Férias da fissura

Olá podem me chamar de Ronaldo, tenho 1.76, moreno claro, corpo proporcional a minha altura, hoje com 24 anos, tenho uma irmã chamada Rosane, hoje com 23 anos, lourinha, cabelos encaracolados, altura, 1,58, corpo de ninfeta, tudo dentro da normalidade nada excepcional, desde os meus 20 anos, comecei a trabalhar noutra cidade, trabalhava com comercio exterior, fiquei fora de casa até os 23 anos, voltei para apenas para passar férias temos uma casa de praia em Monte Gordo, litoral baiano, pois minha cidade é Salvador, então Rosane queria festejar o niver dela na sexta e no sábado na casa de praia só que nossos pais faria uma festa na sexta feira um churrasco pela manhã quando chegássemos a noite mesmo, eles iriam festejar na casa de praia com bolo uma coisa mais social e no sábado pela manha eles retornariam para Salvador a trabalho e eu e Rosane ficaríamos na casa de praia com alguns poucos amigos, muito poucos mesmo, bom, eu nunca tive nenhuma maldade nunca pensei em besteira, algumas pessoas amigas da família de cidade de Arembepe, bom eu não marquei nada e não organizei nada tudo ficou a cargo de Rosane que há muito tempo eu não a via a não ser por por Skype e vídeo whatsapp, assim que eu cheguei na quarta-feira fui recepcionado por Rosane, bom ela por sinal estava linda brincalhona como sempre, sorridente, vestia um short jeans curto, uma blusinha, uma tiara prendendo os cabelos encaracoladinhos, quando desembarquei já na área de recepção de desembarque na quinta feira a tarde, ela me viu fez uma festa me abraçou e no caminho dentro do carro, ela disse que ganhou o tal carro de presente, conversa vai e vem pegamos um engarrafamento fazia muito calor mais logo estávamos em casa, quando chegamos em casa, cumprimentei todos nossos pais ainda não tinham chegado do escritório, fui tomar banho e Rosane ficou no quarto dela, finalizei meu banho entrei no meu quarto, percebi que ela entrou no banheiro não liguei então peguei meu note e comecei a acessar minhas redes sociais meu celular tinha descarregado, eu estava ainda de toalha, então deixei o notebook carregando e entrei na cozinha para beber agua, nisso Rosane saiu do banho não me viu e entrou no quarto dela, ouço o celular dela tocar, e ouvir meu nome achei que ela estava me chamando, era ela comentando de mim para a amiga e quando eu chego próximo da porta do quarto dela vejo Rosane falando ao celular, já nua ela segurando um pote de creme não sei o que me deu que naquela hora meu pau ficou tão duro que alí comecei a acaricia-lo, ela de costas passando creme, colocou o celular no viva voz quando o pote caiu no chão e ela teve que se abaixar para pegar e limpar o chão ela fez isso de costas para mim e com a toalha limpando o chão com aquele rabo empinado para cima estufando uma racha de buceta foi nesse momento que eu deixei escapar uma frase “delícia”, foi na hora que Rosane olha para traz e me pegou com o pau na mão, Rosane esbravejou me chamando de tarado, que não podia ser, o que eu estava pensando, cara eu fiquei com tanto medo que pedir calma, ela esbravejando e antes de bater a porta do quarto na minha cara, disse “vai bater sua punheta no seu quarto, tá maluco! Não sou nenhuma puta para você me olhar e ficar me querendo vou contar o que você ta fazendo!!! Que foda é essa rei,”.
Bateu a porta enquanto eu saia dali com tanto medo, fiquei lá até umas 19 horas quando nossos pais chegaram sai e eles fizeram festa, Rosane entrou na onda, me abraçou e num determinado momento ela olhou para mim e disse, “chegamos cedo, tomamos banho e o Rony estava me mostrando algumas loucuras dele, conta a eles Rony.. “ fiquei sem graça, nossos pais indagaram mais desconversei, e quando eles foram tomar banho, Rosane olha para mim e disse “ E AÍ, TERMINOU AQUILO? PENDOU EM QUEM? FALA A VERDADE SE NÃO VOU CONTAR TUDO RONY VAI SER BEM PIOR”.
Então eu confirmei que foi mais forte que e acabei fazendo besteira, foi quando ela disse: “BESTEIRA !!!!!! BATER PUNHETA PRA MIM É BESTEIRA? FALA LOGO ASSUME E AMEAÇOU…

Então eu falei mesmo que ví achei aquilo um tezão e fiz bati uma punheta mesmo, ela me mandou carregar o celular e aguardar algo e que eu estava por um tris e ameaçou nem ir a festa.

Passamos umas horas na sala em família tomamos café, então fui para meu quarto, quando foi umas 23 horas recebo mensagens no whatsapp ela me disse um monte de desaforo que estava desapontada por que eu trair a confiança dela, e estava pensando em contar eu pedir que não e não se repetiria, aquilo não saia da minha cabeça e falei que foi no automático mais não faria mais. Então ela me perguntou como ela confiaria em mim dali por diante e como ficaríamos na casa de praia depois dos amigos irem embora???
Falei que não cometeria o mesmo erro e ela disse que era bem complicado e me perguntou se eu havia terminado ou não o que eu havia iniciado mesmo expulso da porta do quarto? Avisei que não continuei porque o medo falou mais alto.
Então ela perguntou se eu estava namorando e completou “me desejar além de ser pecado, mostra que eu estava na seca” na verdade eu não estava na seca, então bati a real para ela, apesar de você ser minha irmã você estava totalmente nua, de quatro e não vou mentir com uma raba como esta e uma buceta desta eu duvido qualquer outro não ter feito o mesmo ou pior, quando ela disse “outro não aguentaria e me comeria ????? e aí??? Os resultados disse???” fiquei mudo e disse que iria dormir.

Pela manhã acordamos cedo todos tomamos café juntos pegamos as coisas e todos fomos para Monte Gordo, chegando em Louro encontramos no caminho 2 dos amigos e em Arembepe o restante família e amigos.
Quando chegamos logo foi providenciado um churrasco enquanto nossa mae preparava a festa social, Rosane vestiu um biquini, amigos e amigas, parentes todos reunidos, eu via Rosane com um biquini lindo, ela me olhava e num dado momento, ela pega o celular e manda uma mensagem para mim, “Não pense que esquecí, não precisa você ficar recuado”.
Fui para a piscina ela também logo veio minha prima e conversamos e eu nem ouvia nada do que ela dizia, minha mente só via aquela raba proibida, comemos churrasco, a tarde caiu e a noite chegou e alguns vizinhos chegaram para a festinha social coisa pequena, muitos presentes, inclusive o meu que eu tinha trazido da cidade em que eu estava.
As 22 horas batemos os parabéns, a maioria ficaram na piscina mesmo depois de algumas horas até porque a água estava ótima, ficamos nessa até as 4 da manhã, as 10 nossos pais estavam prontos como os demais nossos pais por compromisso os demais por situações aos quais eu nem queria saber eu sequer dei tanta atenção fui tão mecânico que com certeza fui questionado pelos nossos pais.
As 13 horas estávamos sós estava eu na piscina, portão trancado, ainda tinha carne para churrasco, coloquei um pedaços de filé para queimar e ficamos conversando na beira da piscina, nisso ela liga para nossos pais e pergunta se a viagem estava bem e tc.. ao deligar ela diz: Bom ligar né, vai que eles voltam e te pega betendo punheta me vendo tomar banho na piscina”
Levantou e saiu caiu na piscina e ficou nadando pegou uma cama boia e deitou e eu ali olhando aquela mulher de 1.58 de altura com uma buceta pequena aparentando ser poucos pelos na testa, eu imaginei que ela estava de onda com minha cara, ela estava de óculos escuro deitada, de repente ela se joga na agua sai do outro lado deita na borda da piscina com as pernas dobrada dentro da água pernas meia aberta, eu cair na agua e lá fiquei comecei a me masturbar então eu fui até ela agarrei os joelhos dela e coloquei minha cabeça no meio das pernas dela no susto ela gritou e antes dela sair eu puxei o biquini para o lado e afundei a língua na buceta de pelos tão ralos que dava para ver 3 sinais de nascença Rosane gritava quando ela me empurrou ela levantou e eu dentro da piscina, ela apontou para mim e começou a falar alto, “tá pensando o que!!!! Tá louco novamente !!!! saiu para pegar o celular eu sair da piscina e agarrei ela pela cintura e peguei o celular dela, ela falava alto eu pedindo para ela ter calma, puxei ela para a sala, dentro de casa e empurrei ela no sofá, quando ela me olha e diz, VAI FAZER O QUE ME COMER?????
Olhei para ela e disse que sim que eu estava louco para isso ela saiu correndo e entrou no quarto, bateu a parta e eu lá batendo na porta, nessa altura eu não ligava para nada, eu estava tão louco que eu disse que eu iria gozar na porta do quarto dela.
Foi quando ela abriu a porta e me disse que se eu me ousasse ela iria contar para todos, ela afastada falando comigo e o biquini ainda de lado mostrando a bela buceta ela então batendo na buceta disse “ AQUI VOCE NÃO METE, NÃO COME, SOMO IRMÃOS SEU LOUCO, ONDE JÁ SE VIU COMER A BUCETA DA IRMÃ!!!.

BATEU A PORTA DE SE TRANCOU, BOM, FICAMOS ATÉ A SEGUNDA PELA MANHÃ, E ATÉ HOJE NAO TOCAMOS NO ASSUNTO.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,75 de 8 votos)
Loading...