Novinha deliciosa

Autor

Era noite na minha casa eu tinha 14 anos. Uma garota de 11 anos que morava a duas casas da minha costumava ir lá em casa para usar o computador. Certo dia ela foi e eu estava com ela no meu quarto. Ela ficou no computador e eu coloquei minha mão no seu ombro, ela olhou para mim e sorriu. Eu comecei a descer minhas mãos para os peitos delas, eram grandes e durinhos, incrível como uma menina nova tinha aqueles peitos. Não era nem gorda nem magra, nem tinha um corpinho, era branquinha, tinha um boca rosa e uma pele bem suave. Eu peguei nos peitos dela e ela deixou que eu fizesse isso, apertei, coloquei a mão dentro ds blusa dela e senti aquela coisa durinha com um biquinho pequeno. Peguei meu celular pq estava com vergonha de dizer e digitei na caixa de mensagem "Que tal a gente tentar tirar sua virgindade?" Ela leu e perguntou "Aonde?" Minha mãe estava em casa eu disse "Vamos na casa que está construindo, eu vou Primeiro e daqui a 2 min você vai, dei um beijo na boca dela, acho que foi a primeira vez que ela beijou alguém. Esperei na casa e ela chegou peguei ela, começamos a nos beijar, peguei na bunda dela, era durinha e aquele shortinho deixava mais ainda. Tirei a blusa dela, peguei a mão dela e coloquei no meu pau. Chupei os peitinhos dela e pedi para que ela chupasse meu pau, ela não quis mas eu pedi de novo e ela foi, se abaixou e quando senti aquela boca fininha no meu pau, foi uma delícia. Dps tirei o short dela e peguei na bucetinha dela, molhadinha, cheirosinha, com uns pelinhos lisos. Peguei ela no colo direcionei meu pau. Comecei forçar ela para baixo e meu oau começou a entrar. Ela Disse "ai para para para, perai" eu forcei e entrou todo. Senti algo escorrendo em minhas pernas, era sangue dela. Quando enfiei de vez ela disse "Tá ardendo tá ardendo" eu disse q iria passar e falei para ela n tirar de dentro. Comecei a beijar ela com meu pau inteiro dentro. Depois eu peguei ela e comecei a movimentar, foi ai que gozei tudo dentro. Ficamos lá se beijando. Fomos para nossa casa. No início morri de medo achando que ia ser pai. Mas comecei a meio que "Namorar com ela" ela queria fazer todo dia. A gente fazia todo dia de noite. As vezes quando ela tava sozinha eu ia para a casa dela ela queria toda hora. Essa menina é minha esposa hoje. A gente fode todos os dias.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 2 votos)
Loading...