Iniciando meu filho a mim comer

Autor

Olá galera voltei, voltei para casa, a minha vida normal voltou ao normal, passou duas semanas que voltei do interior, e sinto saudades do meu homenzinho, até hoje, depois que eu voltei de la pensei comigo mesmo e agora o que será de mim sem ele, dia e noite pensava nele, até no trabalho e nas vidas com minha esposa pensava nele, até que não aguentei e liguei pra minha irmã, ela mim falou que estão bem, os dois ainda fazem sexo, as vezes a Valéria vai la também com seu filho, e agora tem uma terceira pessoa a dona Claudia, que ela falou que está amado dar pro Roberto, e ela ainda disse mas que fiquei feliz, que o Roberto sentir a minha falta, e que não para de pensar no titio dele, ao ouvi isso fiquei super feliz, ai veio a pergunta, e eu como ficaria?
Sair do trabalho e fui pra casa, tava cansado e louco pra descansa, cheguei em casa, entrei na garagem de casa, e vir que não tinha ninguém, entrei e fui direto pro quarto, tirei a roupa e fui pro banheiro, fiquei um pouco la pensando no roberto, nossa que saudade daquele menino, como diz o ditado " a primeira vez agente nunca esquece", realmente não mesmo, pois sempre fico lembrando dele, naquela pica dele dentro do meu cu socando bem forte e gozando dele, dando leitinho quente.
Sair do banho so de toalha, pois o banheiro ficar do lado do meu quarto, ai chegam a minha esposa e meus dois filhos, vou descreve-Los, o mais velho se chamar jhonata, tem 11 anos, meio alto, olhos castanhos, magrelo, e é bem tímido ( mas agora ta se soltando kkkk), e adora celular, o outro se chamar Caio, tem 8 anos, olhos castanho claro, é menorzinho, adora assistir tv ( esse vou iniciar ele, estou louco pra ver como ele se sai), e é muito apegado a mãe, quando mim viram vieram mim abraça, e depois correram para os seus quartos, cada um tem seu quarto, isso mim ajudou muito a iniciação rsrs, a minha mulher veio até mim e deu um beijo gostoso e depois foi para o quarto tira a roupa e colocar um short jeans curta, pois minha mulher adora usar roupa curta em casa, mas mim parece que os meninos ficam louco, pois ela tem uma bunda grande é gg, e quando ela abaixa pra pega alguma coisa do chão, os meninos não tiram os olhos, também ne quem mandou ser sexy e gostosa.
Já era umas 00:40, quando minha mulher mim acorda, e vejo uma visão gostosa, minha mulher de calcinha preta fio dental com um sutiao preta, nossa pirei na hora e meu pau endureceu feito pedra, ela veio até mim bem devagarinho na minha frente e falar.
– agora quero dar pra você bem gostoso seu safado.
Eu estava cansado, mas não poderia nega um sexo gostoso dessa deusa maravilhosa, e ela começou a tira minha cueca, e viu o meu pau duro, pegou na minha rola e começou a chupa gostoso.
-isso vai delícia, chupa gostoso vai, safada.
Ela chupava e me olhava nos olhos, vendo meu tesão absoluto.
Ela tira a calcinha e mostra aí buceta raspadinha, ela vai e senta na minha cara, que cheio gostoso a buceta dela, vou e chupa ela loucamente, dou uma mordidinha de leve no grupo dela, ela falar gostoso, e depois passo a minha língua no cu dela, ela delira, revirando os olhos e gemenso gostosamente.
– isso safado, tava com saudade dessa língua, vai aaaiiii. Falar com uma voz bargada de tesão.
Ela se levanta, e depois eu mim levando, e ela ficar de 4 pra mim, ela pega as suas bochecha da bunda dela e mostra o seu maravilhoso cu pra mim, ela vira a cabeça e falar.
– vem delícia mim come vai.
Vou atrás dela, pego na minha rola e enfio com gosto naquela buceta deliciosa, ela geme bem alto, e eu atrás soco com força naquela buceta deliciosa, dou tapas na bundona dela ( ela adora leva tapas na bunda), soco bem forte até ela enlouquece, depois ela vai pega na minha mão, mim puxa pra cama, e eu cair deitado, ela vem por cima de mim.
– agora quero calvaga gostoso nessa rola. Falar com voz de autoritária.
Ela pega meu pau é coloca na buceta, ela comeca a calvaga bem gostoso, sem para, a bunda dela bate nas minhas coxas, ela delira e grita gostoso.
– aaahhhh delícia.
Eu pego naquela bunda e dou mas tapas, isso acerde mas o fogo daquela maravilhosa mulher, depois ela levanta, quando eu ia levanta ela falar.
– quem mandou levanta, agora quero que comer meu cu.
Ao ouvi isso ficou louco e tesão, quase cair pra trás, pois estamos casados a 13 anos e ela nunca liberou o cu dela, e do nada ela libera, nossa essa viagem fez bem pro nosso casamento, ela vai cospi na mao dela e passar no cu, fiquei pensando " como ela aprendeu a fazer isso", ai ela sentou bem devagarinho, e gritou numa mistura de dor e tensão ( sei como e rsrs), e nisso ela começou a calvaga bem devagarinho, depois que o cu dela acostumou ao meu pau, ela acelerou e começou a pular, a cama balançava violetamente, foram minutos maravilhoso comendo o cu da minha esposa, até que eu anuciei o meu gozo.
– vou goza delícia aahh.
– isso goza no meu cu cachorro. Diz ela com voz de safada.
E gozei gostoso dentro do cu da minha mulher, ela saiu de cima e caiu do outro lado da cama exausta por causa da foda gostosa que agente tivermos, o cu dela tava saindo toda a porta, e minutos depois ela dormiu, eu pelado fui pro banheiro, no caminho para o banheiro vir uma luizinha bem pequeno no quarto do jhonata, fui lá pra ver o que é, e vir uma cena que mexeu muito comigo naquela, vir meu filho batendo punheta, nossa que cena gostosa, aquele pau uau que delícia, aquilo mexeu comigo loucamente, minha vontade era de entra la e dar pra ele, mas meu respeito de homem e de pai falava mas alto, sai dali e fui no banheiro bem devaga pra não espanta ele.
Passou 8 dias depois da foda com a minha.mulher com direito ao nosso primeiro anal, e vendo meu filho mas velho a masturbando, nossa que noite maravilhosa, e ficava pensando nesta cena do meu filho se masturbando, não parava de imagina, e por incrível que pareça eu e minha mulher fizermos mas uma vez um sexo gostoso, e mas uma vez vir meu filho se masturbando, ai veio uma coisa na minha cabeça " será que meu filho ouvi os gemidos da mãe, e depois bate pensando nela", vir voltando do trabalho pensando nisso, ai tive uma ideia, vou deixar a porta um pouco aberta e colocarei meu espelho grande de frente pra porta, nesta noite fiz sexo com minha mulher, e a minha armadilha seu certo, quando minha esposa estava calvagando em cima do meu pau com os olhos fechados, vir no espelho o meu filho gravando a nossa transar, o interessante é que não sei raiva e sim tesão pelo o que meu filho está fazendo, minha mulher cansada caiu do outro lado da cama e deitou, eu esperei uma minutinhos e fui para o quarto do jhonata, e devido naquele momento, já que o meu homenzinho está longe de mim, hoje darei para meu novo comedor o meu filho, fui na direção do quarto dele e vir que ele tinha fechado a porta, abri bem devaga e vir que ele estava dormindo com a rola pra fora, fiquei com água na boca.
Eu cheguei bem perto dele e fui bem devaga ao chega perto, peguei na rola dele q era um pouco grande mas dar pra mim sastifazer, e comecei a chupa, e ai do nada ela acorda, na escuridão do quarto, ela começou a mim tatear pois queria saber quem era que dava chupando a rola dele e perguntou.
– quem é?
Eu responde.
– sou eu meu filho seu pai.
Ao ouvi a minha voz ele se assustou a quando ela ia se levanta eu empurrei ele pra ficar na cama.
– não para vai, o que está acontecendo?.
Falou com uma voz de supresa misturando com raiva.
Aí eu falei.
– para filho eu sei de tudo viu.
Fui na direção da porta e tranquei, e depois pedir pra ele liga a lanterna do celular, quando ela ligou, ela mim viu nu, e ficou com cara de espanto e falei pra ele.
– não faz barulho, se não vai acorda o seu irmão e a sua mãe, quero te falar uma coisa mas sem escândalo ta.
Ele balançou a cabeça fazendo sinal de possitivo, fui e sentei ao lado dele comecei a explicar.
– você só vai mim esculta e não vai falar nada.
Eu sei que todas as vezes que eu e sua mãe transando você ouvi os gemidos da sua mãe e depois vem pro seu quarto se masturba, já tinha percebido isso é fiz uma armadilha pra você, e você caiu direitinho.
Ai em seguida ele mim interrompe.
– que armadilha?
Ai em.seguida responde.
– falei pra você calar a boca, eu deixei uma frecha na porta de.propósito e coloquei um espelho pra ver você, e você filmou e isso mim enlouqueceu de tesão.
Meu filhos escultava tudo isso, com feichoes de espanto.
– e nas minhas férias fiz sexo com seu primo.
Ao ouvi isso o meu filho, ficou espantado colocou a mão na boca.
– ele comeu meu cu, e sinto falta disso meu filho, e agora que eu vir como você tá um homenzinho, quero dar pra você.
A reação do meu filho foi de espanto, ele nem falou nada, eu parei de falar e fiquei olhando pra ele, e pra quebra o clima de silêncio perguntei a ele.
– e ai você topa fazer amor com papai?
Ele não falou nada, e falei mas uma vez com agora a minha mão na rola dele.
– prometo que ninguém vai sabe, nem sua mãe, nem sei irmão, só quero sentir uma rola jovem dentro de mim.
Ele nada falava, vir que ele ficou em choque com a minha revelação, e vir que o clima entre nós ficou meio agitado, então fiz uma coisa que jamais mim arrepende, peguei o celular do meu filho e apaguei a lanterna, depois ataquei ele com um beijo gostoso na boca dele, e nos dois deitamos na cama, comecei a beija-lo de língua e ela meio desajeitado, mim correspondia, ai fui descendo com a minha língua no corpo dele todinho, e ele com uma respiração ofegante, até que eu cheguei bem no pau dele, chupei ele loucamente e ela ofegante e dar gemidos bem baixinho, chupei as bolas dele, e sentir que o pai dele tava bem duro, e como vocês sabem, eu adoro uma lambinha no meu cu, até hoje o que meu filho mas gosta é de lamber ele, pois ela falar que minha bunda parece de mulher, e tão grande que é pois sou gordo rsrs.
Perdi pra ele abaixa mas um pouco e sentei na cara dele, sentir que ele estava estava sem ar, pois minha bunda tava ocupando a cara dele todinho, ai levantei um pouco e disse.
– calma filho, quando não tiver ar, você bate na minha bunda que eu vou levanta, quero que você colocar a sua língua no cu do papai ta.
Em seguida ele falou.
– ta bom.
Ai sentei de novo, e ele meteu a língua la dentro do meu cu, que delícia sentir a língua dele no meu cu, peguei na mao dele e ensinei ele a bate na minha bunda, e ele aprendeu rápido, depois mim levantei, peguei o celular dele outra vez e liguei a lanterna pra ver o rosto dele, e vir que ele estava com a feichoes de que tava gostando daquilo, depois dei um beijo na boca dele, e olhei nos olhos dele e falei.
– agora meu filho você vai sentir o mesmo que seu primo sentiu, agora vai comer meu cu e goza gostoso dentro dele.
Ele aí ouvi isso ficou espantado e só balançou a cabeça, fui cuspi na minha mão, depois com o cuspi coloquei no meu cu pra lubrifica, ai fiquei de pé na cama, e peguei na rola dele, e fui descendo bem devagarinho, vir no rosto do meu filho, que ela estava curioso pra ver como seria, e bem devaga coloquei o pau dele na entrada do meu cu , e fui descendo até entra todinho, ela deu um grito bem baixinho pra não acorda a sua mãe e seu irmão, eu também sentir uma dorzinha, pois faz tempo que eu não dava meu cu, ai levantei um pouco, ai outra vez comecei a descer, até que entrou todinho, fiquei parado pro meu cu acostuma com a rola dele, vir que ele delirou pois recitou os olhos, e comecei a calvaga bem devaga, e ele gemendo bem baixinho, nossa que delícia ouvi outra vez um gemido jovem, melhor ainda é do meu filho, ai quando vir que se acostumou, comecei a calvaga acelerando um pouco mas o ritmo, e minha bunda batendo nas coxas dele, e ele gemendo e falando.
– ai que delícia pai, isso continua.
Até que ele gozou, nossa fiquei meio frustado e disse.
– ja meu filho, nem deixou papai se diverti.
Ele meio decepcionado falou.
– desculpa pai, é que eu não pude segura.
Ai perguntei.
– você é virgem filho?
Nossa a resposta dele mim pegou de supresa.
– sim papai, sou sim.
Eu fiquei feliz pois foi eu que tirei a virgindade dele, ouvindo isso, fui e dei outro beijo na boca dele, e ele retribuiu com um beijo gostoso, olhei nos olhos dele e disse.
– agora filho, você vai sempre comer o.papai, mas escondido pra ninguém percebe ta.
Ele meio feliz pois gostou da experiência disse.
– sim papai, tá bom.
Sai do quarto dele com o meu cu cheio de porra, sair meio frustado, pois queria mas, mas compreendo meu filho pois foi a primeira vez dele e sei como é, fui no banheiro lavei meu cu, e fui direto pra quarto, não vou metir pra vocês neste dia não consegui dormi, pois pensava na minha transa com meu filho, mas sorte minha que amanhã era minha folga do trabalho.
No dia seguinte mim levantei com uma olheira, a minha esposa estava do meu.lado toda nua por causa da nossa transar, viu que eu não dormi e perguntou.
– acordado agora amor?
Responde.
– sim mor, estava sem sono.
Ela se.levantou mim deu um beijo na boca, vestiu seu short sem calcinha, vestiu seu top, mim deu um beijo na boca e disse.
– vou fazer o café, mas tarde quer ir ao cinema comigo e com as crianças.
Eu responde meio cansando e com sono.
– não mor hoje não, vou descansa, pois acho que estou com insônia.
Ela responde.
– ta bom gato.
Ela se levantou e foi pra cozinha, minutos depois mim levanto e vou a cozinha e vejo minha mulher de Costa prós meninos, e eles olhando a bunda dela, quando ela vir de frente, eles desfançam, por dentro começo a ri, sendo a mesa e vejo meu homenzinho, todo feliz por ter comido o cu do papai, ela mim olhar a dar um sorrizinho sacana.
A tarde chega e vejo minha mulher toda gostosa, calça jeans apertada que deixa ela toda gostosa com a bunda arrebitada, que bom que a minha mulher faz academia, e usando uma tomada que caia Vermelha, e os meninos todos lindos, principalmente o jhonata, gatinho do papai, eles vem a mim abraçam, que delícia de abraço, e depois vem a minha mulher e mim dar um beijo gostoso na boca, e foram ao cinema.
Bom galera por hoje é so, sei que ficou meio fraco pois a primeira vez com meu filho foi rápido, mas na nossa segunda vez, foi maravilhoso, pois agora ele ta começando a ficar fera em comer o cu do papai.
Até mas galera…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 3 votos)
Loading...