Corno realizado

Autor

Sou casado meu nome e Flavio 29 anos e minha esposa Soraya 23 anos, casados a 3 anos, não temos filhos, sou representante de uma empresa onde minha esposa e secretaria do nosso diretor, minha esposa Soraya, muito gostosa e gosta muito de se exibir só vai trabalhar com roupas bem insinuantes, sempre diz que seu chefe e muito atencioso e que recebe sempre muitos elogios, nos ultimos dias seu chefe sempre lhe da uns beijinhos no final do expediente na despedida oferecendo-se para leva-la em casa dizendo que a mesma pode deixar seu carro em casa, em nossas transas sempre temos nossas fantazias e uma delas e ver outro homem fudendo minha esposa quando falo nisto ela fica muito euforica diz que seu tesão aumenta e desconversa. Um certo dia ela disse que o seu chefe viria conhecer nossa casa que traria umas bebidas, nossa casa e bastante grande temos piscina, quarto de hospede, grande para um casal, chegando o dia da vizita de seu chefe dia de sabado, saí para umas pequenas compras ou seja refrigerantes, cervejas e um wisquesinho para esquentar, quando voltei o seu chefe já havia chegado e estavam em um bom papo, ele de bermuda ela com um pequeno bikine qua mau cobria a rachinha e enfiado na bunda com uma canga transparente por cima ela me apresentou seu chefe o Luiz, mais ou menos 30 anos malhado, boa pinta, conversamos e resolvemos ir para a piscina fomos os três ela tirou a canga ficou uma coisa incomparavel linda e gostosa já após muitas cervejas, vamos tomar uma doses mais quente, lá pras tantas, ela me pede para trazer mais alguns tira gostos pois a mesma já estava um pouco quente dando muita atenção ao seu chefe notei que o mesmo sempre se aproximava dela quando estavam na agua ela mergulhava sempre pertinho dele ela me pede para ir buscar tira gostos, fui e demorei um pouco olhando de uma janela na cozinha os dois estavam se beijando depois ele ficou mamando em seus lindos peitinhos e ela pegando na rola dele que ao sair do calção fiquei admirado com o tamanho e a grossura, quando voltei estava tudo normal, continuamos tomando ela pede? amor para bronzeador em mim e deita na borda da piscina começo passar e ela desmancha os lacinhos da parte de cima logo em seguida mergulha só com a calcinha linda recebeu muitos elogios do chefe Luiz o qual confirmava comigo, la pras tantas estavamos todos já um pouco alto resolvemos ir para dentro de casa, minha esposa foi trocar de roupa e voltou com uma canga (saída de banho) transparente sem soutien e uma minuscula calcinha, colocou uma musica e começamos dançar logo em seguida entreguei a gostosa para dançar com seu chefe e lhes falei vou descasar um pouco, figí deitar e fiquei a observar beijaram-se muito e em seguida tiraram as roupas e começaram a dançar sem roupas e eu observando quando ela começa a chupar seu pau imenso e grosso ambos quase embriagados ela vinha até a porta do quarto e eu fingia dormir logo levantei e vi era uma das mais lindas trepadas que já vi em minha vida minha linda e gostosa esposa sentada naquela imensa rola cavalgando e gemendo na maior loucura depois ele tirou da buceta e comeu o seu cuzinho o que ela nunca deu a mim, mas fique orgulhoso de seu desempenho estando de pau duro e toquei a maior punheta de minha vida, no dia seguinte me contou todo o acorrido. Ela recebeu aumento no salário e sempre fazemos um churrasquinho para seu chefe e rola uma trepada digna de ser apreciada. Breve estarei de volta com minha esposinha gostosa. VOTE.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 9 votos)
Loading...