O dia em que comi minha avó

Autor

O que vou relatar aqui é real, aconteceu fazem mais ou menos 5 anos.
Minha avó por parte de pai morreu muito jovem, não cheguei a conhecê-la, me avô se casou novamente e por ele morar no interior sempre tive pouco contato com ele, ele faleceu e minha vódrasta veio morar ao lado de casa, eu sempre tive tesão em comer minhas primas, tias, aliás, tem uma tia que creio que vou comer ela até o carnaval, aí venho aqui dividir com vocês, voltando ela se mudou e passamos a ter mais contato, ela é uma velha, não tem nada de especial, uma pessoa normal, mas descobri que ela estava saindo com um cara casado, e aí comecei a pensar merda, passei a ir mais na casa dela e ela na minha, e ela sempre falava que tinha muitas meninas atrás de mim, que também eu era muito gostoso, eu vivia abraçando ela por trás, brincando, falava pra ela – vem cá então que vou pegar você.
Ela dava risada mas percebia que no fundo ela gostava, um dia em casa ela apareceu, eu estava sozinho, ela sentou e começamos a conversar, entrei no assunto q gostava de mulher mais velha e falei que uma mulher na idade dela era meu fetiche, ela falou que mulher mais velha era muito melhor que novinha, perguntou se eu já tinha tirado algum cabaço, eu sentei do lado dela segurei a mão dela e coloquei no meu pau, era nem tentou recuar ficou apertando e eu já quase gozando pela situação, coloquei os peitos dela pra fora e comecei a chupar, só que me irmão chegou e tive que parar, mas estava decidido a comer a velha, a noite fui na casa dela , ela abriu a porta e eu já saquei do pai, falei que ela não escaparia, fui de novo para os peitos dela e ela se ajoelhou pra chupar, eu levantei ela depois de uns minutos de mamada coloquei ela de 4 no sofá e mandei rola, comi até o cú da velha, ela ficou doida, na hora de gozar pedi pra gozar na cara dela, foi incrível encher a cara da vódrasta de porra.
Só transei c ela esse dia, depois rolou apenas mais uma chupeta e ela se mudou novamente, mas que tesão foi meter nela.