Minha mulher disse e provou

Há 7 meses Por 9 ★ 4.22

Estava radiante, terminei meu trabalho por volta de 14:00, liguei para minha mulher todo bobo, olha não tem expediente a noite vamos tomar umas cervas na piscina? Ela sorrindo falou: paixão já estou fazendo isso e com voz melosa continuou, estou agora com o Gui tomando banho ele chegou para o almoço, trouxe cervejas e me disse que vocês não trabalhariam mais hoje, vamos comemorar. Desliguei e no caminho pensava, ela estava melosa por quê ? Cheguei e me dirigi para a piscina, eles dentro dela, na borda próximos e os copos com vários petiscos ao lado deles. Ela sorrindo, bem troca a roupa e venha, está uma maravilha. Minha mulher é bonita, alegre e brinca muito. Imagina uma mulher com um corpo lindo, sempre lisinha, uma boca carnuda e uma bunda de de deixar eunuco de pau duro. Sempre bem apesar de um filho adolescente. Fiz isso e notei que Gui usava uma bermuda minha. Conversávamos alegremente mas, eu notava ela mais alegre que o normal. Com os braços na borda e ela entre nós dois. De vez em quando eu dava umas braçadas e os dois continuavam ali. Ela saiu para pegar mais cervejas e petiscos. Esta um deslumbre, um maiô de duas peças sumárias exibindo todo seu esplendor, Gui suspirou fundo e eu deduzi: aí tem foda. Saí e fui encontra-la na cozinha. Sônia está acontecendo alguma coisa e ela com sorriso a sacanagem está comendo solta. E eu como assim? Ela, ele chegou, pediu uma bermuda, fez o almoço e me convidou para tomar um banho, concordei e ele falou, coloca aquele maiô branco, você fica linda nele. Logo pensei, essa alma quer reza. Fiz o que ele pediu e estamos de putaria, inclusive com você do meu lado, ele passa a mão em minha xana e eu no pau dele. Eu pergunto: Ele mostrou o pau pra você? E ela umhum e digo mais vou beber muito pois hoje eu mamo aquela pica, afinal nós dois já conversamos muita safadeza pensando nisso, chegou a hora. Mais você dizia que não e agora? Ela, isso foi antes de ver aquela pica e ser encochada várias vezes por ele aqui hoje. Não acredito disse. Ela faz o seguinte, fica aqui almoçando que vou lá e você vai ver. Assim fez, entrou na piscina e aproximou-se. Dava para notar a apreensão dele, olhava para porta nervoso. Ela então para provar seu domínio, enfiava a cabeça na água e sumia. Dava a nítida impressão que o estava mamando. Levantava e continuava próxima mostrando que o punheta dentro da piscina. Saiu e veio até a mim, viu ? Eu falei, ver não vi mas, imagino e ela apalpei, apertei, abaixei e abocanhei aquela pica enorme e grossa. Quer ver ? E eu, como você fará isso? Ela,vou sentá-lo na borda e vou mama-lo, ele falou que a minha mamada é maravilhosa. Você já mamou ele hoje? Ela não, só umas chupadinhas rápidas de 6 até 8 cabeçadas kkkkkkkk. Agora vou mamar mesmo, ali na borda. E eu faço o quê ? Saia, deite, veja tv hoje tem jogo do Barça que você gosta e de vez em quando vá lá, conversa um pouco e saia de novo. E se ele quiser te comer? Ela, por enquanto só quero isso, depois eu vejo. Voltamos, entramos na piscina e ela de novo ficou entre nós e bebíamos muito. Ela já não disfarçava muito, embora ele fingisse muito bem sendo apalpado. Claro que ela fazia comigo também. Passados uns bons minutos Sônia falou Marcos tu não vai ver o jogo ? E eu fingindo distração, é mesmo vou lá. Vocês vão? Ela com sorriso, vamos não, aqui tá ótimo, não é Gui; E ele sem graça, tá mesmo. Fui, fiquei na sala durante um bom tempo vendo o jogo, de repente ela chega, me abraça pelas costas da um abraço por trás da poltrona, morde minha orelha e eu cadê o Gui, ela, tá lá borda de pau duro e não pode vir pois ele não abaixa. E eu, já mamou? E ela várias vezes, só vim pois ele quer ter certeza que você está aqui. Ele está na água agora? Ela, não mandei ficar como deixei. Eu disse vou lá e ela da um tempinho pra você ver de relance. Ela saindo disse, conta até 30 e vai. Contei e para não dar a entender que sabia. dei uma olhada e ela entre a pernas dele chupava com avidez, retrocedi, fiz um barulho e ele deu um mergulho para evitar vê-lo de pau duro. Sônia sorriu pra mim e para dar tempo dele colocar a bermuda disse: pega uma cerveja pra gente, voltei peguei a cerveja devagar, abri, peguei outros copos e fui até eles. Já refeito ele estava próximo a ela olhando pra mim, enquanto ela disfarçava e passando os dedos em torno da boca com ar de sorriso, típico das mulheres quando davam uma mamada. Conversei um pouco e notei Sônia discretamente mandando eu sair. Levantei e disse, vou assistir ao jogo, no que ela arrematou e eu vou preparar mais algumas coisas pra nós botarmos na boca e riu. Já fora dei uma olhada discretíssima e notei Sônia passando bem rente a ele, esfregando a bunda no pau dele. Cheguei na sala e ela logo chegou também. Viu ? E eu não mas notei sua atitude. Ela riu e eu, mas agora você se esfregou nele e ela é claro dei duas reboladas naquela pica e saí rebolando bem acintosamente e ele estendeu o braço tentando tocar nele, me esquivei e dei um belo sorriso pra ele. Eu disse, é mas agora ele vai querer te comer e ela já disse hoje vou mamar, encher a boca e engolir tudo. Fica aqui mais um pouco e depois vá ver escondido pois ele me perguntou se você sabe ou está desconfiado, eu disse que não e que você confia muito em nós dois e riu. Voltou, dei um tempo e vi nitidamente ela mamava com maestria, ele me procurava, ela olhava pra ele, tirava o pau da boca e falava relaxa, ele tá vendo o jogo e voltava a mamar, Saí olhei a partida mais alguns instantes e quando voltei a olhar eles já estavam lado a lado. Cheguei até eles, começamos a conversar, quando o celular dele tocou e a esposa pedindo para ele ir para casa, visto que a filha se machucou na escola e precisava leva-la ao médico. Ele saiu rápido mas dava para ver que ainda estava excitado, e ela disfarçadamente ria. Arrumou-se se despediu e falou para ela, poxa Sônia você está me devendo em. Ela riu e ele foi. Ato continuo perguntei, devendo o quê? E ela as gargalhadas disse: ele pediu para botar no meu cu, eu puxei a parte de baixo, esfreguei nele e deixei rapidamente entrar a cabeça e saí ele ficou puto e você veio eu ri e falei pra ele baixinho, viu te livrei.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,22 de 9 votos)
Loading...

Por

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Tony Bahia

    Delicia. Eu queria que a minha mulher fosse assim, bem puta, isso dar um tezão da porra. [email protected]

  2. Anderson (Belém PA)

    Sabe parceiro,esse papo de levar um amigo pra casa 🏠 já ta meio velho.
    Esse papo também de deixar a sua mulher sozinha com o cara e vai assistir o jogo .pow, qualquer homes desconfiaria de que vc estava permitindo tais sacanagens.

  3. Márcio

    Tbm quero provar me deixa ser seu amigo [email protected]

  4. Luis

    Seu conto ficou muito excitante, e sua Esposa deve ser uma Delicia !!! eu sou Comedor e vc amigo se transformou em corno, então fique sabendo que quero foder com ela também. Sou do int. de SP e vocês de onde são ??!! entra em contato comigo por e mail e vamos trocar whats . [email protected] . Estou esperando seu contato ok.

  5. Luis

    Ola amigo corno. Também quero comer sua Esposa, nossa Puta. Sou um comedor de esposas safadas. Meu email é [email protected] manda para mim o whats dela por email.

  6. Luis

    Também quero comer a sua Esposa, nossa Puta. Você é um corno mesmo qual o problema de liberar ela pra quem quiser comer !!!! Meu email é [email protected] manda uma mensagem por lá com o whats dela !!!!

  7. corno ocasional

    Guilherme, amigo de longa data.

  8. corno ocasional

    Guilherme, amigo de longa data. Outro dia conto como ela o deixa alucinado.

  9. não entendi

    Quem eh GUI???