Minha Prima mais Velha

Autor

Olá, o que passo a contar é verídico e aconteceu na minha infância, mais especificamente a partir do ano de 1977. Eu na época tinha 08 anos, era um garoto alto, magro e bastante ativo e curioso e confesso que sempre olhava com olhos de desejo para a minha prima mais velha, uma garota de 14 anos, bem feita de corpo, cabelo longo e liso, comprido até a metade das costas, um corpo de mulher, apesar dos seios serem pequenos, possuía coxas grossas e uma linda bunda, da qual chamava muito atenção por onde andava.
Costumávamos frequentar a casa de nossa avó todas as tardes, eu ela e juntamente com vários outros primos e primas; costumávamos brincar no quintal, pois era grande com algumas arvores e gostávamos de esconde-esconde e eu sempre que podia procurava me esconder junto com a minha prima (Solange) estava, pois eu tentava me encostar nela e até mesmo dar algumas alisadas naquela maravilhosa bunda e ela nunca se queixou (permitia). Em uma dessas noites fomos brincar e quando reparei não mais achei a minha prima, pois ela já tinha ido se esconder, foi então que eu comecei a procura-la, enquanto os outros primos foram se esconder e para minha surpresa flagrei a minha prima na garagem da casa vizinha que estava desocupada e ela estava acompanhada de mais dois marmanjos (garotos) mais velhos, um o Tataú de 19 anos e o nosso tio Edu de 18 anos, e para minha surpresa e delírio ambos estavam passando a mão nela, colocavam ela de mãos encostada na parede e ela empinava a bunda para que ambos ficassem passando a mão naquele objeto de desejo, nossa que tesão, ela toda facinha com aquela maravilhosa bunda empinada e os dois no delírio passando freneticamente a mão ….que visão maravilhosa, me recordo até hoje!!!
Depois desse dia\flagra comecei a ser o álibi deles, pois sempre que queriam ficar na sacanagem eu estava presente, como observador, visto que eu era ainda muito pequeno, comparando com os dois marmanjos e só conseguia fazer algo quando os dois não estavam presentes e mesmo assim, eram algumas encoxadas, passadas de mão e alguns beijos na boca, que ela dizia estar me ensinando.
Depois o Tatau começou a namorar e não mais participava das brincadeiras, sendo que ela ficou praticamente exclusiva para o Edu e o bom disso, é que ela queria ficar na sacanagem e começou a estimular uma outra prima, mais nova para ficar comigo, ambas na sacanagem, mas será assunto para um outro momento.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...