Minha amiga Denise (Parte 4 com luciana)

Autor

Minha amiga Denise (Parte4 com Luciana)
Bem, conforme mencionado no conto 3 a Luciana passou a ser o nosso álibi, meu e da Denise, pois sempre que queríamos ficar na sacanagem a Luciana nos dava cobertura e isso começou a ocorrer não só no clube (parque e piscina), mas também na casa da Denise.
Como a Luciana já estava sabendo que a Denise deixava e gostava de brincar, ficando comigo e mais o vizinho delas, o Avelar de 19 anos (entendam na época que a Denise era de menor e as brincadeiras ocorriam sempre de forma daquelas rapidinhas) combinávamos de ficar a noite na frente da casa da Denise, da qual a Luciana era vizinha, quero esclarecer para uma ajudar na imaginação os muros da casa da Denise eram altos, pois existia um sobrado de cada lado e morava em uma casa nos fundos a sua avó, viúva da qual costumava se deitar cedo e no meio do quintal uma grande lavanderia, onde costumávamos estudar e na frente um muro baixo e ao lado a garagem. Os pais da Denise já eram bem mais velhos que o normal, pois se casaram tarde e tiveram dois filhos a Denise e um garoto e eles agiam sempre com muita gentileza e sempre foram muito discretos e mostravam que confiavam na filha, dessa forma até parecia que era a Denise quem mandava na casa (rsrsrs).
Bem voltando ao conto passamos a ficar em algumas noites sentados em um pequeno muro que existia dentro do terreno e sempre ficávamos conversando sobre sacanagem (elas gostavam e confesso que eu também!!), pedíamos para a Luciana em alguma oportunidade ficar distraindo o irmão da Denise, pois o pirralho sempre estava por perto e dessas forma a Denise sempre vestindo vestido nessas oportunidades, debruçava um pouco para fora, fingindo estar olhando quem passava na Rua e eu atrás dela, colocando o pau e socando naquela deliciosa xota, tirando quando tinha movimento ou até mesmo quando a Luciana nos sinalizava, bem, em uma certa noite, a Denise me perguntou se eu queria comer a Luciana, pois ela já tinha confidenciado que também gostaria de participar da putaria, logo, gostei da ideia e perguntei se a Luciana era virgem e ela foi logo me contando que não e que um primo já casado tinha comido ela quando ela tinha 15 anos, ela estava com 18 e era mais velha do que nos 4 anos, a ideia de ficar na sacanagem com uma mulher me agradou, visto que eu não tinha nenhum envolvimento amoroso com a Denise e portanto seria bacana. Então, a Denise começo a articular a nossa farra e por diversas vezes eu fiquei com as duas revezando na lavanderia, sendo que uma ficava cuidando para a outra. Nossa, que lembranças gostosas, na minha cabeça, por a Luciana ser já uma mulher eu comia sem dó, sempre socava na xota e dava leitinho para ela, enchendo a sua boca, eitá loira safada.