Felina Menina -V-

Autor

Voltamos para casa e Roberto e Marcelo já haviam chegado, Letícia foi tomar banho e ficamos conversando, quando Letícia saiu do banho almoçamos e depois do almoço Letícia foi para o quarto se deitar, Roberto e Lena foram também se deitar e ficou eu e Marcelo conversando sobre pescaria e fomos lá no quarto do quintal para ele me mostrar umas iscas falsas, adoro pescar fui criado convivendo com o mar e de uma forma ou de outra o mar sempre esteve presente na minha vida. Entramos e ele começou a rir kkkkk de que tá rindo ? eu vi escondido na janela o que você e Letícia estavam fazendo kkkk safadooooo kkkk já sei tocou uma bela punheta ? claro kkkk já fiquei de pau duro e o volume no meu short largo não deixava dúvidas quanto a minha excitação e passando a mão no short de Marcelo peguei e apertei o pau do garoto e também vi que estava em ereção ! acho que você queria mesmo era estar no lugar dela kkkkk eu não kkkk já transou alguma vez ? não só mesmo umas brincadeirinhas kkkk inclusive com a irmãzinha gostosa ? ela te falou ? não apenas tirei conclusões ! a gente brinca desde que ela tinha dez anos mais só brincamos ! eu sei e acho normal ! sentamos no banco que apelidei do banco da perdição e sem nenhuma cerimônia enfiei a mão dentro do short de Marcelo e peguei em seu pau e coloquei para fora do short e fiquei masturbando lentamente, devia ter uns 15 cm ! gosta ? muitoooo, botei meu pau para fora e pegando em sua mão levei a meu pau que ele segurou e também ficou masturbando lentamente esticando e colocando a cabeça toda para fora, abracei o garoto e busquei sua boca e nos beijamos e nesse momento nos levantamos e continuamos a nos beijar agora Marcelo já sem o short e nossos sexos em total ereção se esfregavam e minha mão apertava a bunda de Marcelo e meu dedo buscou seu cuzinho e fiquei acariciando lentamente enquanto mordia seu pescoço e me abaixando tomei seu pau em minha boca e passei a lamber e chupar e meu dedo forçou a entrada daquele cuzinho virgem e sob protestos foi entrando cada vez mais e minha boca era incansável enquanto meu dedo agora entrava e saía do cuzinho virgem do garoto e logo ele gemeu alto e jatos de porra quente escorreu em minha boca e rosto e me levantei e busquei sua boca e nos devoramos num beijo e minha mão continuou a masturbar aquele pau adolescente espremendo até a última gota quente de sua porra. Marcelo levantou o short e sentamos no banco e como eu ainda não tinha gozado pedi a Marcelo para me chupar também e ele prontamente me atendeu e eu enfiei a mão dentro de seu short e passei a alisar e apertar sua bunda e meu dedo buscou novamente seu cuzinho e ficamos assim ! chupa meu menino gostosoooo ! enfiei o dedo no seu cuzinho agora sem protestos enquanto Marcelo lambia e chupava meu pau ! nossaaaaa quero que você seja minha fêmeaaaaa, quero tirar o cabaço desse cuzinhoooooooo vou gozarrrrrrr safadooooooo gostosooooooooooo chupaaaaaaaaaaaa maissssssssss e despejei na boca de Marcelo meu gozo quente que ele engoliu um pouco e cuspiu o resto ! nos beijamos e ficamos abraçados e eu falava em seu ouvido ! deixa eu meter em você, não agora mais em outro momento, estou louco para gozar nesse cuzinho apertado ! Marcelo me olhou e falou ! vou pensar ! o que eu ganho com isso ? depois falamos sobre isso, vamos lá para dentro vou deitar um pouco com minha menina e assim o dia terminou e há noite tão sonhada estava começando. -continua-

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 2 votos)
Loading...