Transando com o irmão mais novo do marido

Autor

Olá leitores, meu nome é Cleusa tenho 22 anos 1,50m 49k olhos e cabelos pretos pele pouco morena seios pequenos para médios e bunda grande me casei recentemente com meu marido mas como nossa casa ainda está em construção ficamos na casa dos pais dele, onde tbm mora meu cunhadinho Alexandre de 16 anos de belos olhos claros pele branca, um pouco franzino mas lindo e gostoso rsrsrs. Percebi com o passar do tempo que meu cunhado sempre me olhava com desejo e tinha tesão nisso, sempre curti uma aventura e sabia que uma hora íamos para a cama, um certo dia estávamos só eu e o Alexandre em casa pela parte da manhã e eu estava no quarto que era meu e do Alex, meu marido, estava só de camisola quando de repente meu cunhado abre a porta e entra completamente nu e de pau duro e ele trancou a porta e falou:
Alexandre: “ hj vou foder vc cunhadinha to cheio de tesão em vc, vou fazer vc gozar demais”
Fiquei um pouco assustada, pois não esperava isso dele mas no fundo com tesão pela ousadia do garoto rsrsrs, é claro me fiz um pouco de difícil com ele já me agarrando
Cleusa: “ Não Alexandre, não podemos fazer isso”. Falei com ele já mordendo meu pescoço e pegando na minha bunda , não resistindo passei a mão em sua rola dura que delicia rs e nisso ele me deu um beijo bem safado e gostoso e aproveitei e me encaixei no seu corpo como sou baixinha ajuda rsrs, ele foi tirando minha camisola e tbm meu sutiã, foi descendo pelo meu pescoço e foi chupando meus seios.
Cleusa: “Isso cunhadinho, chupa os seios da tua cunhada puta, chupa safado gostoso, tesão”.
Ele me deitou na cama do seu irmão e foi tirando a minha calcinha com a boca, que safado rsrs, ai aproveitou e foi mordendo minhas coxas e as virilhas até chegar na buceta.
Cleusa: “Aaaaahhhh, aaaahhhh cunhadinho, chupa minha buceta chupa tarado isso aaahhhh, aaaahhhhh tesão.
Alexandre: “ Que buceta gostosa de se chupar cunhadinha, sempre via vc pelada no banho pela fechadura do banheiro e tbm sendo fodida pelo meu irmão”.
Cleusa: “ Que delicia cunhadinho, aproveita sua cunhada puta que tá louca pra dar pra vc gostoso safadinho”.
Ele chupava minha buceta como homem experiente e eu claro aproveitava e esfregava ela na cara dele rsrs, nisso foi a minha vez de eu me deliciar com o cunhadinho fiquei em cima dele beijei muito a boca dele e fui mordendo sua orelha falando putaria no ouvido dele.
Cleusa:” Aaaahhhh, aaaahhhh cunhadinho tesudo vc me deixa louca minha buceta tá pingando de tesão, fode sua cunhada vadia que vai fazer o marido de corno, me xinga safado, vai”.
Alexandre: “ Aaaahhhh cunhada puta, vou rasgar sua buceta cadela deliciosa, me acabava na punheta te desejando vadia”.
Cleusa: “ Vai fazer seu irmão de corno na cama dele, vai taradinho?”.
Alexandre: “ Vou sua piranha aaaaahhhh”.
Ai fui descendo pelo seu corpo, mordendo seu pescoço deixando ele cada vez mais tarado com ele gemendo de tesão tbm mordiquei seu mamilos e beijando seu abdômen ate chegar na rola deliciosa dele bem gostosa e dura, comecei a chupar fazendo vai e vem e olhando com cara de puta pra ele, sorrindo pra meu cunhado safado com ele me chamando de todos os xingamentos e tocando uma na minha buceta.
Cleusa: “Aaaahhhh que rola gostosa Xandy mais gostosa que a do seu irmão, gostoso tarado”. Ele aproveitava e fazia vai e vem na minha boca, eu tava muito tarada nele e tbm aproveitei e suguei o saco dele.
Cleusa: “ Aaaahhh que saco cunhadinho, delicia”. Fazia isso dando umas mordidas de leve nele rsrs.
Já queria sentir o pau dele na minha xana quando ele fala
Alexandre: “ Vou foder vc sem camisinha cunhadinha puta, quero sentir a sua buceta úmida e seu gozo no meu pau minha cachorra”.
Cleusa: “ Delicia, to louca pra sentir a pele da tua pica seu safado que foder assim no pêlo”
Encaixei a rola na minha buceta e foi fodendo ela bem forte e rápido do jeito que eu gosto, ele dava tapas na minha bunda e eu aproveitava e beijava sua boca e falava no ouvido dele.
Cleusa:” Vai cunhadinho, me fode na cama do seu irmão faz ele de corno, enquanto ele tá trabalhando a puta da esposa dele tá fodendo com o irmão mais novo dele, tesão do caralho aaaaahhhh”.
Cleusa:” To amando vc me fodendo sem camisinha tarado, sexo sem camisinha é bom demais(Falei isso cantando no ouvido dele umas 5x) e dando risada e fazendo cara de biscate aaaahhhh”.
Alexandre: “ Vem cá minha cadela vou foder vc de quatro agora sua vagabunda”.
Fiquei de quatro pra ele e foi metendo o pau na minha buceta devagar pra eu sentir centímetro por centímetro ele me penetrando até começar a me foder bem rápido e forte minha xana e aproveitava para puxar meus cabelos e dar tapas na minha bunda.
Alexandre: “ Aaaahhhh que buceta gostosa cunhadinha, meu irmão se casou com uma puta bem deliciosa, sempre desejei vc cunhadinha batia punheta vendo vcs fodendo e imaginando eu no lugar do meu irmão e agora estou aqui na cama dele comendo a esposa vagabunda dele”
Cleusa: “Aaaaaahhhh, aaaaahhhh gostoso fode sua cachorra, fode tesão, come sua cunhada puta vc tá realizando seu sonho agora vc vai me comer todos os dias tarado delicioso”.
Alexandre: “ Vou comer seu cu putinha, fica de ladinho pra eu te comer”
Antes dele me foder chupei muito o pau dele, babando e cuspindo naquela pica gostosa dele, até ele introduzir o membro no meu rabo, bem devagar entrando todo ele, deixando um pouco até acostumar com ele dentro e aos poucos ele foi acelerando e foi me fodendo bem forte e rápido me rasgando toda
Cleusa: “ Aaaaahhhh, aaaaahhhhh, fode tarado, come meu cu porra, me rasga toda filha da puta, aaaahhhhh, aaaahhhhh”.
Alexandre: “ Isso putinha, geme na rola do seu cunhado sua piranha, que rabo gostoso vc tem biscate”.
Enquanto ele me comia eu tocava uma na minha buceta, acelerei e comecei a ter orgasmos que tesão puta que pariu rsrs.
Cleusa: “Aaaaahhhh, aaaahhhh eu vou gozar porra, aaaahhhh, caralho to gozando aaaahhhh, aaaahhhh, aaaaaaahhhhh”.
Gozei de forma bem deliciosa, foi com toda certeza uma das melhores gozadas da minha vida rsrs minha buceta ficou encharcada de tanto que gozei nisso meu cunhado tirou o pau do meu cu e falou que ia gozar.
Cleusa: “Vem cunhadinho, vem goza na boca da tua puta, vem safado”.
Enquanto batia uma eu chupava o saco dele para o gozo dele chegar
Alexandre:” Vou gozar na tua boca cunhadinha piranha aaaaahhhh, aaaaahhhh,aaaahhhh”.
Ele encheu minha boca com seu leite gostoso, deu pelo menos umas 4 gozadas na minha boca rsrs e como ele é novinho além do intenso volume o pau dele não baixou pelo contrário parecia quere mais, depois nos abraçamos e trocamos caricias ali na cama mesmo jurando ser amantes para sempre, ai fomos na cozinha nus e tomamos uma cerveja com o safado dando umas derramadas no meu corpo para ele se deliciar, que tesão rsrs.
Após isso fomos tomar um banho, nos beijamos loucamente debaixo do chuveiro ele aproveitava mordia meu pescoço e falava o quanto eu era gostosa e deliciosa e eu passava a mão pelo seu corpo adolescente e tbm dava uns tapas na bunda dele
Alexandre:” Vou foder vc mais cunhadinha, to louco de tesão por vc safada, tesuda”.
Falou isso me encaixando em seu corpo me carregando e me jogando na parede do banheiro o safado me beijva e alisava com um dos dedos minha buceta bem devagar eu tava ficando louca rsrs, nisso cai de boca na rola dele chupando e olhando pra ele com cara de safada, alisando meus cabelos. Nos enxugamos e continuei a chupar o pau dele só que agora no quarto do meu cunhado, ai ele ficou em cima de mim e foi metendo sua buceta devagar e depois acelerando fazendo um papai e mamãe bem delicioso, beijando minha boca. Mordendo meu pescoço e orelhas e tbm meus seios, rolavamos loucamente na cama dele, fodemos sentados em cima da cama nossos corpos suavam de tanto tesão, sentia o êxtase e o cheiro de sexo no ar, estava sentido que íamos gozar ao mesmo tempo, rebolei o máximo que podia na rola dele comecei a ter um orgasmo alucinante, nunca senti algo assim estava delirando na rola do cunhadinho.
Cleusa: “ Goza cunhadinho, goza que eu tbm vou gozar aaaahhhh, aaaahhh,aaaaaahhhhh caralho”.
Alexandre: “ Vou encher sua buceta com minha porra cunhadinha safada”.
Cleusa: “ Aaaaaahhhhhhh,aaaaahhhhh,aaaaaahhhhhh”.
Alexandre:“ Aaaaaahhhhhhh,aaaaahhhhh,aaaaaahhhhhh”.
Gozamos loucamente ele encheu minha buceta deu umas 4 ou 5 jorradas dentro, eu tive um orgasmo tão louco que escorreu pela virilha dele e foi até o lençol manchando ele rsrs tremia com o orgasmor que acabei de ter, deitamos na cama com a respiração bem ofegante completamente suados nos beijamos e trocamos caricias até nos recuperarmos tomamos banho novamente e juramos ser discretos para não sermos descobertos, mas isso não acaba aqui isso foi apenas no começo, até o próximo conto bjos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 15 votos)
Loading...