Violentado pelo mestre de obras

Autor

Tenho 32 anos de idade, sou engenheiro, casado, 1.77, moreno claro, descendente de italianos, olhos esverdeados, cabelos encaracolados, bonito, corpo atletico. Minha mulher é uma safada com 30 anos de idade…casamos há 4 anos, e desde a primeira vez que saimos ela confessou ser tarada por bunda de homem e sem pedir permissão foi me explorando…e eu me deliciando. Sou do interior mas atualmente moramos numa capital, e desde pequeno rolava entre os primos as brincadeiras de aplicar injeção…comíamos as primas…uma meia duzia delas…até que um dia um primo mais velho decidiu brincar conosco e disse que homem tem comer cuzinho de mulher e cuzinho de homem tambem…aí começaram os troca trocas…esse primo tinha dia que comia uns quatro cuzinhos…dois meninos e duas meninas…e fazia a gente comer tambem…mas ele tambem tinha dias que ficava de quatro e nos mandava comer o cuzinho dele…as primas ficavam loucas….até hoje comentamos isso e rolamos de dar risada…mal sabem elas que continuo com tesao no cu. Voltando à minha esposa…ela me dizia que sempre me observava e que se masturbava pensando em foder a minha bunda…com a lingua…com os dedos…e com vários brinquedinhos que ela tinha…era tudo maravilhoso…e nós adoravamos. Tanto que namoramos, noivamos e casamos dentro de um ano. A nossa vida era extremamente fogosa, excitante….é ainda…mas trepávamos todos os dias…ela determinou os dias que eu comeria o cu dela…e os dias que ela comeria o meu cuzinho…fazia até eu usar umas lingeries tesudas que ela comprava pra mim. Sempre pratiquei esportes, e o que mais curto é natação, tenho inclusive algumas medalhas…por isso o meu corpo sempre foi depilado…odeio pêlos, minha mulher tambem…entao tudo dando muito certo…companheirismo total, cumplicidade total. Como falei no inicio sou engenheiro, meu sogro tem uma construtora, e ele me passou trez obras para tocar e administrar. Numa das obras tinha o sr. Israel ..um pernambucano como ele mesmo dizia…um pernambucano arretado. Os amigos o chamavam de pé de mesa…diziam que o pau do Seu Israel era um alejo. Os papos da obra giravam em torno de muita sacanagem…e o Israel fazia questão de comentar das fodas que dava…das bucetas e cuzinhos que arregaçava. Eu notava que ele me olhava de um jeito meio esquisito…e que várias vezes, por mais que eu nao quizesse demonstrar ele percebeu que eu olhava para a altura do seu pau…realmente fazia um volume bem expressivo por sobre a calça…mas tudo ia muito bem até que um final de semana, no domingo eu peguei a minha esposa e fui dar uma volta…quando passamos na frente da obra percebi que uma faixa da imobiliaria havia soltado e estava balançando. Durante o dia o portao ficava fechado, mas a noite sempre tinha um guarda. Como eu tenho a chave dos portões entrei e subi…minha mulher entrou junto…fomos até o quarto andar puxei a faixa…tornei a amarrar…enquanto isso a minha mulher observava a obra..elogiava a limpeza…que apesar de o predio estar ainda em contrução no sábado quando encerravamos o expediente era feito uma limpeza geral. falei pra ela..quer subir mais um pouco…o predio tem nove andares …vamos subir pra voce ver la de cima como a vista é bonita…e falei pra ela..numa dessas como o teu cuzinho olhando a cidade de cima…ela disse..hummmmmm…e fomos subindo…quando ja estávamos chegando…ouvimos vozes…gemidos…gritos…caracteristico de quem esta levando pau gostoso…rsrsr…minha mulher safada disse…uauuuuuuuu..que tesao…vamos devagar sem fazer barulho…e subimos…quando entramos no apartamento…o Israel estava deitado num colchao que o guarda descansava…e uma mulher subia e descia do seu caralho….mas puta que pariu…que caralho. a mulher estava de costas para a porta…e ele naturalmente no tesao nao percebeu nem vulto…e falava…vai sua puta..era pau que voce queria..faz esse cacete desaparecer nessa tua buceta…e ela dizia…claro que faço…pauzudo..filho da puta…fode bem essa buceta porque cu..nem pensar…esse pau nao entra nem com reza no meu cu…e a foda estava linda…eu e minha mulher ficamos de ladinho…espiando…ela safada…agarrou no meu pau…que estava explodindo…e ficamos mais um pouco..e eu falei..vamos descer…nao quero que ele nos veja…se eu estivesse sozinho eu acabaria com essa putaria aqui na obra…mas como voce esta junto..deixa pra lá…descemos e quando chegamos quase no terreo a minha mulher me dissse ….come a minha buceta aqui…agora…levantou a saia…se apoiou na parece…eu nao resisti dei uma lambida na buceta dela por traz…e meti pica…foi uma foda rápida..e fomos embora…com ela fazendo meu pau acordar…chupava meu pau..e dizia…nossa..por isso que voce é louco pela minha buceta…ela tem um gostinho doce…e mamava meu caralho…rsrrs…em casa quse morremos fodendo.
No dia seguinte…eu chamei o Israel…no escritorio..que improvisamos…e onde fazíamos pequenas reuniões…e falei pra ele…entao Seu Israel..como passou a tarde de domingo…ele disse…igual ao doutor né…fodendo..eu me espantei..e disse como assim…ele falou …pensa que nao percebi o sr e a sua mulher me espiando..heim doutor…cada vez que aquela tesuda subia no meu pau…eu via voces por baixo da buceta dela…e parece que estavam com tesao né…tanto que nem aguentaram descer do predio…tiveram que foder no primeiro andar….parabens viu doutor que mulher a sua….maravilhosa. Eu estava com raiva daquele safado…e acabei perdendo o controle e esculachei ele….claro que foi grosseiro…ofendi…e disse que ia pensar sobre o destino dele. Falei com meu sogro…e o meu sogro disse…olhe meu genro..é o melhor colaborador que eu tenho…esta comigo ha 12 anos …so mando o Israel embora se ele roubar caso contrario nao…é de extrema confiança…e se estava fodendo…fazia ele muito bem…deixa o cara foder po. É claro que nao contei a segunda parte…né..rsrsr . No sábado seguinte…encerravamos o expediente ao meio dia…o Israel disse…doutor…ele tinha a mania de me chamar de doutor…eu preciso conversar com o senhor…mas tem que ser somente nos dois…sera que o senhor pode vir hoje final da tarde aqui..eu estava precisando me desculpar…nao podia ofender o empregado numero um do meu sogro né. Bem…tomei um belo banho…e como era o meu dia de dar o cuzinho pra minha mulher….ja fiz a chuca né…kkkkkk…deixei o cuzinho bem limpinho…e disse amor…vou até a obra e volto rapidinho…ela disse…vou descansar….quando voltar me acorde com esse cuzinho na minha cara….daquele jeito que eu adoro…e la fui eu. Chegando na obra…chamei pelo Israel e ele nao repondeu…fui subindo…chamei…quando cheguei lá pelo sexto andar ele gritou …estou aqui em cima…e la fui eu…..cheguei exatamente no mesmo lugar onde ele estava fodendo aquela mulher…mas o colchao estava com roupa limpa…e tinha um isopor…uma lata de cerveja vazia…e um litro de wodka ao lado…mas eu nao o vi. entrei…e de repente ouço a voz dele…boa tarde doutorzinho….caralho…o Israel estava pelado…o pau do cara era uma tora….eu costumava frequentar saunas…vi paus de todos os tamanhos ..mas igual aquele nunca….grosso…enorme….mas muito grande mesmo…o pau a meia bomba..e eu falei..o que é isso Israel…ta maluco..vai vestir uma roupa…ele com uma das maos pra traz…me mostrou uma faca…grande…e disse…depois de tudo o que voce me falou…me ofendeu…me esculachou…e com certeza vai me mandar embora…entao vai ficar com uma lembrança pra sempre…cada vez que sentir o teu cu piscando…vai lembrar o pau que arregaçou ele….e o pau dava pequenos pulinhos pra cima…e ia crescendo mais…cheio de veias…grosso…uma cabeça maravilhosa roxa…eu gelei…olhava pra ele…pro pau dele…pra faca…e disse..o que voce quer….ele ja estava a um metro de mim…eu sentia o cheiro de cerveja…e ele disse…vire doutor…se debruce na janela…faça de conta dque esta olhando a vista….encostou a faca no meu pescoço e disse….vai me mandar embora com gosto…eu ainda tentei falar que nao mandaria ninguem embora…que ele era o funcionario exemplar…mas fiquei quieto…kkkk…o medo ja estava passando….e a semvergonhice tomando conta…me debrucei sobre a janela…ela me abraçou por traz…e disse…hummm..que cheirinho de banho…minha putinha estava adivinhando que ia levar pau….e eu…para com isso Israel…somos amigos…ta maluco meu….e nada…abriu a minha bermuda….e soltou ela caiu…eu muito envergonhado…lembrei que estava usando uma calcinha que a minha mulher adora me foder quando visto ela…e como estava combinado uma sessao de cuzinho com ela…queria supreendê-la…quando Israel me viu de calcinha…ele quase teve um colapsou…e disse…nao acredito…o doutor é putinha mesmo….que tesao de calcinha….e todo depiladinho…mandou eu abrir bem as pernas…e passava os dedos de uma das maos pelas minhas pernas e ia subindo…de repente ele puxou a calcinha pro ladinho…cheirou meu cu….e nao resistindo…enfiou a lingua….eu fiquei maluco…e dizia….mete vai …mete essa lingua…..caralho..que tesao…quando ele percebeu eu empurrava o cu na cara dele…por baixo ele esticou o braço e alcançou o meu pau…que estava trincando de duro…ele dizia…que bom saber que voce gosta disse…ja devia ter pedido pra conhecer o meu pau doutor…bem..chupou….lambuzou…enfiou um dois trez…dedos…aí levantou ….me segurou pelos ombros e disse…coloca a mao pra traz…segura no caralho do teu macho e vai colocando no teu tu. Será que voces conseguem imaginar…aquele pau nao tinha fim…eu segurei…fechei os olhos…pisquei meu cuzinho naquele caralho…e fui empurrando…parece que o meu cu ia estourar….pior foi que ele me segurou pela cintura e foi enfiando…e dizia…gosta ne´vadia…acho que nem vai me mandar embora…pra tomar no cu sempre…voce vai ser o meu viadinho preferido..cheiroso..depiladinho….e vou bolar um jeito de comer voce e a tua mulher juntinhos…vai putinho…pede pau pede….e eu pedia…bem putinha…ele sentou no colchao…se encostou na parede…e disse..vem sentando no meu pau…mas bem devagar..quero ver essa pica sumir no teu cu….nossa…e eu achei que ia te estuprar….nossa..que cu tesao..guloso…foi foda…mas sentei ..agasalhei tudo…meu pirocudo….fudi…fudi…tomei no cu em varias posições….quando ele gozou ….ele disse agora pode me mandar embora…eu falei…esquece…vamos tocar a vida em frente…rsrsrsrs….e fui embora……continua.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,22 de 9 votos)
Loading...