,

Meu patrão me seduziu e arrombou o meu cuzinho Parte II

14-12-17 7 ★ 4.50

Pois é pessoal, depois de ser arrombado adorei dar o cu, mesmo depois de casado, depois de uns anos, acabei ficando desempregado ele me convidou para trabalhar com ele na Loja, pois eu era bom balconista e tenho bom gosto eu e que fazia as compras, mais depois do expediente a gente transava, uma tarde um vendedor de camisas, na verdade ele era um dos donos da fabrica, conhecido do Jamil, conversaram em Libanês, o vendedor saiu eu perguntei o que eles estavam falando, ele disse que o cara falou que eu tenho uma bunda bonita, e que ele iria voltar mais tarde para meter no seu cu, ele adora um cu, eu disse a ele que você gosta de dar e ele não vai cobrar o frete da próxima entrega, e me convenceu a dar para ele, eu acabei dando, o cara também tem uma caçeta muito grossa, mais grossa e maior do que a do Jamil, adorei, acabei metendo com os dois.

Fiquei trabalhando com ele ate arrumar um outro emprego melhor, um certo dia fechamos a loja, e fomos foder, quando abrimos a loja para irmos embora minha mulher estava me esperando, ficamos nervoso, mais ele não conhecia ela pessoalmente, ela e muito bonita, na época tinha 19 anos , muito gostosa, uma bundinha ele ficou bobo de vê-la, apresentei ele meio nervoso, e fomos embora, no caminho ela me indagou porque a demora lá dentro só nos dois, eu disse e que a gente fecha e ficamos bebendo uma cervejas, ele fecha o caixa, vai tomar banho ai a gente sai, mais ficou meio desconfiada.

Ela um dia na cama me disse seu padrão e um coroa simpático, bonitão, ele e grisalho tipo Valmor Chagas, começou chupando minha caçeta eu acabei dizendo ele tem uma caçeta bem mais grossa que a minha e maior, adora foder um cuzinho, ela respondeu e mesmo, eu disse e e já me disse que você e muito gostosa, o que você respondeu eu disse e mesmo e adora dar o cuzinho, ela perguntou e ele o que respondeu, respondeu nada só mostro que estava de rola dura, ela riu, gozamos gostoso.

Passou uns dias na Sexta Feira no horário do almoço ela perguntou e ai vão tomar cervejas hoje, eu respondi provavelmente, ela perguntou posso ir lá tomar cerveja com vocês, eu disse vai, só que vai mais cedo para a gente bater um papo antes, ela chegou 17 horas,com um vestidinho curto, uma sandália dfe salto alto maquiada uma delicia , ficamos conversando
um pouco o Jamil perguntou quer tomar um Wisqui , ela disse só se for com guarana eu fui buscar guarana, ela tomou umas dose, a conversa já estava no nível alto, o Jamil eu umas vezes enconchou ela no balcão ela deixava,ele passou umas duas vezes por trás dela de caçeta dura, como já era 18 horas comecei a fechar a loja, retirar os mostruários, quando abaixei as portas não vi mais os dois, nos fundos tem um quarto com cama, fui devagarinho e comecei escutar os gemidos dela, olhei ele estava chupando a boceta dela, ela chupava a caçeta dele, ele fodeu com ela meteu na boceta dela, gozou encheu a boceta dela de porra, foi se lavar eu chupei a boceta dela esporrada, ele voltou já de caçeta dura acertou ela para meter no cu dela, nossa ela reclamou gritou, gemeu mais ele meteu tudo lá dentro foi maravilhoso, ai ficamos todos finais de semana ela ia lá meter com ele.

Passou um tempinho, ela apareceu lá na Sexta Feira como sempre, só que apareceu o Jacob, o cara da Fabrica de camisas, eu disse a ela acho que hoje não vai rolar, este cara não vai embora, ficamos bebendo os quatro, 18 horas eu comecei fechar a loja, o Jacob ficou na porta comigo, e disse quero meter neste cuzinho hoje, quando eu olhei os dois já não estavam mais lá, o Jamil perguntou cade os dois eu respondi foram foder, fomos devagarinho, escutava os gemidos dela, o Jamil metia a rola nela, eu comecei a chupar a rola do Jacob,ele meteu no meu cu, logo o Jamil gozou eu fui fiquei de quatro chupando a boceta dela e o Jacob metendo no meu cu, o Jacob gozou, foi se lavar o Jamil começou meter no cu dela de quatro na beirada da cama ele de pé fora da cama, o Jacob foi por baixo e encachou a caçeta na boceta dela ela uivava com duas caçeta uma no cu outra na boceta, o Jamil gozou no cu dela, e o Jacob encheu a boceta dela de porra, nossa uma delicia eu chupei a boceta dela melada de porra e a caçeta do Jacob melada de porra maravilhoso, e assim ficamos um anos fodendo gostoso quasse todos finais de semana, era Sexta, Sábado e as vezes domingo pois a loja abria domingo ater as 13 horas depois a gente dava aquela metida gostosa, maravilhoso,

O Jacob tinha um apartamento ali próximo ao centro, mais esta e uma outras aventuras que eu conto na próxima historia.

Espero que estejam curtindo estas historias são realmente a verdade, maravilhoso adoro dar o cu e chupar umas boceta esporrada.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 2 votos)

,

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. MUITO BOM…….
    CONTINUE

  2. Pedro

    Show

  3. Luizinho

    Esse conto me mata de tesão e inveja de vcs que delícia sdeve ser dar o perto da esposa e ainda chupar a buceta dela cheia de porra

  4. Márcio

    Posso comer vcs dois sou Márcio meu email. [email protected]

  5. Leitor

    A parte 1 pareceu mais real e bem mais interessante

  6. grisalho

    Continue.

  7. I

    Drsse