Minha historia -01

Autor

Ola pessoal!! esse é meu primeiro conto escrito, desculpem alguns erros ou faltas de alguns detalhes; tudo q irei relatar nesse e nos proximos contos sao verdades e que aconteceram comigo, Hj tenho 29 anos e moro no estado de SP mas nasci me criei e vivi ate os 22 anos de idade em uma cidadezinha no interior de Mato Grosso, bom vamos ao que interessa.
———
Fragmento solto de memoria
Ano de 1995 tinha 7 anos de idade, nao lembro muito bem como começou ou como fui convencido a participar, mas ficou na memoria apenas a imagem de meu irmao me levando ate um paiol (em MT chamamos de paiol o lugar onde se guarda ferramentas sementes coisas assim ) na casa do nosso vizinho, ele se chamava Pablo meu irmao tem 4 anos a mais que eu entao na epoca ele tinha 11 e esse vizinho uns 16, lembro perfeitamente de entrar nesse luugar com meu irmao e o pablo ja estar deitado pelado em um monde de panos velhos, e meu irmao mandar eu chupar o pau de pablo, lembro do nojo do cheiro do gosto ruim e nao querer fazer isso, mas me ameaçar me bater e eu na inocencia fiz, lembro q nao demorou muito mas o gosto da primeira esporrada na boca com apenas 7 anos ainda nao me sai da memoria.

—————
depos do ocorrido em questao de 2 anos a familia desse vizinho se mudou, e esporadicamente meu irmao tentava algo comigo. Isso ate o ano de 2001 ja com 13 anos minha irma mais velha casou e meus pais trabalhavam o dia todo eu na setima serie estudava de manha e meu irmao ja com 17 anos estudava a noite ou seja passavamos a tarde toda juntos ate a hora dele ir pra escola a noite.
Uma dessas tardes estavamos brincando nao me recordo do que mas lembro de estarmos no sofa da sala e ele me segurou pela cabeça e começou e esfregar minha cara no seu pau (ele ainda estava de calção) ele ja tava de pau duro, e nessa brincadeira eu abaichei o calçao dele pra ver aquilo. Meu irmao ja com 17 anos magro alto com uma pica q pra mim na epoca era enorme grosso, fiquei olhando ate q ele me pediu pra por na boca, fiz o mais rapido q consegui e mamei aquele pau de maneira desajeitada mas fui ate ele gozar na minha boca, aquela tarde mamei ele mais 2 vezes.
Depois desse dia virou rotina mamava ele toda tarde e toda noite quando ele chegava da escola, como ele chegava tarde eu ja estava dormindo e como dividiamos o mesmo quarto eu era sempre acordado com ele tentando por a pica ja dura na minha boca, lembro de ele mandar eu nao fazer barulho pra nao acordar nossos pais.
e é dai que vem mais historias ….
bom vou ficando por aqui se quizerem saber o resto é so votar e comentar que escrevo o resto