Machos Casados Livres (Terceira Parte)

Autor

Machos Casados Livres (Terceira Parte).

…Esta é uma série de umas experiências entre machos casados.Para entender,leia as partes anteriores.

Depois de nosso último encontro,cada um retornou a sua cidade natal,mas com ansiedade em um novo encontro;dependíamos apenas da empresa.Ficamos no aguardo.Somos 3 amigos e trabalhamos na mesma empresa.Sou Henrique(47 anos),casado;Paulo(42 anos)casado e Márcio(30 anos e recém casado).Amigos de empresa e de muita sacanagem mas com um pacto de nunca falar pra ninguém.
Em Janeiro,fomos convocados mais uma vez para uma reunião da empresa para mudanças de cargo;nos falamos via celular e ficamos com vontade de nos encontrarmos.Dessa vez seria em Belo Horizonte,mas a reunião seria na fazenda do dono da empresa nas montanhas de Minas Gerais.
No dia da viagem,me despedi de minha esposa e parti para o aeroporto e fui rumo a BH.Chegando no aeroporto de Bh,encontrei com Paulo a minha espera e partimos rumo ao hotel que foi reservado para nós.Chegando ao hotel,encontramos com Márcio na recepção nos aguardando.Pedimos um quarto com duas camas e uma extra,pois queríamos ficar juntos.No mesmo hotel ficaram alguns colegas nossos de outros Estados,cumprimentamos todos e fomos pra nosso quarto.Estávamos ansiosos por uma boa sacanagem.Chegando ao quarto,fui direto tomar um banho deixando Paulo e Márcio vendo TV e conversando.Eu estava excitado demais.Fui tomar banho de pau duro;quando sai do banho,Paulo e Márcio já estavam pelados no maior beijo de língua.Chamei os dois de safados e Márcio foi pro banho deixando Paulo de pau duro…Quando vi aquele pau em riste,cai de boca e babei muito nele,depois trocamos um beijo gostoso de macho e o pedi que me fodesse pois estava muito carente de um caralho.Me posicionei de quatro,Paulo chupou meu cú deixando molhado e bem lubrificado e foi enfiando aquele nervo em mim;eu estava tão excitado que segurei pra não gozar logo e o deixei bombar muito até gozar…quando ele anunciou o gozo explodi junto com ele, e Márcio saiu do banheiro ficando puto por termos fodido sem ele…O tranquilizei dando um beijo na sua boca,enquanto Paulo ia pro banho.Coloquei Márcio na cama e chupei seu pau e seu rabo de macho o deixando bem excitado,quando Paulo saiu do banho e nos viu naquela sacanagem ficou de pau duro e colocou Márcio de frango assado e meteu no rabo dele,enquanto eu o beijava.Gozamos os três.A noite jantamos no hotel com o pessoal da empresa e dormimos cedo pois no outro dia íamos acordar cedo para a fazenda do dono da empresa.
Acordamos as 5 horas da manhã e todos esperavam o micro-ônibus para levar todos à fazenda.O micro-ônibus não deu para todos: Ficaram pra ir numa van,eu,Márcio,Paulo e 2 gerentes de outras filiais(Ernesto,um Sr careca,bigode farto e uma barriga de chopp,deveria ter uns 55 anos;Eraldo,meio coroa,uns 43 anos e corpo bem cuidado;estávamos esperando a van que vinha nos buscar.Quando chegou,desceu um senhor forte,barriga saliente e com cara de árabe com uniforme de motorista,se apresentou como Sr.Humberto;depois ficamos sabendo ser casado e 58 anos.Seguimos para a Fazenda e Humberto(motorista) nos informou que a viagem duraria umas duas horas;durante toda a viagem ríam muito com as piadas do Humberto,ele contava umas piadas de sacanagem,de putas,todas com sexo no meio;nos entre olhamos e já estávamos pensando em sacanagem.Mas ainda tinha os outros dois gerentes(Ernesto e Eraldo),que não sabíamos se curtia e não podíamos arriscar,queríamos a certeza.O Motorista no meio da conversa,perguntou pra gente,para onde iríamos depois da reunião e falei que não tínhamos programa,pois nossa passagem por Bh era rápida e ficaríamos quinta e sexta,mas sábado íamos embora.Todos confirmaram.Foi quando Sr.Humberto falou que ia nos esperar,mas que só traria nós que fomos com ele.Confirmado.Falei com Márcio e Paulo da minha dúvida quanto aos dois gerentes e eles toparam arriscar em chamar os dois para nosso quarto caso o motorista nos trouxesse de volta.A reunião rolou o dia inteiro com muita conversa e só,acabando por volta das 17 horas.Quando estávamos saindo,o motorista veio nos receber e foi chamar os dois gerentes(Eraldo e Ernesto).Dentro da van,estávamos cansados e seu Humberto nos perguntou pra onde queríamos ir,respondemos pra o hotel.Ele nos perguntou se não íamos nos divertir e Paulo respondeu que íamos nos divertir no quarto tomando umas cervas e vendo TV.Foi quando um dos gerentes(Ernesto)falou que também faria isso e Humberto deu a ideia de irmos todos pra um quarto tomar umas cervejas juntos e conversar bobagens;Eraldo falou que toparia mas tinha que passar no quarto dele pra tomar um banho antes,foi quando dei a ideia pra ele tomar lá no nosso quarto.Tudo bem,respondeu.
Chegando no hotel,pegamos nossas chaves para não dar na vista que íamos todos para o mesmo quarto.Quando abri a porta do quarto,as camas estavam arrumadas nos esperando.Entramos os 6 no quarto e fomos todos sentando e ofereci cervas a todos;só Eraldo não aceitou porque queria tomar um banho.Ofereci uma toalha e ele começou a tirar a roupa ficando só de cueca branca,vi que tinha os peitos peludos e um bom recheio na cueca.Entrou no banheiro.Ficamos vendo TV e conversando,até que o motorista Humberto falou que estava com calor e se podia tirar a camisa;Paulo safado respondeu que se ele quisesse poderia até ficar pelado pois estávamos só entre machos.Ele não se fez de tímido e foi tirando a camisa,depois as roupas todas ficando só de cueca.E vimos um homem grande,com uma barriga saliente ,peluda e uma cueca que tinha um bom volume.Silêncio total no quarto.Ernesto falou que também ia ficar de cueca e tirou as roupas.Nesse momento,Eraldo saiu do banheiro com a toalha amarrada na cintura e vi que estava sem cueca,e perguntou se mais alguém ia tomar banho e Humberto(motorista) respondeu que ia e tirou a cueca na vista de todos nos mostrando um caralho de uns 14 cm,grosso e mole com muitos pentelhos,foi quando Márcio falou: Porra,cara,você não raspa nem apara esses pentelhos.Ele respondeu,que se ele tava achando feio fosse aparar…Todos riram e aplaudiram.Márcio disse,se vc quiser eu aparo e raspo…Risada geral.Márcio vai até a bolsa e tira uma tesoura e se ajoelha diante de Humberto e vai aparando os pelos,mas sem pegar no pau dele.Paulo sugere ser melhor com um barbeador e dá um pra Márcio.Ele começa a raspar o púbis de Humberto,mas quando Márcio levanta o pau dele pra raspar por baixo,o pau de Humberto começa a dar sinal de vida e fica duro perto do rosto de Márcio…Todos se calam e ficam olhando a reação dos dois.Quando estava tudo liso,Humberto agradeceu e entrou no banheiro. Eraldo continuava com a toalha na cintura e vi que ficou um pouco excitado com a cena da depilação.Márcio continuava com o barbeador na mão e perguntou quem queria raspar e Eraldo respondeu só se for raspar os pelos do seu rabo (risada geral).Márcio respondeu: Estou precisando mesmo,pois está com muitos pelos e gosto liso.Não seja por isso,respondeu Eraldo,eu raspo seu rabo.kkkk.E Márcio tirou as roupas ficando pelado já de pau duro e ficou de 4 em cima da cama.O silêncio voltou ao quarto.Eraldo pegou o barbeador e mandou ele abrir a bunda.Ele abriu e Eraldo começou a raspar e disse: Cara,que cú fechadinho…olhem e todos se aproximaram da bunda de Márcio olhando.Nesse momento,Humberto saiu do banheiro de toalha na cintura e vendo aquela cena,perguntou que porra era aquilo.E todos pediram pra ele ver o cú de Márcio…Porra,que cú tesudo.Humberto,sendo safado igual a Eraldo,pergunta se está liberado e Márcio responde que sim.Passa a toalha no rabo de Márcio e cai de boca sugando aquele cú sedento.Todos já estavam nus.Paulo chupava Eraldo;eu chupava Humberto,que tinha um pau grosso que não cabia na minha boca.Ernesto alisava minha bunda acenando que queria me foder…Deixei de chupar Humberto,me posicionei de quatro,dei o gel a Ernesto que besuntou meu cú enfiando uns dedos para amaciar,depois colocou gel no pau bem grande e não tão grosso e penetrou,gemi alto e Humberto vendo aquilo veio até mim e me beijou…Humberto não dava o cú,mas gostava de um boa linguada,ficou de quatro e chupei seu cuzão de macho.O quarto era só cheiro de sexo de machos.Cheiro de suor de machos.Depois que cansei de ser fodido por Eraldo,tirei o pau dele do meu cú e pedi pra Humberto me foder e ele me penetrou de uma vez,mas a melhor hora foi quando levantei a cabeça e vi Humberto e Eraldo no maior beijo de boca,os dois se beijavam com a línguas grossas de machos…avisei que ia gozar e que eles não parassem de se beijar…Beije esse puto…gritei e gozei esporrando na cama.Eles não pararam de se beijar,mas Paulo queria ser fodido e pediu que Humberto o fodesse e gozasse na boca dele pois queria leite; e Humberto meteu nele forte e na hora de gozar meteu na boca dele dando leite quente de macho,Eraldo vendo deu um beijo em Paulo bebendo o leite também.Humberto me beijou e falou que íamos descansar e depois,ele,Ernesto e Eraldo ia nos foder.Tomamos um bom banho,bebemos mais cervas e ficamos pelados e falamos que breve íamos voltar pra fazer sempre aquela sacanagem.Humberto nos deu a ordem de ficarmos de 4 na cama.Nos posicionamos,Eraldo melou nossos rabos com gel,ficamos esperando enquanto eles se beijavam: Eraldo beijava Humberto,que beijava Ernesto,vê 3 machos se beijando nos deixou excitados e pedimos pra eles nos foder logo…Ernesto lambeu nossos rabos e meteu em mim de vez,quando Humberto viu meteu no rabo de Paulo e Eraldo no de Márcio…nos beijávamos com aqueles machos nos penetrando,fodendo três machos casados e safados.Eles trocavam de rabos..nem sabíamos mais quem nos fodia…Os 3 gozaram em cima de nossas costas,nos beijaram,tomaram banho e foram embora,mas não esqueceram de deixar os números do telefones pessoais.Ficamos saciados e prontos pra outra reunião como essa de Bh.

(…Continua)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 3 votos)
Loading...