A 1º e a 2º vez que ele me pegou

Autor

Ola vou me chamar de Bruno. queria conta pra vocês como foi minha primeira vez.
Onde eu morava era um quintal com 3 casas tinha a casa da frente a minha era a do meio e tinha a casa do fundo.
Todas eles ligadas por um corredor que vinha da rua ate o final do terreno. Morávamos só eu e minha mãe, Ela trabalhava e eu só ia na escola na parte da manhã,eu era novo devia ter uns 11 pra 12 anos.Na casa dos fundos morava uma família que veio do norte era o Pai a Mãe e um Rapaz de uns 17 anos vou chama-lo de Nil.
Os pais trabalhavam e ele ficava em casa o dia todo.
Não tinha muito contato com ele ,então certo dia ele me chamou pra ver filme como eu ficava sozinho acabei indo
Fui pq não imaginava o que ia acontecer ,então quando cheguei la o filme estava no final mas vi o suficiente pra ficar excitado,
ele viu .e foi ai que ele começou .assim que o filme acabou ele disse tem outro ai coloca pra gente ver.
Quando fui colocar ele veio por traz de min e me agarrou tapou minha boca e disse hoje essa bundinha vai ser minha.
Fiquei apavorado, não sabia nada de sexo.
Ele me levou pro quarto e disse não adianta gritar estamos sós, nisso já esfregava o pau em min.
Ele me jogou na cama fiquei olhando pra ele, tirou a roupa e vi seu pau estava muito duro
Ai me falou que se eu desse uma chupadinha nele me deixava ir embora, na verdade só pensava em sair de la
e não queria chupar ele, não dava pra correr pois ele estava entre a porta e eu.
Ai ele chegou perto e disse ,então da uma pegadinha.
Falei pra ele se eu pegar você deixa eu ir embora, ele disse que sim.
Assim que segurei ele colocou a mão dele por cima e começou a mexer num vai e vem interminável muita .
Seu pau foi ficando muito duro.
Eu estava mais tranquilo achando que ia embora.
Mas de repente ele ficou louco, me pegou pelos cabelos e disse se vc morder te mato e enfiou o pau na minha boca.
Pois só a metade deu duas bombadas ai enfiou o resto ate o talo,não sei se era grande pra min parecia enorme.
Me engasguei e ele ficou muito irritado.
Quando me viu chorando disse deixa de ser mole.
Vou te dar um motivo pra chorar,
ele me virou de bruços arrancou meu shorts abriu bem a minha bunda e deu uma linguada no meu cú,
não sabia o que fazer, deu uma cuspida e meteu o pau em min sem dó entrou com toda força, parecia que ia me dividir no meio gritei muito cheguei a me mijar e minhas pernas ficarão bambas, por um breve momento minha visão ficou escura acho que foi pela força que fiz para impedir ele de me penetrar.
Ai ele disse no meu ouvido para de gritar pq meu pau já é dono desse cúzinho.
Vou te comer todo dia, e começou a bombar em min.
Sei la de repente eu comecei a ficar de pau duro.
Ai senti algo quente dentro do meu cu pensei que ele tinha mijado em min mas na verdade ele gozou dentro.
Ele veio ate o meu ouvido e disse agora vc é o meu putinho,e tirou o pau de uma vez nisso senti uma coisa muito estranha parecia que tinha gozado tambem,
não sei se gozei mas foi como se tivesse gozado.
Então ele me mostrou seu pau sujo da sangue como se fosse um troféu,e disse pode ir embora porque seu cabaço ficou comigo,
e ainda completou amanhã tem mais.
Sai correndo pra casa e me tranquei la, esperando Minha mãe chegar.
Aproveitei pra tomar um banho, saiu muita porra com sangue do meu cu e parecia que minha mão caberia dentro dele.
Minha mãe chegou mas não tive coragem de contar pra ela.
No outro dia fui cedo pra escola mas estava apavorado com o que ele tinha me falado (amanhã tem mais ).
Essa frase me atormentou a manhã toda.
Quando acabou a aula fui pra casa com a intenção de entrar no quinta na surdina sem ser percebido.
Mas para meu alivio quando chego na porta de casa ,vejo um caminhão de mudança,os vizinhos da casa da frente
estavam se mudando e com o movimento no quintal me senti seguro para entrar em casa.
Assim que entrei tranquei a porta e fiquei quieto dentro de casa parecia um fugitivo, só olhando o movimento pela fresta da janela,
e nem sinal do Nil.
Mais tarde minha mãe chega e ate me pergunta o que você ta fazendo ai trancado .
Falei que cheguei cansado da escola.
Bom já tinha escapado mais um dia do Nil.
No dia seguinte entro em casa rápido como um foguete, e escapo mais uma vez do NIL.
Naquele dia por volta das 15hs vejo o NIL passando em frente de cassa sentido a rua, fiquei olhado pra ver se ele retornava
mas não o vi mais, fiquei um pouco tranquilo.
Por volta das 16hs ouço alguém chamando no portão, era o seu Jose que entregava a água,a essa altura estava me sentindo tão seguro que fui ate o portão para pegar o galão de água.
Peguei o galão paguei o seu Jose olhei para os lados , nem sinal do NIL.
Voltei pra casa com o galão ,entro na cozinha e ao colocar o galão na mesa sinto um vulto e uma sombra atrás de min.devo ter ficado branco paralisei na hora,
só escutei a porta bater e a chave virar e já me relembrava de tudo que tinha acontecido.
Sito o cheiro dele ,de repente ele fala no meu ouvido,(Não falei que ia ter mais Putinho).
Nisso ele já me agarra leva pro quarto me joga na cama e diz .Você já sabe como vai ser, então sem frescura.
Eu não falava nada, pois tinha muito medo dele e pra agravar a situação ele estava dentro de casa no meu quarto ,e eu não tinha pra onde fugir.
Ele se aproximou já baixando o seu shorts e mostrando o pau que parecia ainda maior do que da ultima vez,eu fui recuando ate encostar na cabeceira da cama, ele subiu na cama com aquela cara de quem ia se dar bem e veio de joelhos em minha direção pegou nos meus cabelos com uma mão puxou bem forte pra traz e quando eu fui falar ai ele enfiou seu cacete na minha garganta de uma vez me engasguei ele tirou por 2 segundos e enfiou de novo mais fundo ainda.
Nisso ele falava, mele bem meu cacete seu putinho ele enfiava o pau na minha garganta como se fosse chegar no meu cú.
Isso durou por uns 3 minutos. De repente ele tira seu pau todo babado da minha boca desce da cama ,me puxa pelos pés me vira de bruços,Arranca meu shorts , abri minha bunda ,me da aquela linguada no cú e enfia seu pau todo babado da minha saliva no meu cú.Devo ter apagado por um tempo pois quando acordei ele estava bombando em min com toda sua força e dizendo vou te rachar no meio meu putinho. Apesar de esta sentindo uma certa dor eu comecei a gostar da sensação do pinto dele entrando e saindo do meu cú . meu pintinho começou a ficar duro, e ele vendo isso disse meu putinho ta começando a gostar do pau do macho dele, e foi aumentando o ritmo das estocadas e me levando a loucura. ele começou a bater uma punheta no meu pintinho enquanto bombava igual a um louco no meu cú, e dizia no meu ouvido goza putinho que seu macho vai encher seu cú de porra.
E ouvindo isso com um pau enorme no cú tive meu primeiro orgasmo.
E logo em seguida ele me encheu o cú de porra, tirou o pau do meu cú me fez chupar ate limpar tudo.
Então me soltou e disse não adianta fugir uma hora te pego e quando te pegar vai ser pior, agora que sei que você gosta e melhor você aceitar que doí menos Putinho.
E ele tinha razão por um momento eu esqueci de tudo e gozei como nunca poderia imaginar.
Dei pra ele mais 5 vezes , mas são outra estorias que contarei em outros contos
Se gostarão deixe seu comentário

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,69 de 26 votos)
Loading...