Comendo a gordinha

Autor

Há uns 2 meses atrás minha prima estava com a moto dela estragada e o namorado dela estava viajando, então ela pediu pra que eu levasse ela até a faculdade. Eu aceitei levar ela, já que nós sempre fomos meio próximos e eu já estava tentando algo com ela há algum tempo e teria a chance de comer ela depois da aula.
Na ida pra escola eu fui passando a mão nela o caminho todo e ela não mandou eu parar. Quando chegamos na escola eu pedi se depois nós iríamos pra minha casa ou pra dela. Ela disse:
– Vou deixar você escolher.
Pronto, tava no papo. Não estava aguentando esperar ela me me ligar pra buscar ela e fui o mais rápido possível quando ela disse que estava saindo. Quando cheguei na faculdade dela, ela estava com uma amiga que me comprimentou com um sorrisinho de safada e minha prima pede se eu poderia levar ela pra casa, já que ela morava perto do meu apartamento.
Raquel era uma bela gordinha, bem do tipo que chama a atenção. Era loira, olhos verdes, um rosto bonito e parecia ser muito safada. Eu aceitei meio a contra gosto pra agradar minha prima.
Levei primeiro minha prima pra casa. Eu estava planejando levar a amiga, Raquel, pra casa dela e depois voltar pra comer a minha prima. Mas a noite me reservava uma surpresa. Quando cheguei na frente do prédio de Raquel, ela me convidou pra entrar pra beber uma cerveja ou outra coisa. Eu tentei desconversar dizendo que não queria incomodar, mas ela insistiu. Vi que ela estava querendo algo a mais do que só beber e resolvi subir.
Sentamos no sofá e bebemos umas 2 cervejas e trocamos alguns beijos. Logo ela levantou e achei que iria comer ela alí mesmo. Mas ela diz:
– Espera um pouco, eu vou tomar banho e já volto.
O que eu podia fazer era esperar e logo que ela terminou o banho, correu pro quarto só de toalha e enquanto eu ficava olhando sem reação ela abre a toalha e me chama pro quarto. Fui sem nem pensar e fui logo chupando aqueles peitões. Ela gemia e pedia mais, então mandei ela deitar na cama e abrir as pernas. Me ajoelhei e comecei a chupar ela. Não aguentei muito e logo comecei a comer ela de frango assado mesmo. Fiquei naquela posição por uns cinco minutos e logo estava gozando. Quando ela percebeu que eu estava acelerando as estocadas, ela pede pra eu gozar na boca dela. Não neguei fogo e fiz o que ela pediu.
Tirei a camisinha bem a tempo de soltar um jato farto na boca dela. Os segundo e terceiro jatos foram mais ralos, mas ela não desperdiçou e engoliu tudo.
Sentei na cama e fiquei acariciando os peito dela enquanto ela me masturbava devagar. Logo eu já estava pronto pra outra e ela começou a me chupar. Deitei na cama e ela põe a camisinha e começa a me cavalgar. Ela tinha experiência em ficar por cima, por que mesmo sendo mais pesada que eu, eu quase nem sentia o peso dela.
Ficamos naquela posição por alguns minutos e ela logo cansou. Mandei ela ficar de quatro e ela obedeceu sem demora. Comi ela por mais alguns minutos e comecei a dedar o cu dela. Ela disse que não estava pra anal aquele dia, mas quem sabe na próxima. Não insisti e continuei comendo ela até que não consegui segura mais e gozei na bunda dela.
Logo que eu acabei comecei a me vestir. Ela pede meu número, eu passo e ela diz que vai me chamar pra "beber alguma coisa" novamente. Saio de lá e vou pra casa relaxado e feliz pois ainda tinha aquela bunda pra comer. Sem contar a minha prima que não ia me escapar.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,25 de 20 votos)
Loading...