As Gordinhas são as melhores !

Autor

" As gordinhas são as melhores na cama, pra compensar a falta de beleza elas vão dar uma surra de buceta pra você se apaixonar" Era o que o meu amigo Rafael falava o tempo todo pra mim.
Eu nunca dei muita atenção ao que ele falava, nem acreditava muito em sua teoria. Até o dia 19 de janeiro quando o caso desse conto aconteceu.
Meu nome é Josué, mas sempre fui conhecido como joca pelos amigos. Tenho 19 anos e moro na cidade de Petrópolis RJ. Apesar de ser um cara boa pinta ( pelo menos eu me considero ) os ultimos meses estavam sendo de vacas magras para mim. Não pegava quase ninguém, tão pouco comia alguém. Tenho uma amiga chamada Karine também de 19 anos. Karine pode ser chamada de Gordelícia. Tem um rosto lindo. Cabelos morenos lisos até as costas. Olhos castanhos claros, narizinho fino e uma boca carnuda. Seus lábios chamam a atenção. Porém seu corpo não é do padrão que eu gosto, ou gostava. Ela sempre foi gordinha. Estatura baixa. E obviamente tinha um peitão.
Eu sempre soube que Karine era apaixonada por mim, desde do tempo do ensino médio. Mas nunca dei muita bola. Porém como estava ficando mais caseiro nos ultimos meses, comecei a conversar mais com ela principalmente pelo whatsapp. Foi então que Ela me disse que estava afim de assistir o novo filme do Jujanji no cinema. Pensei que poderia ser uma oportunidade de sair um pouco de casa, então porque não convida-la para ir ao cinema ?
Dito e feito. Nós combinamos o horário certinho e passei na casa dela para busca-la. Logo quando ela abriu a porta fiquei impressionado. Ela estava com uma roupa provocante. Um baita decote preto. Uma calça jeans bem apertada e uma bota. Ela arrumada até dava um bom caldo. Mas isso nem passava pela minha cabeça até então. Durante o filme ficávamos nos tocando, dando as mãos e fazendo carinho. Estávamos tendo momento casalzinho, e eu até que estava começando a gostar disso.
Depois do filme passamos em um bar para petiscar alguma coisa e beber uma cervejinha. Foi ai que o problema começou. A bebida entra e a verdade sai. Muitas coisas provocantes começaram a ser ditas. Aquilo começou a me excitar. Quando fui a deixar em casa não aguentei e tasquei um beijo naqueles lábios carnudos. O beijo obviamente foi retribuído. Ficamos ali nos beijando durante um tempo. De repente sinto a mão de Karine subindo pela minha coxa e chegando no meu pau. Ele já estava completamente duro. Então por cima da calça mesmo ela começou a me punhetar.
-Safada !
-Safado é você que já ta com esse pau todo duro. Ta louco pra me comer né?

Então Karine começa a abrir o Zíper da minha calça e baixar a minha cueca até colocar meu pau pra fora. Sem eu pedir, ela já logo foi se inclinando para o meu colo, e começou um dos melhores boquetes que eu já recebi. Sua boca envolvia todo o meu pau. Seus lábios eram macios. Ela ia engolindo o meu pau até quase o talo. Eu estava louco de tesão. Subia e descia lentamente. Eu segurava seus cabelos, e as vezes forçava a cabeça dela para baixo. Ela gostava, gemia alto. Eu não aguentava mais, estava explodindo de tesão…
-Vou gozar Karine !
-Pode gozar Joca, Goza vai !

Gozei forte naquela boca. Para minha grata surpresa, ela não deixou escapar nada. Engoliu toda a minha porra. Fiquei Maluco. Meu Pau ainda estava duro. Eu queria mais.

(continua)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 2 votos)
Loading...