Comi Aluna Lesbica – Continuação

Autor

Pra quem leu a primeira parte, essa é a continuação.
Então, eu ali sentado a Monique de pé com a bucetinha na minha boca, sinto minha bermuda e cueca serem tiradas e logo depois minhas pernas serem abertas, sinto então Ana se escorando em minha coxa, logo uma lambida na cabeça do meu pau, Caracas uma sapata me chupando; Ah esqueci de falar que eu havia programado a tv pra ligar em 40 minutos, quando ouvimos um barulho de gemido, todos paramos e olhamos pra tv e na tela a garota estava com um pau inteiro de um negro atolado na boca, foi automático eu senti uma babinha escorrendo pela minha mão, meu dedo estava atolado na bucetinha da Monique( a safadinha gostou de ver um pau sendo mamado), voltei a chupar e só sentia a mão da Ana apertando meu pau, logo senti a boca dela engolindo meu pau e sugando, uau que delicia, logo ela engolia cada vez mais, pedi então pra Monique se virar e colocar o bumbum na minha cara, queria que ela visse a namorada chupando meu pau e assistisse tv, ela virou e inclinei ela pra alcançar a bucetinha dela, vi o cuzinho dela piscando pra mim, abri a polpa da bunda dela com minhas duas mão e enfia a lingua fundo na bucetinha dela, que soltou um gemido alto; sintia meu pau indo cada vem mais fundo na boca da Ana, olhei de ladinho e vi que Monique estava com a mão calçada em cima da cabeça da Ana, forçando a cabeça dela no meu pau. Estava muito próximo de eu chegar a um gozo, pedi então pra ela descer, me desvirtuei e falei que ia ao banheiro, disse pra elas assim, brinquem aí que já eu volto. sai pra ir ao banheiro, passei uma agua no rosto e tentei relaxar um pouco pra reter o gozo, quando voltei pra sala, vejo a Ana de pé na frente de Monique, com a calça abaixada no joelho e sem a blusinha e Monique mamando nos peitinhos dela e acariciando a bucetinha dela por cima da calcinha, me aproximei e tasquei um beijo na Ana e já levei uma mão no peitinho livre dela e outra no bumbum, depois me abaixei e abocanhei o peitinho dela, enquanto Monique mamava o outro, aproveitei e já abaixei a calcinha e comecei a passar a mão na bucetinha dela que nesse momento acariciava nosso cabelo.
Pedi então pra Monique se encostar no sofá deixando as pernas bem abertas, terminei de tirar a calça e calcinha da Ana e pedi pra ela ficar de 4 e chupar a bucetinha da Monique; fui atendido na hora, me abaixe por tras dela e vi aquela bundinha pequena se abrindo conforme ela empinava a bunda, um botãozinho marrom clarinho piscando pra mim e os beicinhos salientes dela babando e brilhando, meus dedos foram tocar neles e minha lingua foi em direção ao cuzinho dela, ela se encolheu quando sentiu minha lingua, mas logo empinou a bundinha mais e abriu mais as pernas pra tornar meu acesso mais facil, fui enfiando a lingua no cuzinho dela e o dedo na bucetinha que entrava fácil, depois peguei e inseri mais um dedo, no começo com um pouquinho de resistência e logo depois os 2 já entravam e saiam com facilidade, tentei então o terceiro dedo, que entrou de boa, nesse momento pensei, foda-se não era ela mais vai ela mesmo primeiro, encaixei meu pau na entradinha dela, que ao perceber minha intensão tentou sair e se retrair, mas como estava segurando com as duas mãos na cintura dela, não deu tempo dela escapar, empurrei meu pau que logo foi se alojando todo dentro dela, ela ficou parada tentando escapar, mas como já tava dentro ficou, logo ela abaixou novamente a cabeça de encontro a bucetinha da Monique e comecei a bombar dentro dela, logo sentia ela gemendo e rebolando no meu pau. A sapata estava gostando, logo Monique dá um gritinho de gozo intenso e me fala, caralho, éra eu que vc devia comer; oh verdade, fica então nessa mesma posição aí, quando ela desceu e eu tentei tirar de dentro da Ana, ela segurou minha cintura pra eu não sair dela, continuei metendo e logo senti ela gozando de escorrer no meu pau. Eu já estava com dois dedinhos enfiados na bucetinha da Monique, logo a Ana foi pra frente escorar no sofá todo mole fazendo meu pau sair de dentro dela, fui por tras de Monique e comecei a pincelar na entrdinha dela, cada vez que meu pau encaixava ela empurrava o bumbum pra tras tentando engolir meu pau e eu tirava, com uma mão eu brincava com o dedinho na bucetinha da Ana, melava e enfiava um pouquinho no cuzinho, voltava a melar no calcinho da buceta e voltava a enfiar mais um pouquinho no cuzinho, com minha distração a Monique forçou obumbum pra tras o que fez meu pau entrar de uma vez, senti o cabacinha dela rompendo, mas ela não se fez de rogada e foi até o fim, fiquei parado e deixei ela dominando a situação, nisso meu dedo já passava da primeira dobra no cuzinho da ana, pensa na delicia, uma rebolando no seu pau e o dedo no cuzinho da outra, logo as duas estavam gemendo, uma com meu pau atolada no bucetinha escorrendo toda e a outra com dois dedos meus atolados no cuzinho dela, não aguentei muito tempo e falei pra Monique vir chupar meu pau que eu iria gozar, no filme que rolava na tv já havia rolado várias gozadas na boca pelo que notei, fiquei de pé e puxei ela pra vir chupar meu pau, ela não tinha chupado ainda, ela foi colocando na boca inicialmente sem jeito e logo foi melhorando, não aguentei muito e segurei a cabeça dela pra encher a boca dela de leite, ela tentou sair, mas não deixei, gozei muito na boca dela; depois tirei e falei pra Ana, vai já beijar ela, ela tentou negar, mas falei, vai, você não quer passar de ano, ela foi e notei que no inicio beijava com nojo, mas logo já se beijavam de lingua e lambia o restinho de porra que havia escorrido pelo lado da boca da Monique.
Nos deitamos no chão exaustos, me deitei no meio delas, beijei uma depois a outra e aproveitei pra enfiar o dedo nos cuzinhos dela, Monique tentou evitar mas logo meu dedinho entrou sorrateiro, já Ana até empinou o bumbum pra tras e logo eu enfiei mais um.
Ficamos então conversando e descansando, aí falei pra elas que tinha amado a experiencia, Monique já assumiu na hora que tinha adorado, já Ana tentou se fazer de dificil, mas ainda estava com dois dedinhos meu atolados no cuzinho piscante e a bucetinha escorrendo, não tinha como negar… e aí falei, sei que tá gostando, seu cuzinho guloso tá engolindo meu dedo, ela então rebolou pro meu dedo entrar e falou, é mesmo, rimos.
Falei, vou dar nota pra vocês duas, Ana pra passar e Monique pra ficar com uma nota alta.
Olhamos no relógio já eram passada das 23h, falei pra elas assim, dormem aqui comigo, ficaram contrariadas, mas logo depois pegaram o telefone e ligaram pra casa delas dizendo que tinham se distraido no trabalho da escola e haviam perdido a hora, que iriam dormir na casa da amiga.
Resultado, passamos a noite na maior fudelança, como o cuzinho das duas, ainda naquele restinho do ano ficamos juntos os 3 algumas vezes, fiquei sabendo pela Ana em Janeiro que os pais da Monique haviam ido embora pra outra cidade e ainda fiquei com a Ana umas 5 ou 6 vezes antes das aulas começar na outra escola, depois acabei perdendo o contato agora em março e não vejo ela mais.

Ainda fico com tesão só de lembrar da primeira vez…
Abraços, espero que tenham gostado.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,83 de 12 votos)
Loading...