Sozinha no quarto com o amigo do papai

Autor

Oi, meu nome é Gabriela Cristina, mas podem me chamar de Gabi ou Cris, faz tempo que queria postar minhas historias e finalmente
criei coragem e estou aqui. Espero que gostem e peço logo desculpa por qualquer coisa.
Tudo comeuçou quando era criança e tinha 10 anos {se quiserem saber como eu era parecia na época pesquisem pela atriz Baily Michelle}
e meu pai tinha grande amigo chamada Marcos, um homen alto, branco, cabelo pretos e um poucou acima do peso, ele era muito proximo da gente,
praticamente era da familia, eu o considerava como um tio. Nós tínhamos uma relação normal, até certo dia onde tudo mudou.
Era domingo e meus pais estavam fazendo um churrasco em casa, mas como eu estava me recuperando de uma gripe, assim fiquei no meu quarto
brincando sozinha. Enquanto o churrasco acontecia la fora Marcos entou no meu quarto e logo em seguida trancando a porta.
M:”Oi lindinha, como você ta ?”
G:”To bem, so to com tedio de ficar sozinha”
M:”Então deixa o titio, te fazer companhia”
Ele me pegou e me colocou em seu colo, que era uma coisa comum eu ficar em seu colo. Marco deu um beijo abaixo da minha orelha
e perguntou.
M:” Que calcinha bonita, ela é nova”
G”Hihihi! sim ”
Na época tinha a mania de ficar so de calcimha em casa e não era a primeira vez que ele falava de minhas calcinhas então para
mim isso era normal. Enquanto eu estava em seu colo brincando com minhas bonecas, Marcos ficava acariciando o interior de minhas
pernas e dando pequenos beijos em meu pescoço. Mas aos pouco as coisas começaram a ficar mais intensas, ele exagerar nos carinhos,
dando beijos mais demorados e apertar minhas coxas subindo ate chegar em minha calcinha.
Quando sentir a sua mão por cima da calcinha paralisei, mas não reclamei e deixei ele continuar. Sua mão começou a me massagear
por cima do tecido, fazendo eu largar de vez as bonecas. Ao mesmo tempo que ele me tocava la em baixo pode sentir sentir algo duro
em seu colo, então me ajeitei, mas acabou fazendo ficar mais duro.
M:”Ei bebe vamos brincar de cavalinho.”
Eu concordei na hora porque eu adorava bricar de cavalinho. Entao ele me ajeitou em seu colo fazendo eu encaixar melhor em cima do seu pau.
Comecei a "cavalgar" com o seu auxilio, mas comecei a perceber que estava diferente das outras vezes. Estava mais inteso e eu sintia alguma coisa
estranha comigo, principalmente no pe da barriga. Marcos parou e me tirou do colo, se levantou e começou a tirar a roupa e ficando so de
cueca. Era perceptível o volume em sua cueca o que trouxe muita curiosidae para mim por que eu nunca tinha visto um penis e nem imaginava o que seria
Ele sentou na minha cama e me chamou para ficar na sua frente, beijou minha testa e logo em seguda minha boca. Aquele foi o
meu primeiro beijo e estava sentindo muita emoção pois estava me sentindo muito adulta kkkkkkkk. Enquanto ele me beijava foi abaixando minha calcinha.
Subir na cama e deitei, Marcos então começou a passar as mão por todo o meu corpo, explorando cada parte.
Começou a beijar minha barriguinha e foi descendo ate chegarna na minha bucetinha onde lembeu e chupou. O que eu sentir na quele momento é inexplicável
eu so queria que ele não parasse, mas ele parou, ja ia protestar e pedir por mais. So que quando vi ele estava tirando a cueca e revelando o seu penis
o que me paralisou, por que era a primeira ves vendo um pau, que era muito grosso. Marcos abriu minhas pernas e ficou no meio delas, pegou seu pau
e começou a passar ele em cima no pe da minha barriga.
M:”Aaah! Minha princesinha ta tão linda agora fezendo o titio feliz”
Ao escutar a suas palavras fiquei orgulhosa de mim por estva fazendo algum que fazia o Marcos feliz. Então ele começou a percorrer a cabeça do penis
na minha buceta, mas quando ele estava introduzindo a cabeça dentro de mim eu sintir muito encomando e pedir para ele parar.
M:”Desculpa bebe. Doeu ne ?”
G:”Sim e eu não gostei preferia que você voltasse a me lamber”
M:” kkkkkk Então a minha bebe gotou de ser chupada!”
G:” Sim!!É muito gostoso"
M:” Ta eu posso voltar a te chupar, mas se me prometer duas coisas”
G:”Ok”
M:” Primeiro que você nunca vai poder falar isso para ninguem ta. Segundo ter q beber o leitinho do titio antes”
G:”Ta eu prometo, mas o que é leitinho do titio?”
M:”Você tem que chupar o pau do titio igual a um pirulita ate sair um leitinho então beber”
Ele colocou o penis dele na frente da minha cara e eu comecei a chupar como se fosse um pirulito. Estava toda desajeitada tento chupar o seu pau pois não
estava sendo facil pois minha boca era muito pequena para o um penis muito grosso, mas fiz o melhor que eu pude. Então finalmete saio o "leitinho", quando sentir
o gosto achei muito esquisito e esperava algum bem docinho.
M:”Que linda você ta com essa porra na sua cara. Agora deita para o titio te lamber”
Foi deitar muito animada pois tinha amado a lingua dele em mim. Ele me chupou ate eu cair no sono. Quando acordei ja estava anoitessendo e a festa ja tinha terminado.
Meu pai estava do meu lado me acordando e percebi que eu estva de novo com a calcinha.
P:”Soube que o tio Marcos te fez companinha. Se dirvetiram?”
G:”Sim muito”
Na hora lembrei da promessa que fiz e mantive em segredo. Fiquei o resto do dia pensando no Marcos e da nossa aventura mais cedo. Estava muito ansiosa para ver ele
novamente o que aconteceu so na noite de sexta. Depois desse dia nossa relação não foi mais a mesma.

Então gente foi isso espero que tenham gostado e que perdoem os meus erros kkkkkkkkk. Quem quiser começar uma amizade comigo estou aberta para a gente conversar abertamente
sobre qualquer assusto. Vou deixar meus contados nos comentarios.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,71 de 28 votos)
Loading...