Vovó taradona 3

Autor

Sou Sandra uma ex senhora recautada, que agora virou uma puta profissional, bom gente fiz em seguida, pois nesses mês foram muito agitado pra mim, e aconteceu muitas coisas na minha vida, depois que eu transei com meu neto, por exemplo, agora estou morando em São paulo ( por motivos de segurança não revelarei o meu paradeiro e ainda estamos), mas decidi conta logo, até chega aonde estou ta bom galera, espero que curtem.
Depois da nossa última transa entre eu e o meu neto, transamos so duas vezes, ai estava na penúltima semana, recebe uma ligação, era minha filha falando um supresa que mudaria a minha vida de uma forma extraordinária.
– oi filha tudo bem?
Minha filha do outro lado da linha.
– mãe as crianças estão ai?
Eu respondo.
– sim filha estão, pq?
– ta bom, estou indo ai ta, tenho novidades pra falar.
Do nada ela desligou sem dizer tchau, contei as crianças e eles estavam ansiosos para saber o que era, pensei " será que é algo grave".
Até que ouvi uma buzina, fui abri a porta e vir minha filha e o marido dela felizes, perdi para entra pra dentro, eles se sentaram e deram esta notícia.
– quero falar uma coisa pra vocês meninos.
Eles ficaram ansioso, e então ela falou.
– vamos mora em São paulo, pois recebe uma proposta Boa e decidi aceita.
Fabrício não curtiu muito a a Fernanda pulou de alegria, mas quando ela deu outra notícia ai ele ficou feliz.
– e como a casa é grande, eu e seu pai estaremos trabalhando, quero convidá minha mãe pra ir pra São Paulo.
Eu não perdi tempo e aceitei na hora, com o tempo vende minha casa, deixei meu falecido marido, mim despedi das minhas amigas e partimos para São Paulo.
Chegarmos em sao paulo, minha filha comprou uma casa e novo carro, um bairro choque de São Paulo e os tempos de passaram, Fabrício tem o quarto dele, Fernanda tem a dela e eu tenho outro quarto só meu, sai com a minha família e formos.para o shopping compra roupas novas e calçados, os dias se passaram e veio a noite.
Todos foram dormi, só ficou eu e o Fabrício, ele estava sentado no chão vendo netflix, eu estava pronta pra atacar, como seu que eles tem o sono pesado, mim levantei, estava vestida de roupão pois eu tinha saído do banho, e fui passar na frente dele, até que eu de propósito, fingir que eu iria cai com a minha bunda na cara dele, e ele segurou minha bundona e viu que eu estava pelada, e falou: – velha safada quer dar pra mim ne?
Olhei pra ele e falei.
– ta esperando o que, mas agora vai ser um pouco diferente.
Ela franziu a testa como querendo entender a disse:
– como assim diferente vó?
Ai responde.
– primeiro vai ser na casa nova, segundo vai ser em São paulo e terceiro so vai comer meu cu.
Nossa o menino arregalou os olhos, e pelo ar do rosto dele, ele adorou a ideia. Tirei meu roupão e ele nem perdeu tempo, tirou toda a sua roupa, e primeiro lambeu meu cu bem gostoso, nossa eu enlouquece com a Chapada dele no meu cu, ninguém nunca tinha feito isso antes, e vai sar a primeira vez que eu faria anal, mas esse seria o melhor momento pra fazer isso.
Ela ficou de pau duro na hora, ai tirei meu roupão e fui descendo devagarinho, abri minha bunda e fui descendo bem devaga sentir o pau dele na entrada do meu cu, ai entrou na portinha e sentir dor, ai mim levantei rápido, e no momento eu e o Fabrício levamos um susto, ao ouvi uma voz.
– vo tem que molha com saliva mas ainda.
Era minha neta a Fernanda descendo só de calcinha, nisso fiquei fria e suava como louca, até que ela falou u.a coisa que mim acalmou.
– calma vovô, o Fabrício mim falou tudo, e seu que a senhora sabe tudo, então vamos abri o jogo, e será nosso segredinho ta.
Ela falou com ar de sorriso de felicidade ao ver sua avó, dando o cu pela primeira vez para o seu irmão.
– vou ajudar a senhora. Disse Fernanda.
Ela mim deu um lubrificador, e perdiu para passar no meu cu, ai.passei nossa que delícia nunca sentir nada igual, ai ela falou pra mim.
– senta bem devaga vovó, quando senta, ficar parada um pouco até o pau dele acostuma dentro do seu cu, ai é so foder.
Ai fiz o que ela falou, fui devagarinho, entrou no meu cu nossa foi uma mistura de dor e prazer, pois sei um gritinho bem baixinho e fiz cara feia, e o meu neto também fez cara de dor, até que fiquei parada por alguns tempos, e ai quando vir que a dor sumiu, foi só alegria, que delícia vou, calvaguei gostoso na rola dele, e fiquei de frente pra ele, vir no rosto dele uma mistura de felicidade e prazer, e a minha neta, sentou no sofá e começou a a siririca, nossa que delícia foi aquela noite, ele comendo meu cu, e minha bunda apertava a rola dele, ele começou a suar de prazer e game bem baixinho, e a Fernanda na siririca bem gostosa, até que olhei pra ela é disse.
– agora Fernanda dar a buceta pro seu irmão chupa.
Ela na hora recusou, e falou que só iria dar quando ela estive pronto, e eu repreenda.
– Fernanda dar agora pra ele, ou vou falar pra sua mãe sobre o que vc andar fazendo.
Na hora ela ficou meia brava, ela veio ficou, tirou a calcinha e veio até ele, ai fiz ele coloca a cabeça no sofá , enquanto eu sentava com o meu cu na rola dele, Fabrício chupava a irmão dele, nossa ela começou a enlouquecer, revirava os olhos, e eu gemia gostosamente, e a Fernanda também fazia o mesmo, pois agora ela sentiu como seu irmão é bom de cama.
A foda continuou até que Fernanda disse:- vó agora é a minha vez, quero sentir o pau do meu irmão,.
Vir a felicidade de Fabrício no rosto, era o sonho dele comer a irmazona dele, eu sair de cima do pau dele, e deixei a Fernanda no comando, ai ela veio e ficou em cima do pau dele, pegou o pau dele e colocou no cu, nem precisou lubrificar, o.menino uivou de dor e de tesão e começou a calvaga e eu comecei a bate uma bem gostoso, ai fiquei de 4 do lado dele, e ele começou a lambe meu cu, enquanto isso Fernanda não parava de calvaga na rola do irmão, pulava sem para no pau do irmão, nossa aquela língua faz enlouquece.
– que delícia irmãozinho, isso comer o meu cu, aaaiii. Falava Fernanda aos delírios de prazer.
E ficarmos reversando entre eu e Fernanda, até que ele gozou no cu da irmã, porta como.fiquei com raiva, pq era pra ser no meu é não no dela, nesse dia iniciamos a Fernanda na putaria, e foi gostoso ver essa putaria gostosa.
No dia seguinte fingirmos que estava tudo normal, formos pra piscina, bricarmos, foi uma festa so, ai a tarde chega a minha filha com uma mulher, e apresentou a todos.
– olá gente está é a Simone, a nossa empregada.
Simone é negra tem 48 anos, cabelo baixos enrolados, olhos escuros, baixinha, gorda, leitura e tem uma bunda gg, e uns lábios carnudos.
Dermos a Boa vinda a ela, ela agradeceu, e minha filha levou para mostra o quarto dela pois ela iria dormi ali, eu, meu neto e minha neta, começamos a brinca na piscina, foi muito divertido. A noite caiu e agora veio uma outra supresa e ouço a campainha toca, minha filha foi atende, e por incrível que pareça era a Janaína , quando.Vir essa mulher, mim encheu de ódio, e falou.
– irmão posso falar com você e a sua esposa?
Demoraram duas horas até que eles desceram da escarda e anunciou uma notícia que mim desagradou.
– crianças a sua mãe e eu decidirmos acolher a sua tia aqui, pois ela se separou do marido.
Eles ficaram felizes, e eu fiquei com raiva e pensei " agora tenho que comperti com essa biscate o meu neto", mim encheu de raiva, naquela noite eu e Fabrício e Fernanda, transamos feitos loucos, e ele realizou meu sonho de ter gozado no meu cuzao, foi uma transar deliciosa, a Janaína ficou no outro quarto, perto da empregada.
Então gente agora em diante por enquanto nada ainda, mas sinto que vai rola, pois essa biscate esta arrudiando meu netinho, vamos ver o que será que vai acontecer.
Tchau e sonham comigo…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 3 votos)
Loading...