Se não sabe cuidar da tua mulher eu sei

Autor

A verdade é que a mulher se casa pra ser amada pelo marido, bem cuidada, acarinhada, enfim, a mulher tem que se sentir satisfeita, isso é fato. porem devido a falta de entendimento de muitos maridos, que não se importam se a mulher esta realmente satisfeita vem resultando num grande índice de traições femininas, e na realidade a culpa na maior parte é do próprio marido, eu como que obriguei um corno a falar admitir isso. o Luiz era casado com uma mulher linda, chamada Bruna, morena clara, cabelos lisos cumpridos, olhos negros, corpo de violão, muito gostosa mesmo, uma mulher que chamava a tenção por onde ia, além do mais uma mãe fantástica, ela tinha 40 anos, 1 filho de 20 anos chamado Marcos, que era amigo meu, 1 filha de 17 anos, gata, e 1 casal de gêmeos de 15 anos, eu estava com 32 anos, Bruna amiga minha mãe sempre ia la em casa conversar com minha mãe, ela sempre lamentava o fato do marido ser grotesco, trabalhar muito e ganhar pouco, o cara era pedreiro, mas burro, fazia serviços de graça, as pessoas o enrolavam devido ele ser sossegado demais, embora grotesco em relação o tratamento que deveria dar a mulher, a devida importância, enfim a satisfação que a mulher necessita, eles passavam necessidades, mas minha mãe sempre a ajudava, chamava ela pra fazer faxina em casa e pagava pra ela, dava roupas, alimentos, e assim as 2 eram muito amigas, eu trabalhava numa grande empresa e consegui emprego pro filho dela, e pros outros comsegui coloca-los de jovem aprendiz, e as coisas começaram a melhorar, mas o marido dela começou a beber não bebia muito, mas já era um burro, e com umas na cabeça ficava mais burro ainda, a filha dela tinha ficado maior e eu consegui que efetivassem ela, mas certa vez eu ouvi Bruna conversando com minha mãe, que tinha vontade de deixar o marido e arrumar um homem de verdade apenas pra sexo, pois tinha até nojo de dormir com o marido, já fazia anos que ela dormia num colchão separado dele, eu logo pensei poxa uma mulher gostosa precisando de rola. a não tenho que fazer alguma coisa, mas como chegar nela? eu passei a trabalhar no período da tarde, e nas manhas sempre ficava tentando conseguir oportunidades, já que na casa dela não havia ninguém, os filhos trabalhando, o marido também, ou bebendo. então era a chance, minha mãe era professora, eu de costume acordava cedo, e ficava tentando ver a hora que ela saísse pra eu ir atraz e jogar o laço, algumas vezes ela saiu eu a acompanhei fingindo que estava saindo também, conversávamos, mas somente assuntos nada ver, mas certa vez de carro eu sai e a encontrei no mercado, ela estava pegando algumas coisas, quando eu a vi fui cumprimenta-la, ela falou, Preciso fazer uma compra completa, mas não tenho dinheiro pra pagar a perua pra levar minhas compras, por isso só vou levar algumas coisas. Mas eu falei, Eu levo, estou de carro, Ela falou. Mas eu não vou te atrapalhar? Eu resolvi arriscar uma investida, dizendo, Que nada, mulher bonita não atrapalha só ajuda. Falei e fiquei meio receoso da reação, mas ela riu e disse. Imagina eu bonita, vc deve estar me gozando. Eu disse. Não falo serio, vc chama a atenção onde vai, com todo respeito mas é linda sim. Ela bem vermelha falou. Mas sério não atrapalho mesmo? Eu falei, Claro que não. Ela começou a pegar as coisas colocar no carrinho e depois passou no caixa, eu a ajudei a levar as coisas pro carro, ela estava com uma saia até os joelhos, quando ela entrou no carro, um cara ficou de olho nela, eu falei. Olha la, o cara de olho em vc. Ela falou. A ele deve estar é de olho em vc. Eu falei. Sai fora, éca. meu negocio é mulher de preferencia linda feito vc. Ela falou. Lembre-se que sou casada. Eu falei. Sim sei disso mas teu marido deveria realmente ser um marido te tratar como uma leide, te fazer feliz, Ela falou. Como sabe se ele não me faz feliz? Eu falei, Ah já ouvi vc se queixando pra minha mãe varias vezes. e fico revoltado com isso, o cara tem uma gata e trata como um rato, não para. Ela falou. É não me acho essa gata que vc diz, mas mereço ou acho que mereço um tratamento melhor, mas meu casamento já era a muito tempo, mas to sossegada, Eu falei, Não acredito que esteja pois seu semblante esta triste, vc esta sempre com uma tristeza como que estampada nesse rosto lindo. Ela riu e disse. Vc esta me deixando incabulado, já te conheço a tempo e vc nunca disse isso, agora vem falando assim parece que esta, sei la, deixa quieto. Eu falei. Bom na realidade sempre pensei em dizer, mas devido a falta de tempo, eu só trabalhando, e estudando, mulher pra mim eu só tinha as da escola, e do trabalho isso pra sataisfaçaõ eventual, e bem rápido, mas agora que terminei a facul comecei a ver que vc é uma gata e merece levar uma vida melhor o que deveria se com o pai de seus filhos, mas o cara é um burro. Ela falou. Isso vc tem razão, todos enrolam ele, e agora tomando umas mesmo sendo pouco, mas devido ser um fraco. um copo já faz uma grande efeito nele. Ai chegamos a casa dela, eu a ajudei a colocar as compras dentro da casa, as vezes ela abaixava e eu ficava doido pra pegar, mas me contive, ai depois que terminamos eu falei. Pronto, o que mais um cara pode querer de uma mulher assim, se fosse eu queria estar com ela todo tempo fazendo todas as vontades dela, E ela falou algo que eu nem esperava, por ela ser de respeito, e achava que ela ficaria inibida, mas ela disse. Bom cuidado com o que diz, depois não va dizer que estou abusando, mas vc mesmo esta se colocando em minhas mãos. Eu bringuei e disse. Bom esse dominado pode ajudar em algo mais, mas deixa-la feliz. Ela riu muito e disse, Olha que pode sim viu, Eu falei. É só dizer. Ela me pediu um tempo pra colocar as ideias no lugar e disse que depois conversaríamos num momento mais propicio, eu sai dizendo. Ok seu pedido é uma ordem. Ela pediu perdao me agradeceu e deixou claro que só precisava analizar bem o que ia fazer. eu já cheguei em casa com a expectativa, no dia seguinte eu sai ao quintal onde só havia um muro que dividia nossas casas, ela veio e disse. Bom eu penso nos meus filhos, sabe, se não fosse eles, eu já teria dado um pe no cú desse filha de uma puta, mas meus filhos gostam dele, e ele afinal não é uma pessoa ruim só é trouxa. Eu falei. Sim te entendo, mas desculpa por ontem. Ela falou. Que desculpa, sei que vc só esta querendo sexo. eu também. sem compromisso. e vc me fez me sentir sabe. gostosa, não sei se sou. mas uma rapaz feito vc não falaria isso se eu não fosse pelo menos como se diz comestível kkkk. Eu falei já de forma bem escancarada. Bom preciso comer pra sentir mesmo, por fora já vejo que a mercadoria é de marca boa, mas preciso mesmo consumir. Ela riu muito. e nos beijamos ela no terreno dela e eu no meu, o muro no meio, mas eu desci a mão e levei na bunda dela, ai ela falou, Vc vem aki, se meu marido chegar vai pensar dormir, pra depois fazer algo, se eu for ai pode tua mãe chegar e me matar de bater, o que fazemos. eu falei. Aki minha mãe esta numa excursão com os alunos só volta tarde, eu a ajudei a pular o muro que era baixo, e já entramos em casa no pegando, eu já passando a mão na bunda dela, ela falou nunca me senti assim tão puta, mas estou gostando, só me preocupa pensar no vai dar, Eu falei. Estamos nessa, calma. fazendo do jeito certo ninguém ficara sabendo. E já a levei pro quarto fomos nos beijando, já deitamos na cama eu comecei a tirar a roupa dela, a tirar a minha e já fui empurrando na buceta dela, e beijando ela falova. Ah precisava me sentir mulher de novo, e a medida que a respiração ia aumentando eu ia aumentando as bombadas, seguindo o ritimo dela, e gozamos juntos, muito bom, ficamos exaustos, mas nos recompomos e voltamos a nos beijar, ai depois ela ficou de costa pra mim eu encaixado na bunda dela, ela dizendo imagina uma mãe fazendo putaria. ai ficamos falando da juventude dela, o pq ela se casou. enfim esss coisas, ai depois trepamos de novo e gozamos bem gostoso. daquele dia em diante transavamos quase todos os dias, foram cerca de 6 meses, até nos fins de semana ela inventava algumas coisa e dávamos uma rapidinha que fosse, ela me chupava tao gostoso que me deixou viciado, as vezes só nos víamos pra ela me chupar e eu gozar na boca dela, mas o marido dela já bebia pouco e foi diminuindo cada vez mais, mas ficando cada vez mais também relaxado, chegava não tomava banho deitava numa rede na varanda e la ficava a noite toda, e quando resolvia entrar em casa Bruna não deixava, comolou uma cama pra ele num quartinho de ferramentas dele, e ele passou a dormir la, a roupa dele quem passou a lavar foi a mãe dele, e eu muitas vezes dormia no quarto de Bruna, tomávamos cuidado pra ninguém não nos ouvirem, foram varias e varias noites, já tinha passado 2 anos que Bruna tinha colocado a cama dele no quartinho de ferramenta dele, e nós sempre transando escondidos, mas um certo dia os filhos dela foram trabalhar, o marido dela também, eu estava de férias, já tinha dormido com ela 20 dias consecutivos, mas naquele dia eu não tinha dormido com ela, e cheguei la depois que todos tinham saído, mas começou a chover, nem nos preocupamos, o marido dela já estava bem melhor, trabalhando de pedreiro numa construtora, já com certa responsa, meio mongo, mas estava bem melhor, mas nesse dia estávamos transando bem gostoso, quando o marido dela entra no quarto. ele falou. O que é isso? Bruna falou. Luiz é o que vc esta vendo, estamos transando. É ela falou na cara de pau mesmo. Luiz até esbravejou. Mas Bruna falou. Estou a anos sem marido e vc quer o que? Eu estava me vestindo e falei. É isso mesmo Luiz, se vc não cuida da sua mulher, outro cuida, pois eu sei cuidar bem de uma mulher. Na realidade embora ele fosse uma pessoa boa eu nunca fui com a cara dele. mas tive coragem e falei mesmo. e eu e Bruna crescemos em cima do cara. que falou. É eu não soube mesmo. vcs tem razão. só não deixem meus filhos verem isso, Ai deu até dó do cara., e ele depois ainda complementou dizendo. Bruna eu posso não ter sido um bom marido, nem um bom exemplo, pros meus filhos, mas jamais transaria com uma mulher assim em nossa casa correndo do risco de nossos filhos verem isso. pelo menos esse exemplo ruim eu nunca dei. O cara saiu e fez que nada houve, e ficou até chato eu e Bruna ficar transando ali, mas 2 semanas depois ele foi morar com a mãe dele, se separaram de vez, disse pros filhos que já não eram marido e mulher a muito tempo, depois falou pra mim e pra Bruna, fiquem juntos, se casem se quiserem, ou fiquem do jeito que estão, mas pelo menos na casa dos seus filhos, tenta evitar se é que posso pedir isso. Ela prometeu, e hj continuamos transando em minha casa, em motéis, o ex marido dela agora vive com a mãe dele, e ela não quer casar. nem eu, vivemos assim sem compromisso. mas transando todos os dias, os filhos dela mesmo depois de 4 anos não sabem. nem pretendemos que saibam. é isso. espero que gostem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 4 votos)
Loading...