Papai e Filhinha 7

Autor

Olá, meu nome é Lilica e vou continuar o relato do conto Papai e Filhinha 6
Depois do que aconteceu eu realmente fiquei meia envergonhada, a noite papai chegou e como sempre agimos normalmente, conversamos… e nessa noite ele pediu pra fazer massagem nos pés dele. Ele realmente tava muito cansado nesses últimos dias. Depois de conversas, comidas e massagens fomos dormir, e nessa noite papai deixou todos dormir no quarto dele, levamos os colchão e fomos pro quarto dele.
Mais uma vez eu fiquei ansiosa pela rotina de papai me procurar de manha. E realmente aconteceu. De manha papai levantou, foi ao banheiro e mesmo com olhinhos fechados senti ele se aproximando. Eu so dormia de calcinha, sem blusa sem nada. Dessa vez ele se aproximou debruçou sobre mim e ficou me xeirando e dando beijinhos no rosto, orelha e no pescoço, ele tava todo carinhoso. Desceu um pouco e ficou chupando meu peitinho, nem tinha nascido nada, mas mesmo assim ficaram durinhos com os carinhos do papai, ele passava a língua e mordiscava, mesmo eu de olhos fechados o safado já sabia que eu tava acordada. Eu tava adorando aqueles carinhos, já tava toda arrepiadinha.
Depois desses carinhos então ele puxou e tirou minha calcinha me deixando peladinha. So que dessa vez ele não me pegou pela bunda e suspendeu, em vez disso ele apenas tocou na lateral da minha bunda como sinal pra eu me empinar. O Safado sabia q eu tava acordada e queria que eu me oferecesse pra ele rsrsrs. Então eu abri minhas perninhas, coloquei uma de cada lado do corpo dele e empinei minha bucetinha pra ele. Minha bucetinha não tinha nascido pelos ainda, era toda lizinha e rozinha. Ele pegou nas minhas coxas, puxou minhas perninhas mais pra cima, abriu mais um pouquinho e caiu de boca. Ao sentir a boca quente do meu pai meu corpo estremeceu todo, que delicia sentir aquela língua pincelando meu grelinho. Ele chupava minha buceta como se fosse a melhor comida do mundo. Como eu era pequenina, minha ppkinha cabia toda na boca dele, ele abocanhava dava uma sugada ela e ficava passando a língua. Isso tava me deixando louca de tzao. Ele tinha colocado minhas pernas no ombro dele e me segurava pela coxa. Quando eu vi já tinha trançado minhas pernas no pescoço dele. Ele realmente tava me fudendo com a língua. Não agüentei muito e comecei a gozar gostoso na boca do meu pai, nessa hora ele enfiou um dedo no meu cuzinho e pra minha surpresa ficou muito mais excitante, eu apertava a cara dele contra minha buceta usando toda força da minha perna. Gozei gostoso e relaxei meu corpo. Minha bucetinha tava encharcada.
O dedinho no cu era novidade pra mim, e o melhor ainda estava por vim, eu ainda tava com tzao e papai continuou a brincar na minha bundinha. Papai usou minha baba para melecar meu cuzinho e ficou fazendo movimentos com o dedo. Tirou minha perna do pescoço dele, desceu minha bunda até o cacete inchado dele e posicionou a cabeça do pau na entradinha do meu cuzinho, forçou meu corpinho pra baixo e o pau pra cima, foi quando eu senti um estalo, era a cabeça melecada do papai entrando no meu cuzinho, deu uma dorzinha e pela primeira vez eu achei q papai ia fazer algo q eu não ia gostar. So que ele me surpriendeu mais uma vez, pq ele não ficou metendo no meu cu o que ia me arrebentar, alem da dor q eu ia sentir. Enquanto tava so a cabeça tava gostoso.
Então papai pegou minhas mãozinhas e colocou na minha bunda indicando que eu abrisse. Ele não falou nada mas pegou por cima das minhas mãos e abriu minha bunda com elas, ele soltou e eu entendi q era pra ficar segurando. Nisso ele ficou com as mãos livres. Com uma mao ele ficou massageando meu grelinho e com outra começou a bater uma punheta com a cabeça do pau dentro do meu rabinho. Não demorou muito ele gozou dentro do meu cuzinho. Ele gozou muito, mas procurava não fazer muito movimentos, hj entendo q ele não queria me machucar, quando ele tava gozando eu sentia a cabeça inchando e latejando dentro de mim.
Depois de gozar ele tirou o pau lentamente do meu cu, limpou os excessos e foi tomar banho e saiu pro trabalho.
Essa foi minha segunda vez q papai me fez gozar. Impressionante como ele sabia fazer gostoso e de forma carinhosa. Eu adorei.
Bom, espero q tenham gostado. Em outro conto continuo os relatos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,38 de 48 votos)
Loading...