Minha Esposinha Aurora: O assalto

Autor

Ola pessoal! Estou eu aqui mais vez para les trazer mais um acontecimento entre minha esposinha Aurora e eu, e bom, este ocorrido aconteceu a mais ou menos 15 dias após o acontecimento do ultimo texto.

E como é de costume, eu aconselho a voces lerem os 6 primeiros ocorridos, assim voces ficam mais entrosados com a história e não ficam perdidos.

Bom, vamos la! Á algumas semanas atrás, Aurora tinha saído para fazer suas unhas, e eu estava em casa sozinho, como é de costume, quando fico sozinho em casa eu costumo a assistir filme pornó, sempre tive essa mania. Eu estava la, tranquilo navegando em alguns sites pornográficos quando me deparei com um filme feito com a atriz Vivian Mello, no filme ela(Vivian Mello) é fodida por um bandido na frente de seu marido que estava amarrado, no título do video o filme se chamava ”O Assalto da putaria”.

Só em imaginar aquilo meu sangue já subiu pela cabeça e comecei a imaginar se fosse com minha esposinha Aurora e eu. Alguns dias depois estava conversando com Bruno e comentei com ele sobre o assunto, ele entendeu o que eu queria fazer, e estava disposto a me ajudar, porem, Aurora jã o conhecia, inclusive foi com ele que rolou nossas primeiras fantasias. Então, pedi para que Bruno arranjasse algum amigo/conhecido para fazer o serviço, claro, pedi para que ele arranjasse um cara que não conhecesse Aurora e eu e que fosse bastante discreto.

Passei as cordenadas para Bruno de como queria que fosse o rapaz, não demorou muito para Bruno achar já que ele tem bastante amigos/colegas/conhecidos. Marquei em um bar para encontrar o rapaz, confesso que eu estava um pouco envergonhado, mas assim que conheci ele, já fiquei mais a vontade e troquei ideia com ele de boa, ele é um cara bem agradavaél, entendeu perfeitamente o que eu queria e estava disposto a fazer, prometi a ele também uma grana para que ele pudesse curtir o final de semana, e como ele estava desempregado, aceitou tudo de boa, também pedi para que ele assim que terminasse o serviço que nunca mais voltasse a me ver, ou ver minha esposinha ou a passar na frente de nossa casa, caso eu precisasse dele eu o procuraria novamente.

Bom, chegado o tão sonhado dia, no final da tarde eu sai com Aurora pra irmos jantar fora, durante o jantar fiz com que ela bebesse algumas taças de vinho. Para quem ae me acompanha a algum tempo, sabe que minha esposinha fica toda oferecida quando toma uns copos. Essa ”jogada” pra irmos jantar fora foi apenas um pretexto para que o rapaz pudesse nus esperar em nossa casa, eu tinha dado uma copia das chaves para Bruno, assim eles poderiam entrar enquanto Aurora e eu estavamos fora. Bruno não iria participar, na verdade, nem queria que Aurora visse ele, mas ele queria ver minha esposinha ser arrombada por outro cara também, e combinamos dele ficar na parte de tras da casa, numa das janelas para espionar tudo.

Bom, por volta das 22h voltamos para casa, deixamos o carro na garagem e entramos para dentro de casa. Durante esse percurso eu estava atiçando Aurora, colocando minhas mãos em sua bunda, e ela como tinha tomado umas taças de vinho estava bem soltinha, estava gostando de tudo.

OBS: ATENÇÃO PESSOAL! APARTIR DESTE MOMENTO EM QUE NÓS ENTRARMOS PARA DENTRO DE CASA, TODA AÇÃO FEITA PELO SUPOSTO BANDIDO FOI EXCLUSIVAMENTE POR ORDENS MINHAS!

Bom, assim que entramos em casa e chegamos na sala fomos abordados pelo suposto bandido que estava segurando uma arma falsa:

-Parados! Fiquem calados e ninguém se machuca!

Obviamente minha reação foi de acalmar a situação:

-De boa cara, relaxa, não precisa fazer isso não. Pode levar o que quiser!

Aurora ficou meio que ”dopata”, ela não esperava aquela situação. O bandido nus amarrou e colocou a gente sentados num dos sofás da sala e ficou nus ameaçando com a arma na nossa cara:

-Quero dinheiro mano! Quero saber onde voces guardam a grana!

Nessa altura Aurora já estava em choque, não parava de chorar e falar:

-Por favor, não faça nada com a gente. Todo nosso dinheiro esta na nossa carteira, por favor!

O bandido disse:

-Cala a boca sua vadia!

Ele olhou na carteira e disse que tinha muito pouco dinheiro, e começou a revirar os movés da casa fingindo estar a procura de dinheiro. Enquanto isso Aurora só fazia chorar desesperadamente e eu fingindo estar nervoso e tentando dialogar com o bandido mesmo estando com a boca amordaçada. Foi quando ele veio em minha direção e colocou a arma em minha cabeça e disse:

-Cala a boca porra!

E continuou revirando os moveis da nossa casa. Revirando os moveis do nosso quarto, ele chegou nas gavetas onde Aurora guardava suas roupas intimas, ele pegou uma de suas calcinhas e começou a cheirar e a passar a lingua (Isso foi combinado entre mim e ele, claro). Então ele veio até Aurora e disse:

-Voce usa isso aqui, é?

Aurora só fazia chorar. E eu fingia estar preocupado com um possivel abuso sexual em minha mulher. Ele virou e disse:

– Caralho, heim, sua xota deve ser uma delicia!

E Aurora só fazia chorar, enquanto isso eu começava a ”gritar” com a boca amordaçada. Foi então que ele tirou a mordaça de Aurora, a desamarrou e mandou ela tirar a roupa, e eu só fazia ”gritar”. Aurora num primeiro instante se negou a tirar a roupa, ou parecia não estar acreditando no que estava acontecendo. Então o bandido colocou a arma em minha cabeça e ameaçou me matar. Então olhei para Aurora, num olhar de ”adeus” mas ao mesmo tempo num olhar de ”faz o que ele quer por favor”. Então ela tirou sua roupa timidamente, e o bandido começou a tirar a dele. Ficando os dois pelados na minha frente. Então ele a jogou no outro sofar e começou a passar a boca em todo seu corpo, depois disso mandou ela chupar seu pau, num primeiro instante ela ficou com vergonha de fazer aquilo na minha frente, mas timidamente foi colocando as mãos e a boca na rola dele, claro que a chupada que ela deu foi fraca, ela estava nervosa e com vergonha de toda aquela situação.
Então, ele colocou a camisinha e mandou ela ficar de 4 no sofa, e desceu a rola na buceta dela, socava muito naquela xana, nos primeiros minutos Aurora só chorava e dava alguns gemidos de leve enquanto ele falava:

-Vai sua puta! Sei que vc gosta de ser fodida desse jeito!

E Aurora dizia:

-Por favor não faz isso! mds, o que esta acontecendo. (choro).

Naquele momento eu já estava de pau duro, e como o bandido me amarrou de uma forma meio fraca, eu conseguia passar minhas mãos sobre meu pau que estava todo melado. Logo em seguida ele se sentou no sofar ao meu lado e mandou Aurora cavalgar em sua rola.
Apartir daquele momento eu já tirei meu pau pra fora e comecei a me mastubar, aquilo tudo estava uma delicia! E Bruno estava escondido na janela vendo tudo, provavelmente estava se masturbando também. Enquanto isso minha esposinha só fazia subir e descer na rola do bandido, quicava como nunca! Estava maravilhosa! Aos poucos o choro estava se dividindo com os gemidos, e aquilo foi me dando mais tesão ainda! Depois o bandido virou pra mim e disse:

-Aee cara, sua mulher é muito boa. Vou comer o cuzinho dela, ta? Só um pouquinho.

E eu com a boca amordaçada começava a ”gritar” pedindo para que ele não fizesse isso. Enquanto Aurora dizia:

-Affs, por favor! Não faz isso comigo! Por favor moço, não come meu cu!

Então ele a colocou de 4 com a bunda virada pra mim e antes de meter sua rola em seu cuzinho, ele deu uma cuspida no cu dela, então ela passou mais um pouco de saliva em seu cuzinho, já se preparando pra levar rola no cu.
Então ele começou a socar naquele cu! Nossa! Que delicia! Confesso que nem sei como descrever este momento! E ele dizia pra ela:

– Vai, geme sua puta, geme dando o cuzinho na frente do seu marido!

E Aurora dizia:

-Aee meu cuzinho, ae meu cuzinho, ae meu cuzinho…!!

Naquela altura, eu tinha conseguido fazer um esforço e por minha mão na bucetinha de Aurora que estava toda melada, e algumas vezes tentei tocar siririca para ela, mas não dava por causa da distancia, então ela mesmo começou a tocar siririca enquanto dava o cu.
Não aguentei muito tempo e gozei, gozei muitoooo! Eu chegava a gemer de tanto gozar batendo punheta vendo aquilo tudo. E pra mimha ”decepção” o bandido também gozou. Digo decepção por que tinhamos combinado dele gozar na boca dela. Acho que ele me viu gozar, viu que minha esposinha era frenetica e não aguentou. Ele tirou seu pau de dentro do cuzinho dela, olhou pra mim com uma cara de constrangimento do tipo ”putz mano, acabei gozando na hora errada”. Eu olhei pra ele e fiz sinal de positivo, sinal de que estava tudo bem.
Então ele colocou sua roupa, pegou Aurora pelos braços de forma agressiva e jogou ela em cima de mim dizendo:

-Vai la sua puta! Fica com teu maridinho ae.

Aurora estava com a cara péssima, sua maquiagem tinha se desmanchado toda em seu rosto por causa do choro. Eu coloquei minhas mãos na cabeça dela e disse que estava tudo bem. E pra finalizar o ato, o bandido nus fez sua ultima ameaça e foi embora. Assim que ele saiu, eu fiz uma cara de ”puta merda”, e mandei Aurora ir tomar banho para se lavar. Enquanto ela tomava banho eu fingi ter ligado para Bruno o chamando pra ele vir aqui em casa por que tinhamos acabado de sermos assaltados, como ele mora na nossa rua, ele chegaria rápido, mas estava na parte de tras de nossa casa. Ele chegou fingindo estar com a cara de surpreso e me disse que iria dar uma olhada pela vizinhança pra ve se via o cara. Depois disso fingi para Aurora que estava preocupado com ela, mas depois de algumas horas eu fingi que nada daquilo tinha acontecido, os dias se passaram e nunca mais toquei no assunto, e ela também não. Depois de uns 2 dias me encontrei com o rapaz para agradecer a ele pelo serviço, e dei uma grana para ele, e disse que quando precisasse o chamaria novamente, ele apertou minha mão e se colocou a minha disposição.
Bom pessoal, só falando um detalhe aqui que eu esqueci de comentar no texto é que o rapaz usou uma máscara durante todo o ato, assim Aurora não viu seu rosto.
Bom, espero que voces tenham gostado deste acontecimento, foi cansativo escreve-lo por que eu precisava ser bastante detalhista, mas esta ae, espero que gostem! E agora fazendo uma pergunta para vcs, sera que minha esposinha Aurora sabe que foi tudo armação do maridinho dela? Kk.
Deixo essa resposta para vcs responderem, até mais, até a proxima!!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 6 votos)
Loading...