Vovó taradona 2

Autor

Olá gente sou Sandra muito prazer, como vocês já leram agora sabe da minha vida, pra aqueles quem não sabe, por favor leiam, pois no outro relato falei de como a minha vida mudou pra melhor é claro rsrs, neste conto vou narra o que aconteceu comigo, depois de uma semana do ocorrido anterior, agora vamos ao que interessa.
Passou uma semana depois do ocorrido, quando soube da morte do rapaz fiquei chocada, mas continuei a viver, fiquej lembrando daquele dia, e sentir um tesão ao lembra de tudo aquilo, e aí bate uma siririca bem gostoso, até goza.
Tava na cozinha quando o meu celular tocou, era a minha filha:- oi mãe tudo bem?
Eu responde.
– sim filha tudo ótima e você?
Em seguida respondeu.
– sim mãe tudo ótimo.
Na minha mente tava assim, será que eu conto o que aconteceu comigo ou não?. Mas pensando bem resolvi não conta, pois ai ela iria fazer o maior alarde, e além do mas, o rapaz está morto mesmo, então resolvi intera.
– então filha eles já estão vindo? Falei pra ela.
Ela responde no outro lado da linha.
– sim mãe, liguei pra te avisar que já saíram agorinha, então esperem eles ai ta?
Eu responde:- ta bom filha.
Ai ela falar uma coisa que pra mim não é novidade.
– o bom disso é que eu e o Miguel, vamos fazer uma noite de loucura.
Eu rindo perguntei.
– o que minha filha.
Ela do outro lado sorriu e disse.
– supresinha mãe, supresinha rsrs.
Ai depois nos despedirmos, e fiquei pensando no que eles dois vão apronta, ai veio na minha cabeça mil coisas, mas depois deixei pra la.
Dei uma varrida na casa, limpei louça, deixei a casa nos brilhos, fui tomar um banho, depilei a buceta rsrs, deixei ela lisinha, fui no quarto e mim maquiei pois queria mostra que eu estava bem, e fiquei esperando eles na sala.
Quando deu uma hora e meia, ouço a buzina do carro, já sabia que era eles, mim levantei do sofá, e fui a direção a porta, e abri, quando vir eles meus netinhos lindo, a Fernanda tava linda demais, agora o Fabrício como cresceu, lembro dele bem pequeno e chamo eles pra entra.
– entrem meus amores.
Eles entraram e o pai deles foram buscar as malas deles, eu cheguei perto deles e deu um abração neles, deu um beijo neles, o Miguel entrou e deixou as malas nos quartos deles, pois só tinha um quarto com duas camas, ai o Miguel falou.
– aqui vocês dois vão dormi , por favor nada de brigas da, e se compertem.
Fernanda protestou.
– de novo com esse piralho.
Ai falei: – se vocês quiserem, um dorme na minha cama o outro ficar no quarto.
O Miguel tomou a palavra.
– não vai dormi tudo junto e ponto final.
A Fernanda não gostou e ficou com cara feia, o MIguel foi em direção ao Fabrício e deu um beijo no rosto, e na sua Fernanda também, ligou o carro e foi embora.
Fabrício e Fernanda foram para o quarto arruma o guarda roupa, e eu fui atrás e fiquei encantados com eles, como estão lindos, Fernanda pegou um short de malhar Branca e uma blusa e foi pro banheiro, e o Fabrício foi para a sala, fiquei com ela na sala, a Fernanda saiu do banho, ai em seguida Fabrício entrou pra toma banho, Fernanda ficou deitada no sofá mexendo no celular, enquanto isso Fabrício saiu do banho e foi pro quarto dormi.
Depois de três dias, eu, Fernanda e Fabrício nos divertimos muitos, fizermos muitas coisas boas juntos e vir que eles estava adorando esta comigo, até que uma noite acordei com calor, e fui toma água, quando ouvi sussurros no quartos dos meus netos, e uma coisa ouvi a Fernanda falar pro Fabrício.
– e ai gostou?
E em seguida ele responde.
– gostei demais.
Na hora veio na minha cabeça, o que será que eles estão falando, ai veio um comentário que até hoje não acredito que saiu da minha netinha.
– viu o bundão da vovô?
Fabrício responde.
– sim vir, ê grande.
Fernanda outra vez pergunta.
– teria coragem de comer o cu dela?
Nossa aquilo dali mim deixou louca de raiva, ai mimha vontade era de falar com eles, e exigir respeito, mas fiquei ali parada pra ouvi até aonde iria, ai o Fabrício faz uma pergunta que jamais esquecerei em toda a minha vida.
– e você teria coragem de chupa a vovô.
Nossa não acreditei na pergunta vindo de um garoto de 13 anos, mas fiquei ali parada e ouvindo o que mas eles iriam falar de mim.
– sim eu teria, se você comesse ela. Respondeu Fernanda.
Ai a Fernanda olha para o pau do irmão e falar.
– mas já Fabrício, já tá duro?
Fabrício responde.
– sim Fernanda, quer ver?
Nossa gente eu fiquei louca, dali resolve interrompe, voltei para o quarto bem devagarinho, e fiz o barulho na porta, como se eu estivesse abrindo a porta, ai ouvi barulho mas camas tipo, alguém se arrumando pra deita, fui na cozinha, deixei o copo cai de propósito, e eles não se levataram, ai voltei pro quarto, e tranquei a porta, e fui dormi com aquilo na cabeça.
No outro dia acordo pensando no que eles estavam falando, passei o dia todo pensando naquilo, vir que a Fernanda tava no celular e o Fabrício tava no quintal brincando com o filho da vizinha, cheguei perto da Fernanda Fernanda perguntei.
– vamos no supermecado Fernanda?
Ela respondeu.
– não vovó, vou ficar aqui de Boa.
– ta bom Fernanda, vou demora pois de la vou na casa da minha amiga ta?
Fernanda responde.
– ta bom vovô.
Fui vestida de com uma saia grande toda com flores, e fui no supermecado compra comida, como sempre os homens são tarados, e começaram a dar em cima de mim, como barbam esses homens, não pode ver bunda grande que já pensam em comer, de la fui na casa da Veronica minha amiga, fiquei lá jogando conversa fora, até que a hora, ja era a hora de volta pra casa, mim despedi dela e voltei pra casa.
Ao chega em casa entrei em casa e vir que a Fernanda não estava, não ouvi nenhuma voz, ai pensei comigo mesma " devem está dormindo os dois", ai entrei bem devaga pra não acorda eles, fui no quarto deles e não vir eles, eles não estavam no quarto, até ouvi uns gemidos la no quintal, fui devagarinho e vir a cena que até hoje não acredito que vir, minha netinha linda sentanda no pau do vizinha e chupando o pau do irmão.
O filho da vizinha eu conheço bem, se chamá elias, tem 12 anos, Moreno, olhos castanhos, baixinho, magrinho, mas até que é lindinho.
Fernanda pulava feito louca no pau dele, e o irmão virava os olhos, nossa nunca tinha imaginado que aquela garota linda, patricinha e bem vaidosa, fosse na verdade uma putinha, o menino embaixo dela delirava com aquela buceta, ele dava tapas na bunda dela e falava.
– vai isso a aiii.
Aquilo inflamou por dentro, não sabia se outra vez sentia raiva ou tesão, o Fabrício com os olhos revirados gozou na boca da irmã, ao percebe que em breve o Elias estava preste pra goza ela saiu de cima da rola dele, e ele gozou fora, ele deu um uivo e a Fernanda chupou o pau do Elias todo gozado, que loucura, o Fabrício protestou.
– pq que todos fazem com você é eu não?
Fernanda respondeu.
– ainda não está preparado, agora vocês dois se arrumem antes que vovó chega.
Vir no rosto do meu neto o desapontamento, ele queria participa mas a irmã não deixou, aquilo mexeu comigo mas uma vez, ver a tristeza do meu neto e a putinha que é a minha neta, ai decidi vira a próxima puta, gente fui pra guerra.
Já era noite Fernanda estava no quarto no celular conversando com algumas de suas amigas, enquanto isso Fabrício estava na rua conversando com o filho da vizinha, chamo pra entra, ele entra a peço pra ele se troca a dormi, ele vai se troca e foi um beijinho de Boa noite nele, Fernanda vendo aquilo, ficou chateado o irmão, os dois começam a briga, até com a voz de brava falei.
– param de brigaram vocês dois.
Os dois pararam e mim olharam com cara da assustados, e falei brava para os dois.
– Fabrício você vai dormi comigo e Fernanda vai dormi ai sozinha, não quero dormi com vocês dois brigando.
Nossa se as coisas é pra acontecer, pois por incrível que pareçam acontece, pois queria sastifazer o meu neto naquela noite, e do nada isso acontece, que destino maravilho é esse rsrs.
Fabrício foi pro meu quarto, enquanto a Fernanda ficou no quarto de hóspede, Fabrício entrou e já se deitou, eu fui armada para o crime rsrs, fui no banheiro e coloquei um baby doll transparente, com uma calcinha bem pequena Vermelha ( comprei na mao de uma amiga minha depois do ocorrido com o rapaz, pois queria usar pra ele, mas o destino queria que eu usasse com o meu neto, e vou usar), olhei no espelho e vir de como eu estava gostosa para meu neto, ele vai enlouquece quando ver a vovó gostosa que ele tem
Quando eu fui entra no quarto vir que ele estava sentado na minha escrivaninha pois eu adoro ler la, e dava desenhando, quando entrei a fechei a porta do quarto e tranquei, ai com uma suave chamei ele.
– anjinho olha pra trás pra vovó.
Quando ele virou a vou a vovó bem sexy pra ele, Gente o menino ja era branco ficou mas branco ainda rsrs, ai perguntei.
– e ai gostou da roupa de dormi da vovó?
E ele com voz meia trêmula faliu:- nossa vovó, a senhora ta muito gostosa.
E ficou de boca aberta, do nada ela jogou a folga de desenho no chão e virou a cadeira pra mim, ai nesse momento liberei meu lado puta, cheguei perto dele, virei de Costa e disse.
– Pega na bunda da vovó.
Sentir a mãozinha dele gelado, mas foi gostoso, sentir a respiração dele ofegante.
– e ai gostou da bundona da vovó?
Ai ele respondeu na hora.
– sim como é grande.
Ai meu lado puta acelerou mas ainda, fui e sentei no colo dele, nessa hora sentir a respiração dele ainda mas acelerado, e comecei a rebola e rebola bem gostoso, e sentir o pau dele crescer na minha bunda, ele começou a aperta meus peitos, passar a mão todinha em mim, ai mim levantei e peguei na mão dele, e fiz ele senta na cama, tirei o pijama dele e comecei a chupa bem gostoso aquele pau delicioso, nossa como chupei, fiz mil e umas loucuras com aquela pau na minha boca, e ele revirava os olhos, ficou até barbando de tanto tesão, no.momento tirei tudo é fiquei pelada na frente dele, deitei na cama, abri minhas pernas e perdi.
– vem netinho lindo, e chupa minha buceta.
Ao mim ver assim, veio como um louco e começou a chupa minha buceta, nossa como.pode ele sabia chupa, nada mal para um garotinho, fiquei louca, gemia como uma loba no cio, comecei a goza e revirei os olhos, nossa nunca imaginei que sentiria isso na língua do meu netinho, foi uma sensação de loucura misturado de puro prazer, mim levantei, mandei ele deita na cama e deitou, o pau dele tava super duro, subi na cama e disse.
– agora meu anjinho, você vai comer minha buceta, sei que você não comeu o dar sua irmã, mas a minha eu deixo.
Ao ouvi isso Fabrício arregalou os olhos e ficou chocado, fui descendo e encaixou certinho na minha buceta, e comecei a calvaga como uma louça, comecei a pular e ele começou a gemer bem gostoso, ai agregando meu bundão e comecei a pula em cima da rola do meu neto, ele revirava os olhos, comecei a beija ele loucamente, o pau dele tá todo atolado na minha buceta, e eu falei com uma voz de puta.
– vai dar tapa na cara da vovó.
E ele dava tapas na minha cara, eu adoro isso, e eu pulava loucamente na rola dele, ai sair de cima, mim levantei e virei de Costa mostrando o meu cuzao pra ele, e sentei de Costa na rola dele, e fiquei pulando e ele dando tapa na minha bunda, que sexo gostoso que tivermos naquela noite, que maravilha de trapaça, naquela noite o meu destina tava traçado, com meu neto, farei tudo pra ele.
Sair de cima dele e fiquei de 4, ai mesmo ele enlouqueceu, mim comeu deliciosamente e eu gemia como uma louça no pau do meu neto, foi uma foda incrível, até que eu perdi pra ele senta na cadeira, foi e sentou, e eu fui peguei no pau dele e sentei de frente, nossa calvaguei na uma vez, como é prazeroso ver os olhos daquele menino revirando, e calvaguei gostoso naquela rola, até que ele gozou dentro de mim, que delícia sentir um gozo jovem dentro de mim, ele ficou exausto da nossa trepada.
Coloquei ele na cama e perguntei.
– Fabrício com quem você aprendeu a transar, foi com sua irmã ne?
Ela respondeu e a resposta dele foi um choque pra mim.
– não vó, foi com Minha tia Janaína.
Já vir ela no ano passado, é morena, alta de uns 1,84, olhos castanhos, bunda arrebitada, peitos médios, casada com Renato, e tem 32 anos.
E ainda falou mas.
– a Fernanda vó sabe, e acorbeta ela, pois ela se diverti com isso.
Ai pergunto pra ele.
– como se diverti Fabrício?
Ai ele revela uma coisa chocante pra mim.
– ela grava e mandar para as amigas dela.
Nossa fiquei chocado com isso, não acredito que a irmã usar o irmão pra isso, com o término da conversa, dormi pelada encostando à minha bunda na rola dele.
No dia seguinte tudo normal, mas sentir tesão pelo meu neto, agora sei pq ele é tão profissional na arte do sexo, e fiquei louca pra dar pra ele outra vez, mas a Fernanda ainda entrará no jogo, no meu jogo.
Tchau gostosos.