Carnaval de 2018 promete e muito

Bem na minha Cidade costumeiramente sai todos anos um bloco de Carnaval antes do dia de carnaval, este ano resolveram sair no dia 13 Sábado, um bloco bem legal, não tem confusão, mais muita putaria, homens vestidos de mulher, coisa de louco, iria sair as 16 horas, e encerrava num campo de futebol onde ficava a bateria e o pessoal dançando, eu e minha mulher resolvemos ir no bloco, ela colocou uma sainha curta um blusinha bem a vontade, ele tem uns seios médios, uma bunda carnuda rebitada, pernas bonitas e sabe sambar no pé, quando ela dançava chegava ate mostrar a calcinha com o balanço da saia, acompanhamos a banda mais estávamos bem atrás, mais muita gente e no caminho aqueles ambulantes vendendo cervejas, e tome cervejas, o percurso e longo da volta na Cidade, e a gente dançando era um empurra empurra, a gente era encochado toda hora, eu percebi um mulato, forte, garoto novo, deveria ter uns 25 anos, eu notei que ele encochava ela, teve uma hora que ele segurou na cintura dela e puxou para junto de seu corpo, ela rebolava, ela estava gostando, eu sei que chegamos no campo já perto da 20 horas o campo estava cheio, nos fomos se acomodando ate que peguei um lugar que ficava do lado de um tronco de uma arvore enorme, encostado num alambrado, na verdade o cantinho só cabia ela mesmo, eu teria que ficar atrás dela, mais pensando numa sacanagem fui ajeitando devagarinho e deixei o mulato passar e fiquei ao lado não tinha como passar mais ninguém, fiquei observando ela debruçava no alambrado e pulando dançando, rebolava a bunda e o mulato encochava ela, o alambrado tinha um metro e meio de altura ela ficava debruçada o local era meio escuro,. pois era um pouco retirado, mais dava para apreciar a musica, minha mulher rebolava dançando, e o garoto encochando ela, eu já estava exitado , só vendo aquele esfrega esfrega , logo percebo que o garoto tirou a caçeta para fora, deu para eu ver que era uma senhora caçeta, grande grossa, como minha mulher estava correspondendo com as sua encochadas ele pegou e colocou a caçeta no meio das pernas dela, nossa ela rebolava o garoto tentou tirar a calcinha dela, ela mesma fez isso tirou a calcinha, notei que ele colocou uma camisinha e começou procurando a entrada da bocetinha , ela deu um gritinho, eu pensei entrou , nossa ficaram brincando um bom tempo ele com a caçeta dentro tirava e colocava ai ele gozou ficou um tempinho com a caçeta dentro, quando ele tirou de dentro a caçeta já estava dura de novo, ele trocou a camisinha, pincelou a caçeta na boceta dela, e meteu de novo, logo eu comecei escutar ela reclamar, e dizia não , não, eu cheguei perto e disse fala baixo o pessoal pode escutar, ela me respondeu ele quer comer o meu cu, eu respondi relaxa que entra e você vai gostar , ela foi relaxando, reclamando mandando tirar, ele tentava de novo ate que conseguiu depois de muito custo, mais gozou rapidinho , ai ele tirou ela se recompôs e saímos dali, fomos embora,

Sentamos num bar e pedimos uma cerveja, e ficamos conversando, ela me disse que doeu muito, mesmo na frente pois a caçeta do cara e muito grossa, mais estava gostoso, apesar do local não ajudar, se fosse numa cama nossa eu iria me acabar ele iria me arrombar todinha, no meu cu quando começou a ficar gostoso ele gozou e tirou, não deu para sentir nenhum prazer.

Já estávamos para ir embora aparece o mulato, dizendo pó estava procurando vocês, e pediu uma cerveja ficamos conversando, ele então disse a gente poderia ir para um local mais a vontade , minha mulher perguntou a onde, ele respondeu ali na frente tem um Motel, que tal a gente ir lá, ela ficou meio assim por ter que entrar com dois homens no motel, eu então disse a ela eu me escondo no porta malas, ela então disse então vamos.

Fomos para o motel, nossa nunca vi esta mulher gozar tanto, o garoto realmente era bom fodedor, nossa e uma caçeta de 22 cm por 9 cm, cabeçuda, se chuparam, ele meteu na boceta dela, quando ia gozar tirou a camisinha e gozou no embigo dela, nossa quanta porra, eu não aguentei comecei a chupar a boceta dela e chupei aquela porra todinha , que delicia, ele então começou a cutucar o cu dela, que desta vez estava querendo mesmo receber aquela caçeta dentro, se arreganhou todinha se abrindo ela deitada de bunda para cima ele veio ajoelhou sobre suas pernas e foi socando tudo ate o saco, ela foi empinando a bunda colocou travesseiro debaixo da barriga ficando com a bunda empinada o garoto quasse que de pé sobre a cama tirava tudo e metia tudo ate o saco, ela gritava ele socava, desta vez ele demorou muito para gozar na bunda dela, ela já não estava mais aguentando ele socou tudo e gozou lá no fundo, nossa que delicia quando ele tirou de dentro eu cai de boca na caçeta dele chupando o restinho de porra que faltava, nossa ela nunca deu tanto o cu como desta vez, ficou radicalmente arrombada, mais gostou muito, e eu adorei, esperamos que o carnaval deste ano prometa bastante aventuras.

O que aconteceu eu volto para contar para vocês, espero que tenham curtido .