Virei amente do patrão (perdendo a virgindade)

Autor

Ola caros leitores e a minha primeira vez a escrever um conto por aqui, confesso que sou viciada a ler, tenho muitas historias apesar de pouca idade, se voces gostarem comente ai em baixo que darei continuidade contando outras experiencias.
Me chamo Luiza Tenho 23 anos, 1.65 morena clarinha cabelos preto liso e longo rostinho de boneca seios e bumbum medio.
A historia que irei contar e de como virei amante do meu patrão e engravidei bom entao vamos la…
Tudo aconteceu quando eu tinha meus 15 anos sou de uma cidade do interior de minas de uma familia muito humilde onde sou a filha mais velha de 5 irmãos no qual sou a mais velha meus pai e agricultor e minha mãe trabalha lavando roupas pra fora e nossa cituaçao numca foi uma das melhores sempre faltava tudo e o patrão do meu pai (Dono de uma fazenda) Tinha um irmão que morava na capital e sua esposa tinha ganhado bebe e ja tinha 1 e precisava de alguem pra cuidar dos bebes e da casa pois o mesmo era comerciante e os dois sempre passavam maior parte do tempo no comercio,e queria alguem do interior pra morar com eles ou seja (uma escrava) (Serviço barato) e na hora ele me indicou apesar de ter 15 anos sempre fui esforçada e trabalhadora.
Era fim de ano e eles vinheram passar no interior na hora meus pais ficaram felizes afinal eu ia poder os ajudar, nao fiquei muito contente pois numca tinha saido de casa sempre fui do interior sem experiencia nenhuma mesmo assim obdeci meus pais e fui a fazenda pra eles me conhecer.
Seu pedro era um homem de 35 anos, cor Negra de aproximadamente 1.80 ou mais e forte bem forte. e mariana sua esposa deveria ter 1.60 cor branca, 45 anos. quando eu cheguei la percebi que ele me olhou diferente pois me olhou da cabeça aos pes com um olhar bem safado fiquei meio timida. Ja a mariana era o tipinho toda fresca e ainda estava um pouco inchada devido que tinha ganhado o bb a pouco tempo ela me explicou o serviço que queria alguem responsavel pra cuidar do Pietro de 5 anos e do marlon de 1 mes e que tanbem tinha que cuidar da arrumaçao da casa e da comida das crianças ai seu pedro me disse que eu nao iria me arrepender que eu poderia continuar estudando a noite e que me pagaria 300 reais e objetos de igiene e roupas tanbem e que mandaria pra meus pais 200 todo mes ( se aproveitando por eu ser do interior e nao entender) na hora meu pai aceitou e no outro dia ele foi me deixa na fazenda e viajamos cedinho de carro, toda noite seu pedro ia me pegar e me deixar na escola e sempre ele alisava a minhas pernas com aquelas maos grandes alisava meu rosto. Sempre quando era 11 horas do dia ele vinha em casa tomar banho. Nessa hora so ficava eu eo marllon em casa ele saia do banheiro so de cueca propósital e eu observava o volume da cueca e pensava que negocio grande. Ate que um dia proposital ele me chamou la no banheiro gritando luiza tras a toalha que eu esqueci, fui e levei chegando na porta quando eu chamei pra ele pegar ele disse entre e coloque aqui dentro. Meia constrangida quando eu entrei ele estava pelado na hora fiquei paralisada com a cena, que homem gostoso( nao foi o primeiro penis que vi) mais era enorme e bem grosso eu nao conseguia despaçar. Ele disse vem ca luiza tou precisando da sua ajuda lava minha pica pra mim. Fiquei parada ele foi ate mim e disse vem e grande mais nao morde e pegou na minha mao e eu comecei a punhetalo que delicia ja fiquei molhadinha ai ele me perguntou se eu ja tinha visto uma antes e eu balancei a cabeça que nao. Na hora o marllon começou a chorar ai ele disse pega ele e me espere no meu quarto. Obdeci peguei ele e fui pro quarto do seu pedro ate que em estantes ele chega pelado com aquela rola enorme e me diz o marlon ja mamou lu? Eu respondi que sim que ele tinha acabado de comer e ele com um sorrisinho safado diz pois agora e sua vez e me manda colocar ele no chiqueirinho ele se senta na cama e manda eu fica de joelhos e colocar na boca eu ja estava super excitads com aquela cena e fui ( que rola gostosa tava cheirosinha como eu mamei gostoso nao queria parar mais) ele segurou pra cima e colocou e disse pra chupar e babar nas bolas que jaja ia me da leitinho. E assim fiz ai ele Ficou em pe e começou a forçar na minha boca pra eu engolir toda dizendo que era pra engolir a pica inteira, gente ia bater na garganta ele ficava o tempo todo engulhando era grande demais ate que ele me disse assim agora vai sair leitinho bebe todinho e nao disperdice nada e gozou na minha boca engoli a metade mesmo com ancia de vomito por numca ter engolido mais fiz como ele me pediu, e a outra parte acabou indo no meu rosto, e ele com os dedos ia limpando meu meu rosto e colocando na minha boca pra engolir e ele dizendo assim que eu gosto nada de disperdicio engoli tudinho lu e bom pra saude, E depois ele disse que ia tomar banho pra pegar o pietro na escola e que a noite quando fosse me deixar a festa continuaria….
Passei o resto da tarde lembrando daquela cena nao saia do meu pensamento que rola gostosa como foi gostoso mamar a pica do meu patrao nem me importei com dona mariana.
5.30 eles chegaram junto e ela me liberou pra me ajeitar que seu pedro ia me deixa na escola.
E assim aconteceu ele deu uma desculpa pra chata da mariana ( gente que mulher insuportavel merece o chifre que leva) e no caminho seu pedro conversando comigo me dizendo que tava se apaixonando por mim que casou com a mariana pq ela acabou ficando gravida e o sonho dele sempre foi ser pai e que numca a amou de verdade e que ela deixava muito a desejar na cama e pelo fato dela ser mais velha que ele e nao se ajeitar estava esfriando o relacionamento mais que pelas crianças nao a deixava e nisso ele disse Lu vc e muito linda e falando e alisando minhas pernas e a mao foi subindo ate chegar na minha bucetinha que era virgem ate então, e ele perguntou lu vc ja transou com alguem e eu disse que nao ele disse entao vc ainda tem 1 hora pra começar a aula vou te levar a um lugar mais reservado pra vc amansar a fera, gente confesso que na hora não entendi bem. E seu pedro me levou a uma rua bem esquisita e de pouca iluminaçao que avia apenas construçoes e poucas casas e me mandou sair pra fora, e sai meio sem entender e ele ja foi abrindo o ziper e colocando aquela rola preta grossa pra fora e me beijou na boca que beijo gostoso confesso que eu estava começando me apaixonar por ele estava ali amando beijando e ainda mais semtindo aquela rola grande encostar em mim ai ele me pediu pra punhetalo e depois passar a linguinha na cabecinha da rola dele e tudo que ele me pedia eu fazia fui chupamdo aquela rola grossa na rua vemdo a hora alguem passar e ver o tezao era tanto que nem eu nem ele nus importamos, e do nada ia passando um homem de bicicleta ai disfarçamos ele me abraçou pra enconder a rola que tava pra fora, depois que o cara passou ele foi descendo a mao e desabotoou minha calça e começou a alisar minha buceta e a dedilhar e ele disse entra no carro e quando entramos ele ajustou o banco do carro e mandou eu tirar a roupa e assim eu fiz ele chupou meus peitos com uma vontade e com tanta força que um deles ficou com uma manchinha rocha e ele apertava meu bumbum e dedilhando minha vagina ate que com o dedo ele forçou um pouco e eu me esquivei pela dor que senti ele olhou pra mim e disse relaxa que quem vai comer essa buceta e minha pica nao e o dedo nao e nessa hora fiquei parada e ele metendo o dedo e eu sentindo uma dor misturada com prazer ate que depois fomos pra o banco de tras nos dois ja sem roupa ele sentado mandoume sentar sobre ele e pra encaixar a rola dele na minha buceta eu lhe perguntei pela camisinha e ele disse ( camisinha fica pra os macho que te comer fora apartir de hoje vou meter rola nessa buceta sem nada mais sem nada so pode comigo) confesso que ate tentei sentar em cima mais era tao grande que devido a dor eu nao consegui colocar pra dentro ai ele me deitou e foi chupando minha bucentinha e eu toda molhsdinha e ficou sobre mim e ele foi forçando aos poucos e eu super desconfortavel sem dizer nada pra ele nao brigar ele foi forçando ate que entrou a cabeça da rola e depois mais um pouco e acabou que o banco melou um pouco de sangue e ele meteu tudo lembro-me que na hora saio algumas lagrimas de meus olhos de tanta dor mais aguentei sem reclamar o safado tirou minha virgindade de primeira e gozou dentro na hora fiquei em choque e reclamei pq ele gozou dentro que eu poderia ficar gravida que aquilo nao era correto. E ele apenas sorriu e disse quem decide como tem que ser sou eu veste a roupa que ja ta na hora super arrogante nem parecia aquele pedro antes de me comer tinha mudado completamente,vestimos a roupa e ele seguio pra me deixa na escola. Ele continuou de pau duro e deixando o ziper aberto com a rola pra fora mandou eu ir mamando ate la e assim fiz fui chupando ate que chegando ele pegou a tampa da mamadeira do marlon que tava no caro e gozou dentro e falou que era pra mim beber tudo pra ir estudar alimentada e obdeci tomei tudinho e seu pedro ainda me fez passar a lingua na tampa pra limpar e ainda me mandou guardar a rola dele pra dentro da cueca que se desse de madrugada ia la pra mim mamar na pica de novo gente acho que aquele homem estava sem sexo a muito tempo pra esta com aquele fogo todo ( CONTINUA…)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,06 de 32 votos)
Loading...