Me estruparam

Autor

Todo dia vou deonibus para meu trabalho, desço na BR e ate meu serviço são uns 1500 m, porem tem alguns terrenos baldios com matinhos, mas sempre tem várias pessoas comigo que trabalham em empresas perto da minha.No dia do ocorrido , eu me atrasei, tinha ida num aniver na noite anterior ,quando desci do ônibus fui a única pessoa.Sem pensar em nada, porque nunca tinha acontecido nada, sai caminhando normalmente, sou loirinha, 1,55, peito pequeno,a bundinha sempre chamou a atenção, pequena mas saltada.No 2º quarteirão, estava com meu celular ligado com os fones ,escutando musica, senti alguém pegar no meu braço, me virei e também senti uma coisa pontiaguda nos meus rins, tive que tirar os fones, para escutar o que essa pessoa queria:Fica quietinha, segue caminhado, faz de conta que sou teu namorado!Gelei, o tipo era mais alto que eu, uns 1,80, moreno cabelo enrolado, olhos esbugalhados, devia ter cheirado.Obedeci, ele abraçado em mim com a faca me cutucando, quando chegamos perto de um dos terrenos baldios, ele me direcionou para ele, tivemos que passar uma cerca de arame e sumir no matinho.Para meu azar , realmente ninguém estava na rua nesse instante!foi me empurrando ate chegar numa clareira onde tinha no chão uns papelões de caixa s de embalagem, parece que já tinha sido usado antes,Mais tarde fiquei sabendo que ,como tinha um Salão de bailes perto, o local também já era usado de motel.Eu não era virgem , nem atrás , mas fazia um mês que não fazia nada, tinha brigado com meu namorado e fiquei meio sem tesão pra nada, o cara tinha me corneado.Fiquei preocupada, desesperada, comecei a chorar, inventei que tava gravida, menstruada, tudo que mentira mas ele não largava meu braço, e uma hora se encheou de meus papos”Cala a boca senão vou te furar “, gelei e logo tive que me despir, primeiro a blusinha , meus seios erampequenos ,nem usava soutien, os olhos dele brilhavam e me mandou não olhar na cara dele.me virei de costas e tirei a bermuda ,fiquei de calcinha , me mandou “tira logo tudo!”.Fiquei peladinha , ele me mandou deitar de barriga pra cima, quando me virei já tava pelado da cintura pra baixo, tinha um membro médio, 17 ou 18 cm e grossura nada excepcional.Deitei obediente, ele me fez abrir as pernas, deitou encima de mim, faca no meu pescoço, me fez pegar no pau dele e colocar na entrada da minha bucetinha, que a essa altura tava mais fechada que nunca.Ficou forçando até que entrou , me rasgando!Aquela faca no meu pescoço, a piça dele me rasgando ,forçando pra fora e pra dentro, lubrificquei um pouco o que ajudeou a diminuir a dor.O tarado log gozou, ficou um pouco encima d emim, levantou, puxou um baseado e começou a fumar, me olhando, eu fiz menção de me levantar e ele deu a ordem, fica ai!Fiquei sentada , cruzei os braços tampando minhas tetinhas , deu umas tragadas , eu sentindo a minha buceta dolorida e cheia de porra, pensei em tentar sair correndo, pelada, mas fazer o quê?Parece que ele adivinhou meus pensamentos, mandou ficar de 4 na frente dele e chupar o paudele!Todo esporreado, dei uma limpada com as mãos e comecei a chupar ate que endureceu, ele prendeu minha cabeça contra a bariiga dele, o pau dele la na minha garganta cutucando, deu vontade ede vomitar, não conseguia respirar, ate que deu uma folga, me pegou pelo braço, ele se deitou no papelão e mandou eu vir por cima, com a faca na minha barriga .Pedi para ele tirar a faca dali, que eu não ia reagir, ficou com ela na mão mas encostada no chão, trepei nele e introduzi aquela piça na minha buceta e comecei a fuder ele, que gemia “gostosa,putinha,mexe mais”! Não demorou muito para se acabar , senti a porra quente entrando em mim, a estas alturas tava tendo um pouco de prazer.A merda que a piça dele não amolecia , acho que tinha tomado um viagra , segui trepado sobre ele, e me obrigava a seguir fudendo !Me assustei quando ele começou por tras a fuçar no meu cuzinho, com isso frocei mais ainda pra ver se ele gozava de novo , pra derrubar a tesão dele.Mas chegou o momento que ele já tinha enfiado a ponta do dedo no meu cuzinho , falou”gostosa, agora vou sentir esse teu cuzinho, tô loco pra arrombar ele”!Pedi pra não fazer, nem me escutou, me derrubou no chão, cai fora do papelão na grama e terra,ele por cima de mim, levantou as minhas pernas como fosse fazer um papai e mamãe, mas foi direto no cuzinho, dizendo pra eu facilitar ou podia ser pior!Senti a cabeça da pica, seca , forçando o meu anel, lembrava quando tinha uns 10 anos e dei a 1ª vez pro meu primo, só que o dele era mais fino e foi igual, forçando, forçando ate que senti aquela dor !O tarado depois que sentiu que entrou, deu uma parada, tirou ,se abaixou e deu uma cuspada no meu cú, respingou na minha buceta , foi de novo com tudo , sem dó, achoq eu isso que dava prazer pra ele !Dessa vez, foi a metade de uma vez, me contrai de dor, ele começou a bombar ,tirava quase tudo e metia, já nem sentia mais quanto que entrava, afrouxei as pernas e deixei a coisa doer ate que senti aquela acabada nas minhas entranhas ….assim mesmo ele ainda seguia metendo!Acho que ele sentiu que eu amoleci, tava meio desacordada , saiu de cima de mim , vi que ele limpou o pau numas folhas , se vestiu, mexeu na minha bolsa, roubou meus docs e um talão de cheques e sumiu.
Depois de me restabelecer, me vesti, pernas moles, cuzinho e bucetinha ardidas , arrombadas ,fui na policia fazer BO e exames , ainda bem, que não peguei nenhuma doenças e o tarado foi preso 2 dias depois ao passar cheque meu adiante.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 6 votos)
Loading...