Meu primeiro orgasmo

Eu tinha 14 anos, sempre fui uma morena que chamava atenção, com 1,60, 65 quilos, porém eram muito bem distribuídos, não tinha seios muito grandes, porém minha bunda sempre superou expectativas, com coxas bem grossas que sempre chamaram atenção. Tinha uma amiga de 16 anos, ela era bissexual, branquinha, com peitos enormes, mas com o resto do corpo bem magro.
Um dia estava na casa dela e ela me mostrou um vídeo de uma garota rebolando na outra, e me perguntou se podíamos fazer no dia seguinte, pensei a respeito, não respondi, nunca imaginei ter nada assim com uma garota. Mas quando terminei o vídeo, estava toda molhada e aceitei.
No dia seguinte passei na casa da prima, que era bem mais safada que eu, e estava me incentivando. Peguei a lingerie dela, preta com renda e um vestido vermelho bem justoe curto dela que deixavam minhas costas nuas. Enquanto andava até a casa dela vários caras faziam comentários que eu só ignorava.
Chegando lá ela falou que tinha contado à alguns amigos que pediram pra fazer chamada de vídeo no chat, eu não falei nada.
Ela começou o vídeo e me sentou na beira da cama.
Ela começou rebolar em cima de mim e eu me deixei levar pelo momento, ouvi os meninos do vídeo elogiando e falando um monte de coisa que me empolguei e quis ir por cima, comecei dar meu melhor, rebolava, simulava que estava quicando e quando olhei pro computador um garoto tava batendo punheta, aí que me empolguei mesmo, o vestido começou subir e deixei, ela começou apertar a minha bunda, minha buceta já tava pegando fogo, quanto mais rebolava mais ela apertava, ela começou subir a mão até parar no meu peito, apertava eles por cima do sutiã e eu gemia, um garoto anunciou que havia gozado e ela pirou, trocamos de posição de novo e ela tirou a camiseta, deixando aqueles peitos enormes da minha cara, ela só fazia o movimento de quicar e eu comecei chupar o peito dela, que era enorme e bem rosado, ela começou enlouquecer e gritar, ela estava estimulando o próprio clitóris até não aguentar mais quicar, aí de novo eu rebolando, tirei o vestido e ela ficou admirando meu corpo, o sutiã que apertava os meus peitos e aquela calcinha enfiada no cu ela começou levantar o corpo conforme eu rebolava e nos deitou na cama. E abriu minha perna e começou esfregar a buceta dela na minha, ela tirou a calcinha pra sentir melhor, eu preferi não, naquela posição velcro gozei, ali, de calcinha e tudo, no meio de um vídeo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...