#

Primo tirou minhas preguinhas

545 palavras | 5 |3.97
Por

O meu primo Paulo, um safado mais velho 10 anos do que eu que tenho 13, tirou-me as preguinhas do rabo, tudo aconteceu quando me levou para o quarto dele, mostrou-me uma revista porno de sexo anal.
Não sei como deixei nem como fiz, mas pouco depois estava nú deitado de rabo para cima e ele acariciando as minhas nádegas.
Ele disse que eu agora não era mais menino, a minha bunda se parecia com a de menina era gordinha e redonda.
As mãos deslizavam pelas minhas costas e paravam nas nádegas, abria-as e fechava-as a sensação era gostosa.
Quando me disse que ia tirar o meu selinho tentei resistir e falei que ia doer porque a vara dele era grande e tinha uma cabeça grande e grossa, mas ele conseguiu me convencer que não ia doer e pegou a minha mão e pôs no caralho duro, eera maior que a minha mão. Por um momento gostei de sentir aquele cacete duro e quente e deu vontade de começar a mamar mas ele falou que ia passar um óleo que a mãe dele tinha e que não ia doer quase nada porque ia escorregar.
Ele pegou o óleo e começou a passar na vara e no meu reguinho, quando encostou a cabeça na minha bunda senti um arrepio, ele parou de roçar a vara e enfiou um dedo bem devagar. Minha reação foi automática e travei o cuzinho ele pediu para relaxar e ficou com o dedo la dentro um pouco até que o meu cuzinho relaxou e começou a ficar macio, empinei a bunda e pedi que fosse devagar. o dedo dele lubrificou mais um pouco e encostou de novo a cabeça da vara, forçou pouco e senti entrar, doeu, e gemi , ele tirou e falou que ia fazer de novo mas eu tinha de relaxar, e ele ficou metendo e tirando a cabeça bem devagar, mas a cada vez ele enfiava um pouco mais.
A dor passou e o caralho dele ia entrando cada vez mais e eu começava a gemer de prazer ao sentir aquilo entrando na minha bunda, quando tinha entrado todo ele falou : Peça para foder seu cuzinho
Eu gemia e dava gritinhos, não resisti e pedi : Vai coloca, mete, enfia….
Ele segurou-me a cintura e forçou a entrada empurrando o caralho , só parando quando estava todo atolado no meu cu.
Eu mal acreditei que aquele cacete enorme, entrava e saia do meu cuzinho num ritmo alucinante, e eu gemendo, gritando e chorando a cada estocada meu corpo balançava violentamente para a frente. Ele não aguentando mais de tesao comecou a gemer alto e a foder-me o cuzinho com mais violência e força; ele foi acelerando, acelerando, e eu gritando e gemendo, pedia pra socar tudo, ele continuoua a socar até que, aguentando mais gozou gemendo alto enchendo-me o cu de porra. Quando tirou o cacete do meu cuzinho senti que lentamente o buraco foi fechando.
Agora sempre que vou na casa dele, dou-lhe o cuzinho depois de lhe mamar bem gostoso na vara.
Ele chama-me putinha safada.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,97 de 37 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Daniel ID:2pduuceyzk

    Tu és português??

  • Responder passivo discreto de Recife ID:3vi1xba6v9k

    quero mmar gostoso a pica do Paulo e ser enrabado por ele [email protected]

  • Responder John Deere,Matador de Veados ID:5jyb7ueqzc0

    Pra um menino de 13 anos tu escreve muito bem em
    Pára de mentir veado,estou pelas ruas e posso cruzar com você!

    • enrabador de matador ID:2pduuch20b

      a tua mulher gosta de sentir vara no cu e tu ???

  • Responder allien ID:2pduuch20b

    um tesão de conto