Vi minha mãe levando rola e gostei (Parte 1)

Autor

Olá, me chamo João (nome fictício), a alguns meses, vem ocorrendo uma série de acontecimentos em minha casa que resolvi relatar.

A alguns anos minha mãe se separou de meu pai por traição, e desse tempo pra cá, ela vem arrumando vários namorados e eu nunca gostei muito disso… Mas o que aconteceu mês passado, mudou totalmente essa minha visão das coisas. Primeiro vou descrever minha mãe. Ela tem 1.69, pesa uns 60 KG, peitos médios e bunda bem redonda. Ela recentemente arrumou um namorado que eu não gosto muito, eles vivem tentando fazer eu ir pra casa do meu pai. Mas em uma noite eu acordo com alguns barulhos que davam para ser escutados do meu quarto, me levanto e vou ver o que era e quando chego na sala, começo a ouvir os gemidos altos da minha mãe apenas gritando. Eu fiquei em choque quando ouvi aquilo é depois então quando ela começou a gritar "goza dentro, goza dentro!!" Eu senti um imenso frio na barriga e fui dormir tentando esquecer aquela cena… Uma semana depois ela diz que o namorado dela (Thiago) iria dormir na nossa casa de novo e então veio a lembrança daquela cena que eu jamais esquecera, então eu apenas digo "tá bom".

Chega a noite e eu digo que vou dormir, eu realmente tento, mas não consigo, porque eu lembro sempre daquilo… Então eu comecei a ouvir os barulhos, tive que ir constatar e era ela gemendo de novo… Dessa vez bem mais alto e rápido. Foi quando eu tive a ideia de ir no telhado e tentar ver algo por entre os vãos das telhas… Quando eu chego lá eu me deparo com uma cena traumatizante, no quarto não estava apenas minha mãe e Thiago. Estava também um outro homem que eu não sei quem é até então. eles estavam fazendo dupla penetração na minha mãe e eu senti muita vontade de vomitar, mas eu continuei olhando ela gemendo e sentando naquelas duas rolas enormes. Então eu comecei a me masturbar mesmo sabendo que aquilo era errado, e depois de uns 10 minutos dando a buceta e o cu, Thiago diz "vou gozar" e minha mãe responde "goza dentro pra não sujar o lençol" e então Thiago retruca "dessa vez não" ele puxa ela pela cabeça e começa a bater punheta na boca dela até ela gozar. Algum tempo depois o amigo dele também goza, mas dentro da buceta dela,e eu gozo em seguida no telhado da casa. Vou pro quarto tentando esquecer o que acontecera e durmo chorando.

Esse foi o primeiro conto de vários contando todo esse período traumático sexual da minha vida.

Obs: esse conto é 100% real, porém os nomes não são, para poder preservar nossa identidade.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,94 de 16 votos)
Loading...