A primeira vez foi com o filho do meu padrasto parte 5

Autor

Ouvir aquelas palavras de leo, me deu mais tesão ainda. Então eu continuei, enquanto eu chupava seus sacos eu batia uma punheta pra ele. Leo se contorcia e gemia baixinho, saber que eu que tava controlando aquela situação; que eu tava ditando as regras aquilo era maravilhoso, muito gente gosta de ser dominado na hora do sexo, mais eu acho que essa não é o meu caso eu prefiro dominar do que ser dominado. tirei toda a bermuda de leo, e resolvir tirar a sua camisa tambem. Disse pra ele senta na beirada da cama e assim ele fez. Assim que ele sentou na beirada na cama eu voltei aquilo que eu estava fazendo. lambi muito seus sacos, colocava as duas bolas na boca. Enquanto batia uma pra ele. Foi passando a língua no pau dele centímetro por centímetro até abocanhar ele toca, assim que coloquei o pau de leo toda na minha boca, elê bambiou das pernas. comecei a chupar seu pau, fazia garanta profunda, engolia até me engasgar, leo começou a gemer mais alto, quanto mais ele gemia mais eu engasgava no seu pau. comecei a chupar o pau dele olhando nos olhos dele, vê aqula expressão de prazer que eu tava proporcioando pra ele, era muito bom. enquanto eu chupava eu acariciava sua bolas, que já estava babadas pela minha chupada. Leo começou a gemer mais alto ainda.

_ (eu) leo geme baixo, você tá gemendo muito alto, os vizinhos podem ouvir. Minha avó que mora logo do lado pode nos ouvir, esqueceu que a minha mãe tá lá também.

_ (ele) desculpa Paulinho, e que tá muito bom não tô consiguindo controlar.

_ (eu) a melhor parte ainda tá por vim.
Leo me olhou sem entender, de nos dois eu era o safado, e o que sabia mais sobre sexo. continue a chupar leo começou a gemer baixinho as vezes ele aumentava os ruídos, mais logo depois se contia. Não consigui parar de chupar o pau dele. definitivamente eu nasci pra isso, comecei a chupar só a camisinha e leo foi a loucura, chupava a cabecinha e passava a língua nela. comecei a aumentar o ritmo de novo, e engolia o pau até engasgar, e acariciava seu saco. Fiquei nisso uns dez minutos quando eu cansei de ficar com o meu joelhos no chão e pedir pro leo deitar na cama, eu adorava quando eu mandava e ele obedecia quando ele se deitou mordia uma das suas orelhas; e comecei a lamber o seu peito, lambia seus mamilos enquanto batia uma pra ele, foi descendo e lambi o seu umbigo. Leo se contorceu todo, e novamente abocanhei seu pau. Chupava, cuspia, batia punheta, fazia de tudo naquele pau delicioso do leo. Tempo depois eu sair da cama e comecei a me dispir na frente dele. E fiquei nu, falei por lei sair da cama, e assim que ele saiu eu disse:

_ (eu ) leo, agora você vai me comer a minha bunda.

_ (ele) mais eu nunca fiz isso. Acho que eles vou fazer errado, eu não vou consiguir.
ouvindo aquilo de leo me frustrou um pouco, mais eu lembrei que eu também não sabia cause nada sobre sexo, aprendi vendo filme Porno, então tive a idéia de colocar um filhe Porno que eu tinha visto pra ele aprende como que se fazia. Tinha um computador no nosso quarto, então eu foi no histórico e coloquei o primeiro que eu tinha visto, eu decidi não apagar o Historico porque eu queria ver mais vezes esses filmes que eu tinha visto, eu era o mais mechia no computador, a filha do meu padrasto méchia mesmo só pra fazer pesquisa de escola. coloquei o filme, não muito alto, pra eu poder ouvir a portão caso alguém chegasse.

_ (eu) leo eu vou colocar um Porno aqui pra agente ve, assim você aprende direitinho como tem que fazer, eu aprendi assim.

_ (ele) por isso voce chupou o meu pau Daquele jeito ne. Eu até pensei que você já tinha feito isso com alguem, você já fez isso com um menino antes

_ (eu) claro que não Leo, eu só faço essas coisas com você. Não quero fazer com mais Níguem.
Leo deu um sorriso, e começamos a assistir, vê um brilho nos olhos de leo, ele ficou tão fascinado como eu, ou até mais. Ele me confidenciou que nunca tinha assistido filme porno. enquanto agente assistia, eu batia uma pra ele. Ele não tirava os olhos da tela no computador, foi quando o cara começou a chupar o cu do outro aí eu disse:

_ (eu) eu quero que você faço isso em mim leo. Parece ser muito bom.

_ (ele) vou fazer igual o cara do filme então, tu vai gosta você vai ver.
Foi quando o caro começou a pincelar o pau no cu do outro, ele cuspia no rabo do seu parceiro e no proprior pau. E comecou a força a entrada, o cara começou a gemer, enquanto recebia o pau no cu. Eu comecei a bater mais rápido, e logo leo contorce o corpo inteiro, e fica com o corpo todo mole, inclusive o pau. Eu já sabia o que era o terno gozar porque vê um filme que o cara dizia " gozá na minha cara" e saia muito leite, mais o do leo não saia, eu achava que o pau do leo não podia sair leite, mais não saia leite porque ele ainda era pequeno,só foi descobrir isso mais pra frente. Mais eu sabia que ele tinha gozado porque ele fazia a mesma expressão que os caras faziam quando gozava não filme.
Leo parecia estar exausto e eu achei que não daria pra ele naquele dia. Mais quando eu olhei novamente pro seu pau estava duro, duro feito pedra. olhei pro leo e disse

_ (eu) tá preparado pra me comer

_ (ele) acho que tô, acho não, eu tô!
virei o inverso dele e fiquei de quatro, olhei pra trás feito uma verdadeira prostituta e disse "me come leo, me come por favor, enfia esse pauzão no meu cu. Me arromba, tira a minha vingirdade. Quando disse isso leo, veio todo sedento comer meu cu, mais antes dele enfiar o pau elê fez o que eu queria e comecou a chupar meu cu. Nossa quando sentir a língua dele no meu cuzinho, foi iam coisa mágica. sentir um prazer tão grande, que contorci todo o meu corpo. E comecei a gemer, agora eu que gemia alto, leo sabia chupar um cu, ele anternava em colocar toda a língua, ou colocava só a pontinha. Ele começou a bater na minha bunda. E apertar ela, nossa eu tava me sintindo igual o cara do filme. Leo começou a dizer

_ (ele) ta gostando tá, tô chupando igual o cara do filme?

_ (eu) tá muito gostoso leo, você tá chupando melhor que o cara do filme. Isso continua, tá muito bom.

_ (ele) quero que eu infiar meu pau na sua bonda quer?

_ (eu) quero! Quero muito infiar o seu pau na minha bunda. Enfia vai, enfia.

_ (ele ) então pede, pede meu pau, pede. Quero ver você pedindo igual o cara do filme.

_ (eu) eu quero seu pau, infiar seu pau no meu cu. Me arromba com esse pauzao. enfia tudo no meu cu. Quando eu disse issó, ele enfiou de uma só vez. Caraca que dor, que eu senti, eu nunca tinha dado, era a minha primeira vez, eu dei um grito que eu acho que a minha mãe provavelmente tinha escutado. Leo se assustou:

_ (ele) que foi Paulinho te machuquei? Quer que eu pare?
disse que não, e ele continuou, mais ele foi fazendo um vai e vem devagarinho, comecei a me acustumar, e leo começou a bombar mais forte. enquanto ele bombavá em mim, ele batia na minha bunda, beijava a minha numa, mordia a minha orelha. E eu gemeia, tentava contrário os meus gemidos, mais era difícil, sentir o pau de leo rasgando o meu cuzinho era uma senação que eu fiquei desejando a semana inteira. Leo já tinha se soltado de vez, dizia coisa como: "toma meu pau", " "nao pediu minhá pica agora toma", "vou comer o seu cu sempre agora", " vai ser meu puto". Todas essas frases que ele disse tinha falado no filme, a melhor coisa que eu fez foi botar esse filme pra ele. Ele começou a fazer o movimento de vai e vem mais rápido. Começou a se gemer mais alto. E deu um leve grito, quando escutei aquilo, meu corpo todo se contorceu, era como se eu não sentisse mais o meu corpo. Eu cair na cama, e leo caiu em cima de mim…