negão arromba menino

ola a todos o venho relatar aconteceu de verdade comigo por este motivos trocarei nomes dos envolvidos, como ja disse aqui antes sofri um estrupo aos sete anos por dois adultos e este fato que marcou profundamente e tive que ir morar no interior com minha avó, pois tinha medo de tudo já na casa da minha avó era mas calmo voltei a estudar ter uma vida normal durante tres anos fiquei sem ir a casa dos meus pais, quando estava com 10 anos eu sempre ia pra escola e quando tinha um vizinho que mexia comigo dizia que eu era bonitinho, uma vez eu voltava da escola e esse cara falou que eu tinha uma bundinha de menina ai eu parei e falei porque vc mexe comigo toda vez que passa por mim e ele disse que eu era bonitinho que depois falava comigo, os dia se passaram pois ele morava no quintal dos fundos da casa da minha avó, foi num fim de semana que ele me chamou pela cerca e eu fui atender ele ai ele me perguntou se tinha namorada e eu disse que não se gostava de namorar menino dei a resposta que não foi onde ele disse que gostava de namorar menino bonitinho como eu e disse nunca namorei ninguem ai descbri seu nome era mauricio e ele tinha 20anos e trabalhava de vigilante em um hospital a noite que trabalhava um dia sim e outro não ,as ele queria muito ser meu namorado e que era pra eu não falar pra ninguem levei alguns dias pra dar a resposta pra ele, como os quintais era grande la em casa tinha um seleiro e eu sempre brincava la ate que um dia de chuva eu disse pra minha que ia brincar no selereiro pra não sujar a casa quando vou pro fundos escuto a voz do mauricio me chamando e fui ver o que ele queria maricio abriu um buracobna cerca e mandou eu passar pri ir no quarto dele mal chemos ele me diisseque namorava um goroto de 13 anos que esse garoto virou mulher dele um tempo, ai me veio na cabeça o passdo mas mauricio disse mas com vc so quero namorar ai eu curioso perguntei como é que menino namora outro menino ai ele foi expressivo me sentou em sua cama e me lascou um beijo na boca que me tirou o folego eu sentia uma coisa estranha e todo dia euia namorar o mauricio ele me aliva apertava minha bunda passava o dedo no meu rego por cima do shorth ma deixava louco de vontade mas eu tinha medo uma noite faltou energia e ao vizinhos todos do lado de fora e as crianças brincando de pic esconde foi quando mauricio me chamou e disse se esconde aqui eu foi um jeito pra ele me leva para seu quarto chegando la ele fica pelado nossa eu tremi de medo e sentia vontade tambem mas me segurei o maximo foi quando mauricio pediu pra eu pegar na pica era grande um pouco grossa a cabeça rocha uma bolas grande entre as pernas e ele me ensinou a bater punheta nele fizia do jeito que ele pedia ai sempre tava la tocando pra ele teve uma vez que pediu pra eu senta na cama dele e pediu pra eu chupar que eu ia gostar abri minha boca e deixei ele colocar a cabeça da pica pra mamar fui me aperfeiçoando nas mamadas ate ele tentar enfiar tudo na minha boca sentia a cabeça na garganta fazia vomito e ele tirava varias veses eu ia pro quarto do mauricio pra mamar neste periudo ele ja gozava na minha boca e eu cuspia a porra dele, quando estava pra completar 11anos eu sentia ma vontade louca de poder dar meu cu pro mauricio pois tinha medo devido ao estrupo que sofri no dia que fiz aniversario de 11 anos ele perguntou o que eu queria ganhar de presente eu respondi quero vc ai ele disse eu ja sou teu nisso minha avó me chama eu saio correndo pra atende la no dia da fastinha estava todos rindo brincando eu chamei ele num canto e disse pra ele eu quero que vc coma meu cu bem devagar quero ser tua mulher ai ele disse acho que vc não ira aguentar vc sabe como meu pau é grande e eu respodi eu quero devagar pra eu poder aguentar e ser tua mulher vc não quer ai ele hoje não pois vão te procurar ai não da mas amanha não vai pra escola vai pro meu quarto que vc sera minha mulherzinha, no dia seguinte acordei como de custume me arrumei tomei meu cafe e sai pra escola quando virei na rua estava o mauricio no portão da casa dele fui correndo meu cuzinho piscava e eu sentia algo escorrendo de dentro e coçava fui entrando no quarto do meu nego ele ja estava peladão e com aquela pirocona dura feito aço tirei meu uniforme e comecei a beijar sua boca gostosa ai fui descenndo e comecei a mamar pica dele foi ai que disse a ele vem me come fiquei de quatro na cama ele se levantou foi no banheiro pegou um tudo de pomada e passou no meun cu e em sua pica e me disse vai doer so um pouquinho e apontou a cabeça e empurrou senti uma dor mas fui empurrando minha bunda contra a jeba e ele disse calma putinha vai te rasgar eu falei vai ma rasga ta gostoso mete tudo de uma vez e ela empurrou tudo ate o saco bate na minha bunda depois de gozar umas tres veses no meu cu ele me levou pro banheiro tomamos banho juntos e ficamos namorando ate meio dia pois era a hora que eu chegava em casa fui mulher dele ate os 13anos depois ele se casou e foi pra outro bairro mas longe depois eu conto como fui mulher do padre, a todos agradeço pois foi real espero que gostem

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,82 de 49 votos)
Loading...