Do nada comi minha prima

24-02-18 Por 1 ★ 3.00

Olá a todos a história que eu vou descrever é verídica e aconteceu comigo, vou dizer nomes falsos em questão de preservação mesmo então vamos ao que interessa.
Eu moro em uma cidade distante meio que interior e minha mãe e meu pai são separados,eu nunca tive contato com a família do meu pai porém faz uns três anos que venho me relacionando com eles, e foi nesse tempo que tudo aconteceu.
Meu nome é Paulo (nome fictício) tenho 19 anos nunca fui um grande comedor antes do ocorrido eu tinha feito sexo umas duas vezes pois sou do estilo nerd. Minha prima se chama Tatiana (nome fictício) e é muito gostosa e a última vez que eu a vi ela tinha uns 15 anos no tempo em que começamos a ter contato ela estava com 21 e eu fiquei surpreso com a mulher que ela se tornou é de deixar qualquer um de pau duro peitos durinhos e médios,uma bunda enorme,coxas grossas e uma estatura média. Então vamos aos fatos eu comecei a frequentar muito a casa do meu pai e sempre que eu chegava lá eu era recebido bem por todos só que eu esperava ancioso pra ser recebido pela minha prima, quando ela vinha me abraçar nossa eu tinha que me segurar pra não ficar de pau duro,eu sempre me masturbei pensando nela e todas as noites eu ia pra casa dá minha tia com a desculpa de dar boa noite só pra ver ela com shortinho e blusinha pra dormir sem sutiã até que um dia as coisas foram mudando nós começamos a conversar mais e a ir nos aproximando ela já ficava abraçada comigo e passou a ser mais carinhosa logo ela já falava de seus namorados e de suas transas e eu sempre arrumava um jeito de sair sem graça com o pau duro pra tocar uma punheta,uma noite nós estávamos conversando até que um "amigo" dela chegou logo eu me retirei pois eu já sabia do que se tratava espiei e eles ficaram só nos beijos e amassos quando ele foi embora ela foi tomar banho para se trocar e dormir, eu na minha desculpa de dar boa noite fui usar o banheiro da minha tia e procurei até encontrar a calcinha que ela estava usando. Quando eu achei fiquei louco como estava molhada logo eu comecei a cheirar e quase gozei sem encostar no meu pau que cheiro forte de buceta e de sexo naquele momento eu botei na minha mente que eu tinha que comer a minha prima.
No outro dia ela disse que nós íamos em um clube com piscina perto dá casa do meu pai já fiquei louco por que sabia que ia ver aquela gostosa de biquíni,assim que chegamos o clube estava vazio pq estava meio nublado mais como não tinha nada pra fazer em casa fomos mesmo assim. Quando ela me apareceu de biquíni eu tive que colocar uma toalha em cima dá bermuda pra ela não ver meu pau quase pulando pra fora o biquíni dela era muito cavado e a parte dá buceta estava muito chamativa pois a buceta dela é bem carnuda.
Após ela se trocar já que não estava muito sol pra piscina e o clube estava vazio fomos para sauna chegando lá ela pediu para mim passar sabonete nas costas dela ela ficou de pé na minha frente e virou eu quase enfartei quando vi aquela bunda maravilhosa na minha cara,passei o sabonete nas suas costas e comecei a massagear até que ela disse a seguinte frase:-Pode passar no meu bumbum também.
Aquilo fez meus olhos brilharem logo eu estava com as duas mãos naquela bunda que eu tanto desejava passava a mão com vontade e até dava umas apertadas e como ela deixava eu continuava fui avançando sem ter mais medo é comecei a passar nas coxas também o chão por ser bem escorregadio não é muito confiável então quando ela foi se mexer ela caiu sentada no meu colo então sentiu meu pau igual uma rocha e logo disse:-O que é isso?
Eu respondi
-Me desculpa eu não consegui evitar
Ela sorriu e disse
-Tudo bem isso é normal
Depois disso ela não levantou e começou um vai e vem com a bunda no meu pau,eu entendi o recado e comecei a passar a mão nos seus peitos e a beijar seu pescoço até que veio um pedido de sua parte.
Ela disse
-Passa sabão na minha buceta
Eu em silêncio mantive minha mão esquerda em seu peito e comecei a masturbação naquela bucetinha maravilhosa era bem carnuda e com o grelinho meio escondido e raspadinha que tesão de buceta.
Por ser nerd e não fazer muito isso meu passatempo era ver dicas de masturbação e sexo oral feminino então estava botando em prática tudo que aprendi.
Comecei mexendo rápido em seu grelo até ela ficar bem molhada logo depois enfiei um dedo e comecei o vai e vem quando ela estava mais excitada e mais molhada consegui enfiar dois dedos e aí que começou toda a brincadeira.
Com dois dedos dentro dela encontrei seu ponto g e comecei a masturbar ela de um jeito bem forte logo ela já estava quase gritando
-Continua caralho eu vou gozar
Eu beijando seu pescoço disse
-Goza
Ela segurou firme minha nuca e gozou com meus dois dedos dentro dá sua buceta.
Ela se recompôs e me disse pra irmos embora por que o que começamos ali iríamos terminar em casa.
Chegando em casa demos sorte dá minha tia estar trabalhando e termos a casa só para nós dois,não teve conversa já chegamos e depois de entrar demos um beijo quente e fomos direto pra cama ela logo abaixou minha bermuda e começou a mamar igual uma cadela, que boca quente e que vontade,como ela mamava gostoso ela deixou meu pau bem melado e engasgava e chupava eu quase gozei na boca dela.
Ela me disse que queria que eu a comesse eu disse que só comeria depois de chupar aquela buceta, eu queria sentir aquele cheiro de sexo e de buceta forte de novo.
Mandei ela ficar de quatro e deitei em baixo dá buceta dela então ela só abaixou o quadril e eu comecei a lamber e sugar toda aquela bucetinha ela disse que não estava aguentando mais e me pediu para fode-lá de quatro mesmo do jeito que ela estava eu agarrei seu cabelo e comecei a estocar a minha rola naquela buceta quente a cada estocada ela gemia e eu dava um tapa naquela raba gostosa logo depois disso eu deitei e ela veio cavalgar por cima de mim e ela sentava e rebolava com maestria enquanto eu chupava e mordia aqueles peitos lindos.
Logo não aguentei mais e anunciei gozo ela começou a me mamar e despejei toda minha porra quente na garganta dela e foi assim que matei meu desejo de comer minha prima gostosa.
Hoje sempre continuo indo pro meu pai e nos divertimos muito.
Se gostarem desse conto posso escrever mais para vocês.
Abraços

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 5 votos)

Por

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. dudu safado

    conta mais, ela ja deu o cuzinho para você?