Meu vizinho me comeu com força e a força

Autor

Meu nome fictício é Vivi, tenho 16 anos, 1.57 de altura, 54 kg, cabelo liso castanho batendo na bunda, pele parda, peitos grandes e uma bunda empinada. Meus contos são verídicos, ou baseados em fatos que aconteceram comigo e que eu só dei uma alterada. Esse, em particular, aconteceu exatamente desse jeito. Eu sou do interior e faço faculdade na capital, por isso moro sozinha. No apartamento vizinho ao meu moram dois irmãos que são da minha cidade, Gabriel tem 15 e está terminando o colégio, e Matheus faz medicina na mesma faculdade que eu. Matheus era o desejo de todas as meninas na faculdade, ela loiro, alto, tinha um corpo em forma e bastante dinheiro. Todas as meninas grudavam em mim para serem amigas dele, e eu não me sentia bem com isso, tinha muito ciumes de dele, apesar dele só me ver como uma "irmã postiça", desde que despertei meu olhar para os homens que eu tenho tesão no Mateus. Quando Mateus se interessou por uma amiga minha e começou a ficar com ela, eu fiquei louca e decidi que ia deixa-lo louco também. Comecei a vestir shortinhos curtos e blusas transparentes sem sutiã nas sessões de cinema que ele fazia no apartamento dele com os amigos dele, toda sexta a noite. Comecei a ir no apartamento dele só de calcinha e blusinha decotada pedir favores. Até que um domingo, perto das 16 horas, Mateus tocou minha campanhia, eu estava terminando de me depilar e dei um grito perguntando que era.
-É o Mateus!
Disse que a porta estava aberta e mandei ele entrar. Ele entrou e veio falando.
-Os idiotas vão vir para sauna, vc não quer descer conoooo… QUE PORRA É ESSA?
Eu estava pelada em frente a porta do banheiro, quando ele viu, deu um grito e se virou.
-Eu estava me depilando e não tem toalha no banheiro, da pra você me passar uma toalha?
Ele foi até o meu quarto, pegou uma toalha e me entregou, não pude deixar de perceber seus olhos na minha buceta que estava lisinha e nos meus seios que estavam com o bico durinho.
-Toma essa porra. Você vai descer para sauna? Ou por acaso tem planos para agora… não acredito que tenha feito essa depilação a toa.
-Sim, Mateus. Já já desço para sauna. E não, não tenho transa marcada pra hoje se é isso que vc quer saber.
-Não eu não queria saber que vc vai transar com alguem hj. mas já q não vai, fico feliz em ter essa informação. Vou descendo, não demora, os meninos já vão chegar.
Eu desci logo atrás dele, num biquini minúsculo, fio dental e que deixava aparente o bico do meu peito durinho.
Quando entrei na sauna, Mateus estava sozinho, com o pau para fora, um pau maravilhoso, de uns 18 cm, cheio de veias, duro como pedra.
-Que isso, Mateus? Onde estao seus amigos?
Ele levantou, trancou a sauna e colocou a chave em cima de uma prateleira que eu só alcançaria com um banquinho.
-Eu cancelei com eles, vc vem me provocando já tem semanas, pensa que eu não percebi?Agora você vai ter o que merece.
Quando ele disse isso, eu pensei que iria fazer amor com ele, mas foi muito diferente disso. Ele chegou perto de mim, passou uma mão no meu pescoço e segurou meu cabelo, prendendo minha cabeça, chegou a doer, e me tascou um beijo duro na boca, sua boca me invadia com força enquanto sua outra mão me puxava pela cintura. Quando ele soltou minha boca, eu estava boquiaberta. Ele me mandou fechar a boca e quando eu menos esperei, ele deu um tapa na minha cara. Ardeu, eu tive vontade de chorar, mas ao mesmo tempo, parecia que aquele tapa tinha ido direto para minha buceta e ela estava piscando.
-Sua puta, fica me provocando, exibindo esse corpo por ai, agora vc vai passar uma semana sem sentar.
-Mateus, por favor, eu não quero, não assim. Estou com medo.
Eu disse choramigando,
-E é pra ter medo mesmo, eu vou arregassar vc.
Ele me puxou pelo cabelo, me colocando na frente dele, e começou a me empurrar até os banquinhos da sauna. Enquanto andava ele colocou uma mão dentro da minha calcinha, pela minha bunda, e enfiou um dedo no meu cuzinho seco, que nunca tinha sido invadido. Eu gritei.
-Ei, cala a boca. se não vou enfiar a minha mão todinha dentro desse rabo gostoso.
Por medo eu me calei. Ele me segurou com as mãos e tirou a parte de cima do meu biquini com os dentes, enquanto tirava, ele me mordeu várias vezes, doia, e eu sentia que ia ficar roxo, mas esses choques iam direto pra minha entradinha que estava molhadinha e piscando. Quando tirou a parte de cima, ele a usou para amarrar minha mãos num cano que tinha em cima me mim. Sem ter como reagir, ele começou a dar tapas no meu peito e segurar, dava um tapa e apertava, outro tapa e apertava.
-Esses peitos já devem ter deixado muito marmanjo de pau duro. E esse rabo e essa buceta? Não sei como ainda não comi eles. Isso é biquini que se use? Socado no cu?
Ele pegou a calcinha do meu biquini e e puxou pra cima. Socando ele na minha buceta, deixando as bandinhas da buceta expostas. Minha buceta ardia e o meu cuzinho tbm. Ele começou a mexer de um lado pro outro de uma forma que a calcinha rossava no meu grelinho me deixando louca. Enquanto isso ele apertada meu peito, quando eu estava perto de gozar, ele parou. Tirou minha calcinha, me desamarrou, e me colocou de joelho.
-Agora você vai xupar esse caralho, e se vc não fizer direito, eu vou socar dentro do seu cu.
Naquele momento eu estava louca de tesão e o chupei com vontade. Peguei seu pau com uma mão e comecei a masturba-lo, ele jogou a cabeça para trás e segurou meu cabelo com força. Passei minha lingua da base até a cabeçona, E ai o coloquei dentro da minha boca, fazendo cada centrimetro passar entre os meus lábios apertadinho, coloquei até o sentir na minha garganta e escutei ele gemer. Comecei a chupa-lo freneticamente, e ele não falava nada, eu só sentia seu pau ficar cada vez mais duro.
-Chega! Eu quero arrombar a sua buceta ainda, e pra isso quero ta 100 por cento.
Ele me levantou pelo cabelo e me me deu um beijo gostoso, enquanto sua mão viajava no meu corpo, mas sem tocar na minha buceta que estava implorando por atenção.
-Deite no chão.
Eu me deitei e ele sentou atras de mim de foma que seu pau ficou do lado do meu rosto e minha cabeça apoiada na sua perna.
-Abra as pernas.
Sem nem pensar eu as abri.
Ele começou descendo a mão pelo meu rosto, pelo meu pescoço, eu me arrepiei toda, aí desceu no meio dos meus seios, eu me contorcia e o meu rosto batia no seu pau, rodeou meu peito esquerdo e puxou meu mamilo, depois rodeu o direito e o puxou, e ai começou a descer devagar na minha barriga, meu corpo se contorcia querendo mais contato com sua mão, foi quando ele chegou na minha buceta e começou a me masturbar devagar, e foi acelerando, acelerando, e parava, dava um tapa forte na minha buceta, e continuava me masturbando, quando eu disse, em meio ao gemidos, que eu ia gozar, ele parou.
-Eu quero que você goze no meu pau, e eu quero gozar dentro de você. Vc toma remédio?
-Não.
-Nao tem problema, amanhã compro uma pilula pra vc, agora fica de 4 que eu vou te arregaçar.
Eu obedeci, ele esfreou a rola para cima e para baixo na minha buctinha, esbarrando no meu clitoris, e ai, socou de uma vez dentro de mim, até o fundo, e segurou, eu dei uma gemido alto, e ele também. Ele começou a meter rapido e com força, minhas pernas tremiam, e minha buceta ardia, mas eu estava louca de prazer, ele puxava meu cabelo, batia na minha bunda, passa o dedo ao redor do meu cuzinho, depois colocou o dedão no meu cuzinho ardido e cotinuava metendo forte. Eu estava prestes a gostar quando ele passou a mão na frente da minha buceta e puxou meu clitoris. Eu gozei, me contorcendo no pau dele, que deu mais duas estocadas e gozou dentro de mim. Senti a porra me enchendo e saindo de mim, sem tirar o pau de dentro de mim ele se deitou no chão, e eu fiquei deitada na sua frente. Passamos uns minutos recuperando o folego e processando tudo que tinha acontecido, quando ele tirou o pau já mole de dentro de mim, eu extremeci.
-Foi a melhor foda da minha vida, Vivi. Acho que você vai ter que namorar comigo.
Depois disso começamos a namorar e foram muitas fodas ótimas e loucas. Se quiserem mais relatos, deixem nos comentários, eu ficarei acompanhando.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,45 de 20 votos)
Loading...