Vovô e sua netinha. dia de churrasco em família

Olha só minha situação !
Tudo começo num churrasco de família , num belo domingo combinamos de fazer um churrasco na casa da minha filha .
Cheguei na sua casa minhas quatro netos correrão me abraçar pois já tinha alguns meses que não via elas mais preciso 3 messes .
Por eu ter me separado da minha mulher saído de casa e ido morar em outra cidade ,perto dali mais por motivo da separação me mantive afastado ate este dia .
Muita alegria por parte das minhas neta.
Meire a mais velha das meninas com 13 anos , calma e fechada .
márcia a caçula com 7 anos esperta não parava no lugar .
Marco o único menino com 16 anos estudioso mais tmb como Meire quieto não falava muito .
E ai chegamos na Marli ?
É Marli com 11 anos menina linda morena corpo magro mais definido , ela estava com shortinho que dava para bem colado e minusculo que se via onde sua coxas terminava e começava sua bundinha .
Eu com Márcia no colo ela não desgrudava de mim, ficava mexendo na minha barriga já que tava quente eu fiquei só de calção sem camisa e ela ficava se esfregando .
Mão é que eu tava com tesão da pequena Márcia , mais com mais três messe sem dar uma e eu reparando no corpo da Marli comecei a ficar desconfortável com ela no colo .
E quando a Marli sentou no sofá com as pernas cruzadas deu pra ver a pontinha de sua bucetinha dai não aquentei me levantei tentando disfarçar o volume que ficava cada vês mais volumoso e corri no banheiro .
Não deu outra tive que me masturbar só que a imagem da Marli com a perna cruzada não saia da minha cabeça e confesso descasquei uma pensando na minha netinha Marli .
Sai do banheiro aliviado mais com a consciência pesada por ter tido aquele desejo por minha neta !
Já aliviado o churrasco transcorreu normalmente mais eu não deixava de observar Marli sempre correndo os olhos na suas virilhas e varis vezes vendo sua bucetinha inchada naquele shortinho , com o tempo olhando comecei achar que minha netinha não era mais virgem pelo jeito de seu corpo e quando ela agachava para pegar algo dava para ver sua bundinha separadinha comecei a achar que tinha alguém se aproveitando da sua inocência .
Assim quando o dia acabou voltei para casa , eu aposentado morava sozinho e não tinha muito que fazer .
Mais o corpo da Marli não saia da minha mente principalmente sua bundinha , que não escapou de uma outra homenagem , sim badi outra punheta ,mais o tesão era trocado por remorso .
Eu que nos tempo que trabalhava executava a provisão de investigador de seguro , e conhecia uns macetes .
Marco e Meire estudava a tarde e Marli ia sozinha para escola no período da manhã que ficava a três quadra de sua casa .
Não demoro muito eu comecei não sei se a investigar ou a perseguir minha propiá neta Marli .
E pra minha surpresa não demoro muito peguei ela cabulando aula em vês de entrar na escola quando bateu o sinal saiu escondida de mão dadas com um menino de aproximadamente uns 12 anos .
Eu ali perto dentro do meu carro com vidros bem escuros ela não percebeu a minha presença .
Deu vontade de sair do carro e pegar ela pela orelha e levar a escola mais me contive eu queria ver onde isto ia acabar .
Seguindo eles com o carro foi quando eles entraram em uma rua sem saída não tinha como entrar nela sem levantar suspeita ,então deixei eles entrar olhando de longe que casa ele iria entrar , mais eles foram ate o final da rua e entraram em uma casa em construção.
Esperei uns 5 minutos e sai do carro em direção a casa pensei vou pegar estes dois safadinhos no fraga .
Fiquei desnorteado quando eu estava na metade da rua vi o menino saindo da casa sozinho a Marli não tava com ele , apertei o passo pois fiquei preocupado mais ainda .
Entrei com cuidado quando ouvi uns gemidos na parte dos fundos da casa , fiquei assustado quando vi a sena ?
Minha netinha de quatro sendo estrupada por um homem , olha o filha da puta tinha mais de 20 anos e estava enfiando sua rola na bucetinha de Marli por traz como se fosse um cavalo possuindo uma eguá e ela gemendo gostando daquilo .
Olha depois de um minuto de susto sim susto eu esperava ela estar transando sim ,quando eu vi ela saindo da escola já sabia qual o motivo mais pensava que era coisa de crianças descobrindo -se , não esperava encontrava com um marmanjo ?
Não deu outra peguei um pedaço de madeira e comecei a bater naquele canalha bati ate não ver ele se mexendo ,quando descarreguei minha raiva naquele desconhecido olhei para minha neta que encurralada no canto sem roupa e com o esperma daquele canalha escorrendo pela sua perna tentando esconder sua bucetinha para eu não ver o estrago , com raiva mandei ela colocar a roupa e peguei o celular com intenção de chamar a policia ou os pais delas .
Foi então que ouvi a voz dela entre choros .
___VO VO VÔ NÃO NÃO CHAME O PAPAI NÃO .
Ela se aproximo de mim e segurando o celular .
___VÔZINHO DEIXA EU NÃO VOU MAIS FAZER ISTO NÃO .
e NUA ela se encosto em mim e dizendo .
___VÔ QUE VÃO FALAR DE MIM SE SOUBEREM QUE NÃO SOU MAIS VIRGEM , E SE ALGUÉM MAIS SABER QUE O SENHOR FEZ COM O PAULO , VAMOS EMBORA vô ME LEVA PARA SUA CASA .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...