Brincando peladinha

Autor

Bem a história que vou contar é baseados em fatos que aconteceram comigo alterei algumas coisas, mas a maioria dos acontecimentos aconteceu. Bem podem me chamar de Bia hoje tenho 18 ainda sou virgem é difícil acreditar mais é verdade , na época tinha por volta de 7 eu era uma garota magra de cabelos grandes e castanhas e de pele parda e vou contar minha “pequena aventura” na época moradava em um bairro calmo residencial onde os pais muitos vezes deixa a criança brincarem na rua sem que eles ficarem vigiando. Nesse bairro morava o namorado (eu chamava ele de tio Gabriel)da minha tia na época e ele era muito legal com as crianças (os meus amigos) vivia brincando com a gente e os pais confiavam nele. Por causa disso um dia quando eu e minhas amigas estávamos na rua brincando de casinha o meu tio apareceu e perguntou se eu e minhas amigas (Letícia, Luana e Ana) não queriam lanchar na casa dele pq ele tinha comprado bolo a gente concordou. Quando a gente estava acorreu tudo normal no início lanchamos e depois ele perguntou se a gente queria assistir um filme (ainda me lembro que filme era A pequena sereia até hoje quando vejo esse filme me lembra aquela época). Quando fomos assistir na sala o filme ele sentou no sofá no meio da gente e tava do lado dele, ele sabia que eu adorava que fizessem “carinho” em mim então ele começou a passar a mao no meu braço e eu não reclamei pq achava normal, mas em um certo momento ele começou a acariciar minha calcinha, eu olhei para ele sem entender mas ele só perguntou se estava gostando, só assinei com a cabeça e ele continuou. Estava gostando muito e foi abrindo mais a pernas a Letícia que estava do meu lado viu e perguntou:
-Tio pq tá tocando o “pipio” (era assim que a gente chama a vagina quando criança)
-é pq é gosto- ele respondeu- se tá duvidando é só perguntar a Bia
-é gostoso mesmo Bia ? – a Letícia me perguntou
Eu só respondi sim
-se é bom eu tbm quero
-ok vou fazer em vc- ele virou para a Luana e Ana e perguntou- vocês querem tbm
Elas responderam q sim
– ok então todos mundo tem q ficar de calcinha para eu dar carinho- ele disse para gente
-mas pq tem q ficar só de calcinha- a Luana perguntou
-pq é mais gostoso
Todas tiramos as roupas e ele pegou uma a uma no colo e acarario no nosso corpo todo dando mais atenção no “pipio”. Quando uma estava no colo dele as outras ficavam se tocando sozinhas. Eu foi a última e quando sentei no colo dele senti ligo uma coisa dura mas não comentei nada. Ele me encaixou bem em cima do pau dele, ele primeiro começava bela barriga e depois devagar a chegar na calcinha onde ele passava a mão grande dele por nossa bucetinhas, como nunca ninguém tinha tocado ali antes para mim foi um prazer sem igual. Ele ficava me beijando no pescoço e perguntou
-posso tirar sua calcinha bebe
Eu só respondi com um suspiro que sim.
Ele tirou minha calcinha e começou a passar os dedos por toda a minha bucetinha e dava gemidos de prazer e minhas amigas seguiram o exemplo e tiram as calcinhas tbm.
Quando ele percebeu que todas as estavam pelas se tocando ele me tirou do colo e falou
-vou mostra o meu “pipio” para vocês na hora todos ficamos animadas pq nunca tiamos visto um penis antes. Quando ele ficou pelado e revelou o pau duro dele fiquei meio sem reação pq nunca tinha imaginado que um penis fosse daquele jeito.
-vocês sabiam que ele tbm da carinho?-ele perguntou para gente-deixa eu mostra
Ele pegou a Letícia fez ela ficar de costas, disse para apertar as perninhas e começou a passar o pau entre as pernas dela e a bucetinha dela, ele ficou um bom tempo assim até q saio uma coisa branca do pau dele
-isso é leite q homem faz quando recebe muito carinho de princesinhas como vocês-ele falou para gente
A Ana perguntou se esse leite podia beber e ele respondeu q sim e se ela queria experimentar. Ana foi engatinhando e deu um lambida na cabeça ela fez uma cara de armago e disse
-esse leite é muito aramago
Então ele foi na cozinha e passou leite condensado no pau dele e pediu para ele lamber de novo e ela foi
Enquanto ela estava lambendo ele eu e as meninas ficávamos nos tocando passado a mão na bucetinha uma da outra, quando ele gozou na cara da Ana ele disse para a gente se arrumar e ir para casa pq nosso país já estariam precupados, mas ele deu um aviso para gente
-não é para contar nada oq acontece hj para seus pais pq se eles descobrirem iram brigar com a gente e que se a gente não falasse nada podíamos voltar a brincar mais.

Bem tentei contar a minha história não sei se ficou bom ou se vão gostar mais tá aí. Desculpa se alguém não gostou ou acho mais escrito.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,14 de 7 votos)
Loading...