Minha mulher acabou se encantando com o seu encarregado

Bem pessoal o que vou comentar aconteceu uns anos atrás, foi a primeira vez que acabei sendo corno, minha mulher trabalha numa fabrica , onde a varias mulher, e tendo como encarregado o Valdomiro, um negro, de uns 45 anos, bem aparentado, cheiroso, sabe como é onde a muitas mulheres a fofoca, saiu comentários que uma das mulheres tinha saído com o Valdomiro e que não aguentou a rola dele, e assim ele tinha a fama de pegador, e de arrombador, diziam que ele adorava arrombar um cu.

Um dia em casa na cama transando minha mulher comentou sobre o Valdomiro, me contou que ele adora um cu, que tem uma rola enorme, eu fiquei ate um pouco constrangido pois a minha rola e pequena tem 16 cm, minha mulher dizia que o Valdomiro tem uma rola de 24 cm, eu perguntei tu já viu, ela me respondeu claro que não né amor, sou casada, eu respondi tem tantas casadas dando por ai, ela me respondeu porque tu gostaria que eu desse, eu brincando respondi também tu não aguentaria uma rola deste tamanho, ela retrucou você e quem pensa, eu perguntei tu teria coragem, ela disse se você deixasse quem sabe, eu disse ate deixaria mais queria ver de perto, ela respondeu assim na primeira vez não, mais se você deixar, e eu conseguir sair com ele eu prometo que trago ele aqui para a gente foder na sua frente, me deu um tesão que eu acabei concordando.

Passaram se alguns dias eu perguntei e ai o Valdomiro, ela disse esta quasse, preciso fazer a coisa direita, para eu não ficar falada na firma, passou alguns dias, ela me chega em casa fora do horário, eu já pensei deve ser hoje, ela chegou eu disse e ai, ela respondeu amor a coisa e feia mesmo, no carro não deu, alem de grande a rola dele e muito grossa, consegui aguentar um pouco acho que uma metade, ele gozou, dentro do carro e incomodo, eu acabei tirando a roupa dela e cai de boca na boceta dela, ela dizia espera a amor vou tomar um banho, deve estar cheia de porra, eu não quis saber chupei tudo, sentindo aquele cheiro de porra, ela começou a gozar e dizia isso corno chupa toda a porra do negrão chupa, eu gozei também.

No dia seguinte ela saindo para o serviço disse amor vou chegar mais tarde hoje, eu perguntei porque, ela respondeu hoje eu vou me arrombar todinha, vou a um motel, mais trago a boceta cheia ´para você chupar.

A noite realmente ela chegou mais tarde, reclamando eu disse a ai, ela respondeu estou toda arrombada ele me fodeu de jeito, parece um cavalo, me resgou todinha, foi tirando a roupa e deitando na cama, nossa ele fez realmente um rombo, o cu dela estava deflorado, vermelhão, escorria porra de todos os lados, ela disse ele gozou umas três vezes ai dentro, tem bastante porra ai, eu chupei tudo, gozei gostoso.

Na sexta feira seguinte o Valdomiro veio em casa gente eu fiquei abestado realmente a rola dele parecia mesmo de um cavalo, não sei como ela conseguia aguentar tudo,Valdomiro dizia isso que e uma puta maravilhosa aguenta minha rola todinha, depois foi a vez dele colocar no cu dela, caralho, só ficou o saco de fora eu gozei só vendo aquilo tudo saindo e entrando no cu dela,, ela gritava, isso arromba mesmo me rasga todinha, para este corno ver, metendo no cu dela ele demorou para caralho para gozar, deixou ela toda deflorada, ele foi embora e nos continuamos só que minha piro guinha pequena só fazia cosquinha, eu acabei gozando na boca dela, e assim Valdomiro passou ser amante dela pelo menos duas vezes por semana ele aparecia em casa, ela viciou em rola grande.

Um dia em conversa com o porteiro do meu prédio ele disse que havia um segurança da noite que era um cavalo, diziam que ele tem uma rola enorme, muito grossa, eu planejei um jeito dela foder com ele, ele entrava no serviço a meia noite, na Sexta feira convidei minha mulher para sair beber alguma coisa, ela e fraga na bebida, deixei ela meio bêbada, ela estava com um vestidinho soltinho, já era uma hora da manha, o prédio que eu moro só tem velhos, dormem cedo, a caminho de casa comecei a passar a mão na boceta dela deixei ela louquinha tirei o vestido dela, e a calcinha deixei ela pelada dentro do carro,vim atiçando ela quando cheguei no prédio, normalmente estes seguranças sempre vem no carro para ver se esta tudo bem, estava um silencio só, na garagem, ele apareceu, eu disse a minha mulher dizem que este segurança e um cavalo, tem uma rola enorme, ela pelada eu disse coloca o vestido, ela me respondeu você não tirou agora eu vou assim, e saiu cambaleando, o segurança ali do lado, eu disse ajuda ela ela esta de fogo,. ele pegou ela no colo, e subiu eu fui logo atrás, quando ele colocou ela no sofá, ela meteu a mão na rola dele que já estava dura, ele tirou para fora ela começou a chupar, eu peguei lubrificante e falei para ele fode o cu dela, ele me respondeu ela não vai aguentar meu pau e muito grosso, ela ficou de quatro, eu disse tenta, ele então passou o lubrificante e começou tentando, quando ele empurrou nossa ela gritou, ele disse quer que eu tire, ela respondeu não mete tudo ele socou tudo, ficou bombando forte ate encher o cu dela de porra, ela desmaiou, ele se lavou eu disse olha sem comentários, ele disse posso vir outro dia, eu disse pode mais vem cedo para foder mais, e assim o fez, hoje ela mete com os dois, maravilhoso, uma delicia.

Espero que tenham gostado, hoje ela e uma puta e eu corno mesmo,

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,64 de 11 votos)
Loading...