois via que ela não tinha muita experiência então partimos para o finalmente, ordenei que ele senta-se e comecei a chupa a rola dele, ouvi gemidos e eu comecei a fazer movimentos rápidos mas decidi para pois ele poderia goza, então perdi a ajudar dele para mim levanta, virei de costas, coloquei a rola dele no meu cu aaahhh como eu geme, e ela gemia bastante com a rola dele preenchendo o meu cu, olhei pra trás e perguntei a ele:
– e ai Marcelo o que ta achando?
Com uma voz trêmula misturada de tesão ele responde:
– maravilhosa dona Juliana.
E comecei a pular bem devagarinho, Marcelo gemia gostoso e sentia meu cu sendo alargada mas é mas com aquela rola gostosa, ele colocava a mão na minha bunda e segurava meus peitos, e eu pulando no ritmo da gravida, sentir respiração ofegante vindo do Marcelo, então peguei na mão dele e coloquei na minha buceta e comecei a ensina ele a fazer movimentos no meu grelo, meus caros leitores tarados eu comecei a geme e grita de tesão, até que no momento Marcelo gozou dentro do meu cu que deu um grito tão gostoso que até eu cair por cima dele, e perguntei a ele:
– e ai garoto gostou do meu cu?
– dona Juliana eu adorei, nunca imaginei que eu iria perde a minha virgindade com a senhora.
– quando você vier pra ca mim ajudar, terá mais so que eu quero que você mim primeira uma coisa.
Então Marcelo ja sabendo do que eu iria falar ele já respondeu logo:
– não se preocupa dona Juliana, eu não contarei pra ninguém, pois agora a senhora faz parte da minha vida.
Nossa aquilo me arrepiou toda, o moleque é muito inteligente mesmo, e nisso perdi para que ele mim ajuda-se a mim levanta e assim o fez, e fui em direção ao banheiro, depois disso Marcelo ainda faz um trabalho pra mim mas sempre me olhando, terminando o trabalho ele agradeceu a foi embora jurando que voltaria amanha para mim ajudar.
A noite caiu e meu filho estava preste pra volta então mim preparei para ele, mas está conto contarei depois pois não quero que ficar grande e chato….

Até mas…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,86 de 21 votos)
Loading...