Iniciação com meu tio avô

Autor

Na época que rolou eu era branquinho, magrinho, cabelos e olhos castanhos, morava no interior com minha família
Atualmente tenho 20 anos, mas continuo um gurizao alto e magro
Meu tio avô morava na cidade com esposa e filha
Minha família foi sempre muito unida, portanto íamos sempre visitá-los
Em um final de semana, teve um aniversário, agora não lembro exatamente de quem
Sei que a festa se estendeu por muito tempo noite adentro, e meu tio foi dormir, enquanto o resto das pessoas presentes ficaram na garagem bebendo e conversando
Eu em minha curiosidade infantil fui pra casa dele, e encontrei ele deitado na cama
Estava de camiseta e os samba canção de cetim que eram quase marca registrada dele
Ele era um exemplar magnífico de urso, barba grossa preta, assim como os cabelos, peito e perna peludas e uma barriga grande que deixava ele lindo
Ele puxou assunto comigo, e depois de um tempo perguntou se eu sabia fazer massagem, e eu disse que sim
Então ele pediu que eu fizesse nos pés dele, e eu prontamente o fiz
Ele se deliciava com minhas mãos pequenas percorrendo os pés dele, e eu sentindo o cheiro daqueles pés enormes pertinho do meu rosto
Ele entao pediu que eu sentasse no colo dele e massageasse seu peito peludo
Ao sentar no colo dele senti algo diferente, ele obviamente estava excitado
E o toque da minha bunda e meu corpo incrivelmente menor que o dele certamente deixou o pau dele ainda mais duro
Passei as mãos sobre os pelos do peito dele por um tempo, e então ele pediu que eu fizesse massagem em outro lugar
Me puxou para o lado e abriu o samba cançao dele, tirando um pau pentelhudao, de tamanho medio e muito babao de dentro
Fiquei maravilhado de ver aquele pau na minha frente, brilhando pela baba que escoriia
Ele pegou minha maozinha e colocou sobre o pau dele
Senti a textura, o calor daquele pau e vi ele com olhos de tesão pra mim
Me puxou pra perto e me deu meu primeiro beijo na boca, naquele momento me senti um putinho completo, dominado por um macho
Meu macho
Com a mão tocando minha bundinha e minha mão embaixo da dele, iniciou uma punheta e encheu seu peito e barriga de porra
Que levou aos meus labios pra que pudesse sentir o gosto
Essa foi a primeira vez,depois ele acabou vindo me visitar muitas vezes mais, sem a família
Dormia sempre com ele na cama, pq minha família não via problema
Ele adorava me beijar e eu me sentia completo com aquele homem grande me tornando seu puto
Brincava muito com os dedos no meu cuzinho, e principalmente com seu pau babão
Foi ele quem me deu o primeiro leite de macho na boca, e que me fez viciar em pau

Chama no email pra trocar uma ideia
gabrielhony7@tutanota.com

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,16 de 19 votos)
Loading...