Manaus deliciosa

Há dois anos atrás por motivo de trabalho morava-mos em Manaus, e quem conhece sabe o calor que lá faz, nossa casa era no bairro de Vieiralves uma zona nobre da cidade e com uma piscina que era o lugar preferido nosso, enfim , na época minha mulher tinha 37 anos e estava no auge da beleza e da sensualidade, e aquele calor a deixava muito exitada , era só a gente se tocar e logo estava-mos na cama fazendo amor, e numa dessas trepadas fantasiando falei que adoraria em ver ela trepando com outro homem ou outra mulher , e achando que ela ficaria brava fala antes de gozar que como ela já conhecia como era trepar com homens preferia uma mulher e gozou em seguida e muito , e eu muito exitado com a conversa tambem.
Dali em diante sempre que fazia-mo amor essa fantasia estava presente , e em um belo sabado de muiiiito sol e calor absurdo ela se bronzeava na beira da piscina e eu bebia uma caipirinha em uma sacada da sala na sombra , e escuto nosso vizinho que chegava na casa em frente a nossa, fui até o portão e o chamo e convido ele pra beber comigo, ele aceita na hora, entra e ficamos bebendo e papiando, mas não avisei minha mulher que ele estava ali , e quando dei por mim vejo minha mulher deitada , de frente para o sol e tinha tirado o soutien como ele estava de costas pra piscina não a via , e isso me deixou exitado pois se ele se virasse ia ver os seios lindos e fartos que ela tem, deixei mais um tempo e fui até ela , e aviso que tinha visita em casa e ela fala brava que eu a avisasse pois assim ela se cobria, e voltei pra sacada , alguns minutos depois ela aparece e com certeza ela se vingou de mim, pois colocou uma saida e piscina transparente e estava sem o soutien e logico podia ver seus seios deliciosos , e a calcinha era toda enfiada dento do bundão dela, o cara ficou pardo ao ver aquelas tetas soltas na cara dele e quase a engoliu com os olhos, podia ver no seu calção um volume crescendo ela se vira pra ele e pergunta da esposa, que ele a chame pra tomar sol na piscina, eu emendo e falo que a chame e assim faría-mos um churrasco, ele sai e em minutos volta com a esposa que devia ter a mesma idade , e tambem tinha um belo corpo, e ela chegou chegando pois já veio de com um biquini que era minimo , deixei as duas na piscina e fomos compra cerveja e carne.
Quando voltamos era a visão do paraiso , as duas deitadas de costas e com o soutien desamarrado , suas bundas deliciosas com um bikine muito pequeno todo enfiado, não deixava o copo delas vazio e mordiscando uma carne elas ficavam muito alegrinhas, e numa dessa de encher o copo falo pra minha mulher que ela deveria soltar os nós da calcinha para que não ficasse com marcas , e ela pede que eu solte, e a deixo com um pequeno pedacinho cobrindo aquele bundão e o nosso amigo vendo faz o mesmo e ficamos apreciando as duas quase nuas, voltamos e ouvimos a risada delas e falei que beleza que estão se divertindo , e logo me veio na memoria nossas fantasias , mas foi um susto quando vemos elas se levantando e deixando seus bikines no chão e nuas vão para o chuveirão , bebemos a cerveja aos goles e rápido , e elas se tocavam embaixo da agua , e dão um beijo delicioso e mergulham na piscina , minha mulher se apoia na beira da piscina e oferece a buceta a amiga que beijando sua barriga acha sua buceta e a chupa delicadamente , ela gemia alto e pede que ela não pare e avisa que ia gozar , e da pequenos gritos de prazer e goza , elas se agarm e se beijam novamente e dessa vez nossa amiga se apoia e oferece a buceta a minha mulher que cai de boca na buceta dela e arranca gritos de prazer , e nós paralisados olhando aquele show , a amiga aos gritos avisa que ia gozar e da uma tremenda gozada, elas voltam a se beijar e saem da piscina e vem em nossa direção , nos sentamos e elas sentam nuas em nosso colo e nos beijão , sentia o gosto de buceta na boca dela e elas falam que tinham realizado uma fantasia mas agora queriam era pinto entrando em suas bocetas , eu a levanto e a pego pela mão e falo aos amigos que a casa era deles e que ficassem a vontade , e levo minha mulher pra o nosso , ela se joga na cama e de pernas abertas fala : vem meu corninho vem comer a bucetinha que outra mulher chupou gostoso , fiquei doido de tesão e salto em cima dela e a penetro a fazendo gemer e ela falava que adorou ser chupada por outra mas gostava era de pau fodendo ela , a comia com força , e escutamos o barulho do outro quarto nossa amiga gritando e pedindo pra ser fudida, , deu mais tesão e entrava e saia com força e ela aos gritos avisa que estava gozando e queria que eu enchesse ela de porra, gozamos muito.
Daquele dia em diante houve varios churrascos, e noitadas pelo bares de Manaus , mas sempre elas sentiam primeiro o sabor das bocetas e depois a gente se divertia , só uma coia elas não faziam era trocar de maridos pois eram duas onças de ciumes, mas não dava pra reclamar, era delicioso tempo maravilhoso .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,00 de 1 votos)
Loading...