Uma noite qualquer

Autor

Meu nome é Renato,tenho tenho 35 anos,sou casado com Roberta,33,e temos uma filha de 12 anos chamada Aline,nao sou nem magro,nem gordo,corpo proporcional,digamos assim,tenho 1.77 de altura,Roberta é bonita e gostosa,mas nao é dela que quero falar,Aline,nossa filha,é morena ,cabelos pretos,olhos castanhos,pela idade ,os seios sao pequenos ainda,mas ja tem um quadril largo e uma bunda muito gostosa.Meninas nessa idade hoje em dia desenvolvem mais rapido,do que antigamente.Vou ser sincero,sempre me senti atraido por novinhas assim,se voce nao é,melhor nem ler meu relato.Meninas nessa idade tem um misto de inocencia e seduçao,o que mexe muito comigo.Enfim,trabalho numa empresa em horario comercial e minha esposa é enfermeira,ou seja,tem noites que ela tem que fazer plantao e nao passa a noite em casa.Foi numa dessas noites que tudo começou.Estava eu na sala,ouvindo musica e tomando um vinho,era por volta de dez da noite,minha filha que estava no quarto,vai ate a sala e me diz
-Ta tudo bem pai?
-Ta sim filha,por que?
-Voce ai sozinho,ouvindo essa musicas,pensei que tava triste
-To nao filha,to so aqui pensando na vida,quer ficar aqui um pouco com o papai?
Ela tava com um conjuntinho de pijama branco,podia ver a marca da sua calcinha,naquele tecido fino,se sentou do meu lado no sofa.Sentou,cruzou as pernas,passei meu braço pelos seus ombros.Sentir aquele cheiro,aquela pele macia,aquilo foi me dando muito tesao
-Filha voce ja tomou vinho alguma vez?
-Nao pai,claro que nao ne kkkkk,so tenho 12 anos esqueceu?disse ela rindo
-Quer experimentar?
Ela fez que sim com a cabeça,dei um gole de vinho pra ela,ela tomou e sorriu.Ficamos ali ouvindo musica,ela tomou mais um pouco
-Senta aqui no colo do pai
Ela sentou de lado no meu colo,passei um braço pela cintura dela,e com a outra mao fui fazendo carinho na sua coxa,ela passou um braço pelo meu pescoço.Ficamos ali se olhando e conversando,minha mao indo cada vez mais pra proximo de sua virilha,nao sei se ela nao percebeu,devido ao vinho que tinha tomado,ou se nem ligou,por esse mesmo motivo.Eu tava de calça de moletom,ela sentia meu pau em sua bunda
-Filha voce ja beijou?disse eu
-Ai pai,kkkk,que pergunta
-Quer que o pai te ensina?disse eu cheio de tesao e me aproximando ainda mais do seu rosto
-Sua boca é muito gostosa filha,aposto que seu beijo deve ser uma delicia(realmente ela tinha labios carnudos)Estavamos bem proximos,sentia a respiraçao dela perto da minha boca,nem esperei a resposta dela e lhe dei um beijo
Minha boca tocou a dela,ela meio desajeitada foi abrindo os labios,e coloquei minha lingua dentro da boca dela,foi um beijo meio estranho,mas mesmo assim foi muito gostoso
-Babei né pai,disse ela rindo
-Tudo bem filha,primeiro beijo é assim mesmo,vamos dar mais um pra ir treinando
Ficamos assim,ela sentada no meu colo,a gente abraçados e nos beijando,conforme iam os beijos,ela ia melhorando,sabendo o que fazer com a lingua,e minha mao passando pelo seu corpo,suas coxas,seus peitinhos,ainda por cima da blusinha do pijama.Tentei por vezes tocar na sua bucetinha,mas ela so deixou por cima do short,quando tentava colocar por dentro ela,segurava minha mao.Ficamos assim um bom tempo,beijos,caricias,movimento dela no meu colo.Foi uma delicia,tinha realizado minha vontade
-Filha,nao vai contar pra mamae que a gente brincou assim ta?
Ela olhou pra mim com uma carinha de safada,que jamais tinha visto ela fazer
-Ta bom pai,kkkkk,segredo nosso
Nos beijamos por mais um tempo e a noite acabou nisso.Nao transei com minha filha,nem tentei muito alias,mas só a ideia de que a gente tinha feito algo proibido,que ela tambem tinha gostado.Aquilo fez eu me sentir um muleque novamente,tava radiante de felicidade.Me masturbei aquela noite,gozei gostoso pensando nela.No outro dia de manha,quando estava indo trabalhar,encontrei minha esposa chegando,dei um beijo apaixonado nela e fui
Nesse dia minha esposa estava de folga,entao quando cheguei a tarde em casa ela estava la.ela e nossa filha.Dei um beijo em ambas e fui tomar banho.Jantamos,conversamos amenidades do dia e fomos assistir novela na sala.Quando acaba a novela minha esposa diz
-Vou tomar um banho
-Ah mae,eu tambem ia,tava só esperando a novela acabar(disse Aline)
-Ta bom menina,pode ir primeiro(so tinhamos um banheiro em casa)
Entao nossa filha se foi,e ficamos eu e Roberta na sala,se beijando.Quando ela saiu do banheiro,estava com uma camisolinha rosa,cabelos molhados,estava linda demais
-Agora vou eu(disse Roberta)
Quando ela foi ate o banheiro,fui ate a lavenderia,Aline foi la pra estender no varal a toalha de banho.Dei um abraço nela por traz,eu tava so de short sem cueca ela podia sentir meu pau duro.Ela se virou de frente,ficamos com o rosto proximo.Nao pensei duas vezes e lhe dei um beijo na boca,agora sem o pretexto do vinho,apenas a vontade mesmo.Ela retribuiu o beijo e depois disse
-Pai,voce ta louco?kkkkkk,a mamae ta no banheiro
-Eu sei filha,é que to com saudade do seu beijo,pensei em voce o dia todo
Ela fez carinha de safada e disse
-Pensou mesmo é?
-Claro que sim filha,adorei seus beijos
Puxei ela pra mim e nos beijamos de novo,ali,de pe,na lavanderia,enquanto minha esposa tomava banho
Enquanto a gente se beijava,fui erguendo sua camisola,passando a mao em sua bunda,ela apertando minhas costas,o tesao tomava conta de nos,o desejo mutuo,a sensaçao de proibido,encostei ela na parede e fui roçando meu pau nela(ainda estavamos com roupa)ergui uma perna dela pra colocar na minha cintura,davamos loucos beijos e faziamos movimentos quase que sexuais,como a casa era pequena,deu pra ouvir quando Roberta fechou o chuveiro.Eu e Aline nos separamos,fui pro meu quarto,transtornado de tanto tesao e Aline foi pra sala disfarçar.Minha esposa foi ate a lavenderia levar a toalha dela,quando chegou no quarto,eu ainda estava de pau duro,ela viu e pensou que era por causa dela.Fizemos um sexo delicioso essa noite
No outro dia fui trabalhar feliz,e mais feliz ainda por saber que nessa noite minha mulher ia ter plantao no hospital de novo
Continua….