Presa facil… comedor de viado

18-03-18 Por 2 ★ 1.93

Na minha adolescencia dos meus 13 anos tinha uma vida gostosa e nada tirava a vontade de viver e de curtir os amigos e a vida.
Nesta época tinha um corpo delineado e tinha uma bunda bem formada,inclusive tinha uns amigos que tinham a mania de me chamar de menina,pois ela era bonita e varias vezes me via no espelho no banheiro e concordava com eles.
Certo dia estava tomando banho quando vi uma calcinha minuscula da minha irma e a pegando a coloquei e me vi no espelho e achei bonito e minha bunda ficou linda e deste dia algo na minha mente me deixava curioso,e varias vezes vestia e aos poucos fui gostando de usar e resolvi ir com uma delas na aula do colegio.
Neste meio tempo conversando com meus amigos surgiu a conversa que o Otavio que tinha seus 16 anos,forte se gabava de ser comedor de viado e me vi estar sempre perto dele e certo dia vi ele conversando com o Jõao e logo entraram por um caminho escondido no mato e logo indo devagar vi ele acariciando seu corpo e de pronto seu short ser descido e uma linda rola dura foi entrando no seu cu e vi ele sendo enrabado e escutei a voz do Otavio dizendo mais um cu de viado na minha coleção e metia sem dó mas via no semblante do Jõao que ele curtia e algo tocou em mim pois me vi querendo estar no lugar dele e este despertar foi me consumindo e como poderia chamar a atenção do Otavio e antes de sair de casa fui e peguei uma calcinha rosa da minha irma e fui a escola e fiquei a espreita e quando o Otavio foi ao banheiro entrei e entrei em um reservado de frente e abaixei meu short e a calcinha ficou visivel e ouvi a voz do macho que gostosa,bunda linda ,sempre quis comer este cu e entrou no reservado e fechou a porta e me vi de joelhos apoiado no vaso com meu cu ansioso por ser iniciado a disposição e ele veio com tudo e foi enfiando e me sendo rasgado e meu cu foi aceitando sua rola e ele me comia com vontade dizendo sonhava em comer este cu viado,mais um para minha coleção e me sentia todo feliz e ter dado para o Otavio.
Dois dias depois ele me esperava na saida e me levou para o mato e me fez seu viado me comendo e me deixando com as pernas bambas de tanta rola

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,93 de 15 votos)

Por

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Anônimo

    Adoro um viado novinho
    [email protected]

  2. comentador

    q?