Descobrindo o prazer lésbico

Autor

Este relato é real e aconteceu a pouquíssimo tempo… Eu sou universitária, e para economizar com passagens e gastos com lanches na faculdade me mudei pra uma kitnet bem perto da facul, é a primeira vez que moro sozinha e eu tava me sentindo muito sozinha, pois por mais que eu tenha amigas, elas não ficam 24h por dia comigo e eu acabo ficando carente de ter alguém pra bater um papo em casa… Foi nessa carência que eu me aproximei da minha vizinha, a Leda seu nome. Nós nos conhecemos a princípio nos esbarrando na escada no prédio é ela sempre muito simpática me desejava bom dia, boa tarde, etc… Até que um dia nos esbarramos na lavanderia, e estava estendendo minhas roupas quando ela chegou com as dela… Normalmente, e com zero intenção de absolutamente nada começamos a conversar a princípio sobre o varal de roupas e quando vimos estávamos numa conversa agradável sobre a vida kkk… Ela perguntou se e morava sozinha eu contei que sim e ela me disse que morava com o filho e dois gatinhos de estimação… Bom resumindo ao máximo desde então passamos a nos falar sempre, mas apenas como boas vizinhas, nunca imaginei que eu fosse acabar na cama com ela, até porque eu SEMPRE gostei de uma pau gostoso na minha bucetinha quente, e jamais me imaginei colando velcro e com uma mulher mais velha.. a Leda é uma pessoa comum, uns 40 anos, nem gorda nem magra, altura mediana, branca, cabelos bem pretos até o ombro bem lisinho, tem olhos marcantes e me sorriso bonito… Eu tenho 22 anos, sou branca também, e curto malhar sempre que me dá coragem…vamos ao que interessa né…
Um domingo, eu tava em casa organizando a bagunça da semana que não tenho tempo, e a Leda bateu aqui em casa, ela tava com uma sacolinha na mão, era umas mangas que ela veio me trazer disse que tinha muito na casa dela é queria dividir para não estragar, eu a chamei pra entrar e iniciarmos um bate papo, eu comentei com ela que me sentia só, ela me aconselhou a sair mais nos fds, mas eu sou do tipo que prefere filmes e séries do que balada, ela disse que também se sentia solitária, pq desde que separou ela praticamente mora só pois o filho é muito "rueiro" …ofereci vinho pra ela, e nisso começamos a beber enquanto rolava um papo agradável… Só sei que entramos no assunto de sexo, ela comentou que desde que separou transou pouquíssimas vezes pq acha que perdeu o jeito de paquerar, eu a aconselhei baixar o Tinder e ela comentou que já havia tentando usar o aplicativo, mas que acabou conhecendo uma MULHER lá e que quase chegou nos finalmentes com ela, eu assustei e esbocei minha reação, ele sorriu e disse "calma" mas não rolou, eu curiosa perguntei porque é ela disse que elas conversaram muito antes de marcar o encontro, e que nessas ela sentiu tanto tesão que nem sabia me explicar, disse que mandou e recebeu nudes e tava disposta a fuder com a mulher mas no dia ela não teve coragem de ir… só sei que eu quis saber oque elas falavam e ela me deu o celular pra ler a conversa, inexplicável fiquei com minha buceta melecada, meu clitóris latejando e quando vi os nudes dela, caramba que buceta linda kkk acho que ela notou, e como já estávamos com vinho no sangue o tesão falou mais alto e acabamos nos soltando, então eu fui sincera e disse, "nossa fiquei até com vontade de experimentar uma buceta também" ela disse, desde que falei com essa mulher que eu tenho tara em saber o gostinho de uma" kkk sorrimos, e por dentro e eu só queria era cair de boca, sério! Até que eu disse, "sua buceta é linda parabéns, pelo menos na foto" ela falou "quer ver pessoalmente?" PRONTO foi o gatilho que faltava, eu quando vi já estava empurrando ela na cama e tirando seu shorts, foi mágico, minha xaninha tava quase pulando pra fora da calcinha, quando vi a buceta dela ela já foi abrindo as pernas e a xana com os dedos, tipo separando os lábios me convidando a chupar, e eu chupei NOSSA que delícia era aquela? Putz que coisa maravilhosa, chupei com vontade, depois revesamos e ela me chupou, bem melhor que qlq outro homem já fez… então esfregamos nossas bucetas, isso foi mais gostoso ainda, ela gemia com tanta vontade, mas bem baixinho, e eu também, ela empurrava minha bunda como se quisesse que minha xana entrasse na dela, e gemiamos tão gostoso, tava na delícia comi ela com meus dedos até ela gozar, que cena linda, ela gozou como se nunca tivesse sentindo algo tão bom na vida, caí fraca do lado dela, ficamos caladas olhando pro teto, ofegantes, que loucura aquilo tudo, bateu uma vergonha kkk ofereci um banho a ela, que disse que ia tomar em casa pra eu tomar o meu tranquila, não nos beijamos em momento algum, então dei um selinho nela enquanto ela se vestia, ela sorriu e foi embora…. Até hj ela não voltou aqui, acho que está com vergonha ou arrependida "(