Dei meu cuzinho virgem pra um desconhecido

Autor

Tenho 17 anos sou morena Clara, Treino tenho bumbum grande e seios redondinhos tenho cabelos longos e 1,60 de altura eu sou virgem namoro um rapaz de 18 anos Porem nunca transamos eu Já pedi pra ele tentar me fuder Já faz um ano de namoro e nada rolou apenas uma mão boba de leve sem colocar o dedo muito menos o pênis na minha Bucetinha ele falou q é melhor não então pretendo casar virgem e ele também..mais certo dia viajei pra uma cidade vizinha a minha Onde meu namorado mora para ir a uma festa acabei discutindo com meu namorado e ele foi ao evento sozinho eu liguei pra minha amiga que também iria comparecer a o evento me Arrumei coloquei um vestidinho Tubinho super colada Fiz um Coque no cabelo passei um batom vermelho E me perfumei e fui pro evento era uma festa aberta ao público me encontrei com minha amiga e fomos tomar um drink acabei encontrando meu namorado ele não falou comigo enfim fiquei bebendo e notei um rapaz lindo olhando pra mim ele tinha 27 anos se chamava Breno Ele é lindo ele ficou me olhando e me chamou eu fui ele me chamou pra sair da festa e eu fui e fomos pra uma rua tava cheio de gente um monte de casal namorando Breno me beijou o beijo dele me deixou excitada ele falou na cara dura faça um boquete em mim eu não recusei Me abaxei abrir a bermuda dele e coloquei aquele pau grosso e grande na minha boca meu cabia na minha boquinha Aquele pau enorme cheio de vêia Eu nunca tinha feito um oral não sei se fiz direito Chupei ele por uns 15 minutos ele me puxou pelos cabelos e falou no meu ouvido: Gostosa vamos sair daqui Tem gente olhando…
Ele me puxou pelo braço e me levou em direção a um carro Ele abriu a porta e eu entrei Eu fui beijar e ele se esquivo E ficou quieto ligou o carro e ficou calado e fomos pra uma rua mais deserta chegando no local Ele me beijou me beijou muito Um beijo de língua muito molhado e quente E minha calcinha Aaahh já tava toda encharcada Toda meladinha Ele deitou o Banco do carro e eu me ajeitei fiquei deitada no banco do carro E ele falou Vou fuder você todinha então eu falei Que era virgem e ele ficou surpreso Mas em seguida Subiu o meu vestido e desceu minha calcinha e Chupou, chupou muito minha buceta Aí que delícia eu gritava gemia batia tava uma delícia meu namorado nunca tinha feito aquilo Ninguém tinha feito , ele meteu a língua na minha bucetinha Que tava lisinha lisinha e ele falou que Minha Buceta tava cheirosa e lisinha de mais Ele tirou a roupa dele toda e ficou nú nossa que corpo maravilhoso o dele ele tirou meu vestido e Chupou muito meus peitos ele sugava tanto só de lembrar fico toda meladinha Ele coloco uma camisinha no pênis e falou no meu ouvido : Vou fuder seu Cuzinho Deixa Nossa eu nunca tinha sentido aquilo falei bem alto : Empurra essa pica toda no meu rabinho Eu fiquei de quatro E ele foi colocado Aí como doía e ardia mais era Bom Era Maravilhoso Era Bom Eu gritava Muito Vai fode vai …vai …Com força vai empurra aí aí..
Ele gemia também e alto ele batia no meu bumbum me chamava de vadia de puta nossa eu delirava Gritava Aí como era Bom Nossa começou a passar gente por lá e o carro balançava Muito uma das porta tava aberta que deixava a mostra oque tava acontecendo dentro do carro eu de Quatro sendo arrombado no cu por um desconhecido e meu namorado sendo corno, E eu gemendo de dor e de prazer O Breno socou muito em mim depois tirou a camisinha e gozou no meu rosto gozou muito Ainda fez eu beber nossa que delícia Aquele gozo grosso Maravilhoso entrando na minha boca e eu lambendo tudo com o rosto todo gozado e ele batendo o pau na minha cara nossa foi muito bom ….
Não tive mais contato com esse Rapaz foi só uma vez Até hoje eu sonho em reencontrar o Breno O roludo que Arrombou meu cuzinho
Ainda namoro e não dei minha buceetinhaa 🙁

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 12 votos)
Loading...