Marido da amiga da esposa…

Autor

O tempo foi passando e terminei o curso superior sempre enrustido,me casei com uma bela morena, e logo tivemos filhos e a vida corria com muito trabalho e não tinha tempo para se deixa levar e viver novos tempos.
Estava viajando a trabalho quando minha esposa me ligou dizendo que nossos filhos iriam a um acampamento no fim de semana e que uma amiga de longo tempo Regina nos convidou para passarmos o fim de semana na chacara e ela queria ir e sem poder dizer nada concordei.
Cheguei na sexta a tarde e minha esposa toda pronta e toda depilada e com vontade de ser feliz e saindo do banho estava deitada de pernas abertas com sua linda xoxota a minha espera e a deixei doida e ela dizia que queria viver momentos novos e ser feliz.
Deitados na cama ela foi me dizendo que sua amiga Regina era muito bonita e que tinha um corpo no ponto e sorrindo disse que seu marido Otavio era um garanhão e que tinha uma senhora rola e sorrindo me perguntou se topava se rolasse um momento deixaria ela realizar seu sonho—ter um garanhão a comendo sem reservas e sorrindo concordei.
Logo cedo fomos direto a chacara e nos receberam de uma maneira gostosa e fomos direto ao quarto e colocamos roupa de banho e fomos a piscina,e quando vi a Regina fiquei motivado,bela femea,uma bunda linda,e minha esposa usando um biquine novo que realçava suas formas e quando o Otavio chegou pude ver seu volume doido para sair da sunga e entramos na piscina e fomos conversando e logo nos enturmamos.
Logo percebi que elas tinham combinado e o Otavio foi abraçando minha esposa e a Regina veio se encostando e logo estavamos nos beijando e ao lado minha esposa se deixava levar e ele estava mamando seus seios,e ela toda entregue e sairam da piscina e a colocou sobre uma poltrona e logo estava nua e ele saboreando com sua boca sua xoxota e ela entregue,logo ele se colocou ao lado e tirou a sunga,e senti meu cu piscar e meu desejo de rola aflorou,mas sai com Regina e a coloquei em outra poltrona e fui mamar sua xoxota e logo de 4 comia ela por tras e ela vibrava e ao lado minha esposa de 4 recebia a rola linda,grossa na sua xoxota e ele socava com vontade e o mesmo fazia com a Regina e chegamos ao gozo.
Fomos os quatro nus para dentro da casa e entramos no banheiro e nos vimos nos acariciando e logo estava encochando a Regina e o Otavio socava a xoxota da minha esposa,e que sensação gostosa de ver nossa esposa vibrando e sendo comida sem reservas.
Fomos para o quarto e logo estava acariciando o corpo da Regina,mamando seus seios,e logo a coloquei de 4 e fui de boca no seu cu e com a lingua a deixando doida e ao lado minha esposa de 4 sendo acariciada e logo a linda rola se colocou a porta do seu cu e ele foi pressionando e aos poucos foi adentrando e ele metia sem do e minha esposa vibrava toda feliz e neste momento socava o cu da Regina e ela dizia que gostoso dar o cu e logo chegamos ao climax e a enchemos de porra.
Resolvemos descansar um pouco e logo as meninas pegaram no sono e sai com Otavio e fomos a uma sala no fundo da casa e ele foi me dizendo que tinha sentido que tinha ficado tentado com a sua rola e foi passando a mão na minha bunda e logo estava nu e ele me pos de 4 e veio com seu dedo e foi entrando e me vi rebolando e ele foi me dizendo senti que vc era enrustido,e quando senti a rola a porta fui com minhas mãos abrindo as minhas nadegas e ele mirou sua rola e foi com tudo enfiando e me fazendo urrar de tesão e foi me comendo com vontade e me deixando a sua merce e foi dizendo este cu é meu,amo comer um viado pois voces não reclamam e adoram ser submissos e me comia com gosto e logo me enchia de porra.
Fomos para a sala e logo as meninas acordaram e fomos comer algo e ficamos nos acariciando e logo a minha esposa foi mamar a rola do Otavio e a Regina veio mamar a minha e logo a coloquei de frente e ergui suas pernas e com a xoxota exposta fui comendo com vontade e a minha esposa sendo comida pelo Otavio.
N a madrugada fui ao banheiro e encontrei o Otavio que foi me levando para a sala e me fez ficar apoiado na ponta do sofa e veio me comendo suave e me vi adorando e logo foi acelerando e me fez curtir uma bela foda.
No outro dia voltamos para casa e minha esposa me agradeceu por ter deixado ela viver esta experiencia e se poderia viver outros momentos destes e sorrindo disse vamos ver minha amada

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 9 votos)
Loading...