Meu padrasto batia no meu bumbum

Autor

Oi, podem me chamar de Gabi Cristina e meus pais se divorciaram quando ainda era bem nova, meu pai acabou indo morar em outra cidade então não tenho muito contato com ele e fiquei sem uma presença paterna por um tempo. Minha mãe acabou casando de novo tempo depois , o seu novo marido se chamava Alexandre, ele era um homem que preencheu o papel de pai na minha vida. Tínhamos um relação de pai e filha.
Eu nunca foi uma criança muito danada, mas também nunca foi muito calma, era uma menina normal que as vezes fazias “danação”. Um dia quando já tinha 10 anos, estava brincando com tinta guache acabei sujando uma de suas blusas, como castigo ele me pegou no colo e deu um tapinhas no meu bumbum. Na hora eu chorei pois estava bem triste por apanhar, quando “terminou” ele foi para o banheiro.
Se passou um bom tempo depois desse dia e as coisas ainda estavam normal, mas as coisas começaram a mudar quando foi pegar leite na geladeira e acabei derramando, estávamos só nós dois na casa, quando ele viu a bagunça disse que iria me castigar de novo.
Me colocou deitou no seu colo e abaixou minha calcinha, deu uns tapinhas no meu bumbum e começou a acariciar e aperta. Alexandre ficou dando tapinhas e agarrando por um tempo até parar e depois ir no banheiro de novo.
Na quela noite Alexandre foi me colocar para dormir.
A:”Ei, lindinha doeu os tapinhas que eu te dei hoje”
Eu:”Doeu um pouco mas eu achei estranho”
A:”estranho como”
Eu:”Não sei só estranho”
A:”Então vou faze carinho especial para você dormir”
Ele abaixou minha calcinha até o joelho e começou a acariciar minha barriga e foi descendo até o meu das minhas pernas, eu senti sua mão me tocando em um lugar que antes eu nunca toquei, fez eu sentir um sensação nova principalmente um formigamento na minha barriga, ele ficou me acariciando até eu cair no solo.
Uns dias depois quando estávamos só nós dois em casa, ele me colocou de novo em seu colo e dessa vez além de dar tapas e agarrar meu bumbum também ficou dando mordidas no meu bumbum. Dessa vez eu estava gostando mais, por ele estar só de samba-canção de tecido bem fino pode sentir algo duro e ficava mais a medida que ele agarrava meu bumbum.
Fiquei curioso para ver o que era isso e pedir para ele me mostra. Ele começou a tirar a samba-canção e vi o seu pau pela primeira vez, na hora fiquei surpreendida. Alexandre começou a me ensinar a tocar e chupar seu pau, disse para chupar como pirulito e no final ia vir um leitinho. Chupei totalmente sem jeito pois minha boca era pequena, quando gozou não gostei muito do gosta.
Passamos varios meses nesse novo relacionamento, estava viciada no carinho especial. Quando ele decidiu me comer, foi um pouco assustador por que não achei que seu pau iria caber, ele me relaxou dizendo que irá gostar e seria uma sensação muito boa. Alexandre foi colocado meu pau devagar dentro de mim, doeu muito na hora mas as poucas foi relaxando com os carinho que ele fazia e estava gostam muito da sençao de seu pau dentro de mim. Quando gozou senti seu semen escorrer nas minhas pernas e eu gostei.
Ficamos nos relacionado em segredo por anos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,15 de 34 votos)
Loading...