Sarrada gostosa no colégio

Autor

Tenho 14 anos eu era bv, mó cabaço uma vez eu fui lá na turma do terceiro ano na sala do meu parsa o Paulão as mina de lá era tudo gostosona tipo sabe alta, peituda, bunduda e cachorra e eu nunca peguei nem as mina magrela da minha idade era hora do recreio e os caras tavam brincando de pique-trepa com elas era tipo assim elas ficava no fundão da sala e os cara na porta a mina que passar pela porta fica livre e as que ficar dentro os cara agarra. mas não valia elas gritar nem a gente bater nelas. tava o Tiago bombado o Paulão e o Sergim tbm tava umas 5 safadas com eles aí o Paulão perguntou se eu queria entrar na brincadeira eu doido pra sair da seca topei na hora. A amanda corria muito ela passou por mim nem encostei ela saiu se safou. Porra! a Paloma era a mais cavalona passou que quase me derruba as outras três deram um olé em nóis correram pra porta uma pro lado duas pro outro e escaparam a Letícia a panicat do grupo tá ligado gostosona loirinha branquinha tava usando uma roupa de ginástica toda preta rabuda piranha ficou na porta zuando dizendo que nóis perdeu e que ia ficar tudo na seca aí a Paloma empurrou a vagabunda pra dentro hehehe e nóis pegamo ela agora nóis ia brincar gostoso com ela os cara já foram segurando levando ela pro fundão lá fora as outra mandava eu chupar ela os cara deixaram eu ser o primeiro a me esfregar na safada. eu tava vermelho já fui dando uma apalpada na bunda dela era bem durinha meu pau já tava se animando. apertei os peitão durinho dela apertava gostoso caia de boca subia a blusa dela, peguei uma cadeira e subi pra ficar na mesma altura aproveitei pra perder o bv beijei que me sujei minha cara toda com o batom os cara não deixava ela se soltar então fui de boca no pacotão dela era do tamanho da minha testa cheiroso passei a mão no bucetão da vadia nunca nem tinha visto agora tava pegando numa era bem macio paguei um djeizinho até ela fazer cara de tarada abrindo a boca tipo atriz pornô quando fode fiquei taradão. tá gostando né cachorra já que eu tava lá aproveitei dei uma puxadinha na calça dela dei uma conferida ela tava de calcinha branca deu pra ver até a dividida que delícia mano queria puxar a calcinha mas aí já era demais fui pra de trás dela e abracei por trás os cara ainda deitaram ela por cima da cadeira pra ela ficar empinadinha pra mim. fiquei tacando meu pau na bunda como se eu tivesse transando eu esfregava dava uma sensação muito melhor que bater punheta vendo pornô parecia que eu tava fazendo sexo mesmo ela disse que se eu melasse ela ia me cobrir de tapa eu nem liguei num parei tava excitado pra caralho dei uma gozada sinistra que escorreu pela perna por pouco num sujou a bunda da vadia. a sirene tocou acabou a brincadeira corri pro banheiro minha cueca tava toda melada de porra e tinha pingado na calça eu nunca tinha gozado daquele jeito na vida fiquei até cansado fiquei lá cabulando até a aula acabar e ainda bati uma bronha pensando naquela vagabunda. No outro dia eu tava de só de boa andando pelo corredor distraído esbarrei de cara nos peitão duma garota alta olhei de cima abaixo era gostosona ela tava parada com a mão na cintura e já foi me botando contra a parede com os peitão bem na minha cara dessa vez não tinha os cara pra me ajudar. era Letícia achei que ela ia me da uns cascudo por causa da putaria de ontem mas o papo foi outro. ela pôs a mão nos meu peito disse que sabia que eu era virgem, bv e que eu tinha gozado só de encostar numa bunda aí eu perguntei como é que ela sabia então ela me falou que era engraçado a cara que eu fazia quando eu tava sarrando gostoso eu fazia umas careta uns bicão a vadia ria disse que eu tava todo coelhão foi a primeira vez que ela fez alguem gozar sem precisar fuder e que ficou curiosa de satisfazer um moleque virgem tarado. Ela falou aquilo e eu já tava ficando de pau duro. Letícia perguntou se eu aguentava mesmo fazer o serviço completo sem ninguem pegando ninguem a força e eu disse que claro então fui com ela até o segundo andar cabular aula de novo a gente entrou no banheiro foi pro box ela começou tirando a blusa foi tirando a calça ficou só de calcinha e sutiã dessa vez era preto fiquei olhando como ela toda delícia aí ela perguntou aguenta mesmo? E mandou eu tirar a roupa fiquei só de cueca. ela começou a esfregar a mão no meu pau batendo mó punhetão por cima da cueca tava durasso eu tava me contorcendo todo e ela falando viu como é bom ta gostando? já vai gozar né coelhão e aquela voz de piranha me deixava louco mas tava tranquilo ela se abaixou um pouco beijou minha boca que a língua enrolava tirei o sutiã dela tinha o bico era rosadinho ela riu e falou que sabia meu ponto fraco e se virou começou a esfregar a bunda no meu pau tipo como se tivesse dançando funk bem rápido dessa vez eu tava sendo sarrado não ia aguentar quase gozei aí ela parou e disse que eu ia fazer gozar ia ser agora tirou meu pau pra fora disse que era até grandinho pra idade fez meu pau sumir na boca dela me chupou sem dó parecia um aspirador a pressão que ela fazia eu não aguentava mais a gozada saiu como um mangueira de porra deu até na parede. Ela disse que delícia bem quentinho ainda aguenta? eu recuperei o fôlego e disse que sim. agora era minha vez tirei a calcinha dela e vi aquilo era lindo a buceta dela carnuda depiladinha rosinha melhor que vê em pornô já fui logo chupando foi melhor que da outra vez que tava por cima da calcinha eu tava chupando melzinho dela dei uma lambida no grelo continuei chupando até que ela começou a dar uma gemedeira que eu fui bem fundo até uma gozada deliciosa. sabe chupar sabe mais o que? ela falou abri as pernas dela enfiei meu pau tava gostoso eu e ela dava altos gozadas até não aguentar mais chamava ela de cachorra de vadia ela me olhava com mó cara de puta mordia os lábios ela era muito mais safada do que eu pensava quando acabou eu quase que nem fico de pé levei mó surra de buceta sexo de verdade te deixa cansadão. Letícia falou que pra um virjão até que eu fodia gostoso a gente se vestiu e a gente ficou lá esperando a aula acabar ela toda cheia de porra e eu cheio de chá de buceta. a leticia foi embora pra outro estado da até vontade de bater uma quando eu lembro dela.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,93 de 15 votos)
Loading...