Uma noite qualquer Parte 2

Autor

Obrigado a todos que comentaram.Para entender melhor,sujiro lerem a parte 1,quem ainda nao leu
Fui trabalhar todo feliz naquele dia,nao via a hora de ficar a sos com minha filha novamente,o dia passou normal,a noite tambem,jantamos apenas eu e ela,conversamos um pouco sobre coisas triviais e fomos cada um pro seu quarto.Estava no meu quarto pensando na situaçao,no que a gente tinha feito,sabia que era errado,que era um risco,nem posso imaginar o que a mae dela,minha esposa,faria se descobrisse,mas so quem pegou uma menina na idade de Aline(12 anos)sabe como isso é bom,a pele,o cheiro,meninas nessa idade enlouquecem um homem,e sendo minha filha ainda,aquela sensaçao de desejo,de proibido,me fazia eu me sentir como um muleque novamente.Fiquei ali pensando nela,ate que criei coragem e mandei mensagem pra ela por audio no celular
-Filha ,ta acordada?
-Claro ne pais,ta cedo,respondeu ela por audio tbem,dando uma risadinha
-Posso ir ai?perguntei
-Pra que?rio novamente
-Pra conversar um pouco,to sem sono(era pouco mais de 10 da noite)
-Vem
Quando ela disse isso,fiquei todo animado,nao sabia se ela tinha entendido que eu nao queria so conversar,mas foi o suficiente pra me deixar com tesao,e la fui eu,tava so de short ,sem cueca e sem camisa,cheguei ate a porta do quarto dela,bati na porta e disse
-Filha
-Pode entrar pai
Quando entrei vi ela sentada na cama com as pernas esticadas e as costas enconstada na cabeceira,tava usando um conjuntinho de pijama branco e azul,sentei do seu lado,passei meu braço pelos seus ombros,acho que ela notou minha ereçao,pois olhou pra mim e sorriu
-Pensei muito em voce hje sabia,disse eu
-Ah é?pensou o que?
-Saudade filha,vontade de,nao terminei a frase
-Sei,kkkk,sei o que voce quer,ela me disse
Me aproximei dela e lhe dei um beijo no boca,ela retribuiu ao meu beijo,começamos a nos beijar,passei a mao nos seus cabelos,desci ate seus ombros,sua cintura,e fui puxando ela pra mim.Ela entendeu minha intençao,e foi sentando no meu colo,continuamos nos beijando,ela com os braços em torno do meu pescoço e eu passando as maos em suas costas,desci ate sua bunda,apertei aquela bunda gostosa,meu pau tava muito duro,e ela sentada de pernas abertas no meu colo,começou a rebolar,se movimentar,sentia a bucetinha dela roçando no meu pau,fui colocando minha mao por dentro do short dela,por dentro da calcinha,o tesao tomou conta de nos,nao eramos mais pai e filha,eramos um casal se entregando um ao desejo do outro,beijei seu pescoço,ouvia ela gemendo e falando(Vai paizinho)aquilo ao inves de me dar sensaçao de culpa,me dava mais tesao ainda,queria comer ela ali,naquela hora,fui me levantando ainda com ela no colo,ela passou as pernas em torno de mim,me levantei,e voltei pra cama,mas com ela ficando com as costas no colchao e eu por cima,fui tentando abaixar o short dela,mas ela segurava minha mao
-Nao pai,ela falava
Eu beijando ela,insistindo em baixar o short,mas ela nao deixava,aquilo foi me dando uma frustraçao e ate um pouco de raiva,foi entao que eu disse
-Vai filha,deixa eu tirar sua roupa,voce nao quer fazer com o papai?
-Quero pai,mas tenho medo,disse ela no meu ouvido
Nessa hora me afastei dela,sentei na cama,um pouco chateado e um pouco indeciso.Sera que eu ainda devia insistir?Sera que a indecisao dela nao era um sinal pra gente parar ali e nao fazer aquela loucura?Ela viu minha cara de contrariado e disse
-Ficou bravo comigo pai?
Olhei ela ali ainda deitada,aquele pijaminha mostrando quase todo seu corpo,suas pernas,o volume de sua buceta,os peitinhos,aquele rostinho de criança me olhando
-Claro nao filha,eu te amo
-Tambem te amo pai
Nao queria forçar o sexo,mas meu tesao por ela era imenso,foi entao que eu disse
-Filha,voce ja viu algum menino pelado?
Ela fez carinha de safada(eu adorova quando ela fazia essa cara)e me disse
-Menino nao,mas ja vi homem
Nesse instante fiquei muito bravo,de pensar que minha menina ja tiinha visto homens sem roupa
-Onde voce viu?Quem voce viu?perguntei em tom de voz serio
-Relaxa pai,ela riu,Vi em videos de whats app,as meninas mandam e eu vejo,riu de novo
-Ah bom,menos mal entao
-Pai eu nunca fiz,nunca estive com ninguem
-Me mostra esses videos entao,eu falei
Ela pegou o celular que estava num movel ao lado da cama,sentou do meu lado e foi mostrando uns videos de sexo que mandaram pra ela num desses grupos de whats app
Saber que minha filha via essas coisas,me deu mais tesao e mais vontade de fazer isso com ela,vimos uns 2 videos de pouca duraçao,quando estamos vendo o segundo video,eu de pau duro de novo falei pra ela
-Podia ser eu e voce ne(me referindo ao casal que fazia sexo na cena)ela deu risada e disse
-Safado
-Filha,voce so viu em video,quer ver um de perto?
Nem esperei a resposta,fui puxando meu short ate os joelhos,meu pau tava duro,ela olhou abismada,nao que eu tenha um pau gigantesco igual todo mundo conta nesses contos,meu pau é normal,ela ficou assim por que tava vendo de perto pela primeira vez
-Nossa pai,é grande
-Faz carinho nele,disse isso ja pegando a maozinha dela e colocando no meu pau
Sentir aquela mao pequena,aquela pele macia tocando no meu pau foi maravilhoso,fui segurando a mao dela,fazendo o movimento pra ela bater uma pra mim,ela entendeu o que eu queria e depois que soltei sua mao,ela continuou sozinha,tava tao gostosa aquela punheta,que nem fiz nada,dexei ela fazer sozinha e nao demorou muito pra eu gozar,esquichou no chao e sujou um pouco a sua mao,ela me olhou com um sorriso nos labios e um bilho nos olhos,como quem estava orgulhosa de si mesma pelo que tinha feito
-Gostou paizinho?
-Adorei filha,disse isso em seguida voltei a beija-la
Continua…..

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 4 votos)
Loading...